Joel Embiid e Kawhi Leonard são eleitos os melhores da semana

A NBA anunciou nesta segunda-feira que o pivô Joel Embiid (Philadelphia 76ers) e o ala Kawhi Leonard (San Antonio Spurs) foram eleitos os melhores jogadores da última semana nas conferências Leste e Oeste, respectivamente. A premiação levou em consideração os jogos disputados entre os dias 16 e 22 de janeiro.

Embiid participou de três das quatro partidas do Sixers no período, comandando o time a vitórias em todos os duelos. O pivô de 22 anos teve médias de 22.0 pontos, 10.3 rebotes e 3.7 tocos (maior marca da liga), além de converter 29 lances livres. Ele tornou-se o terceiro novato da história da franquia a ganhar o prêmio semanal, ao lado de Michael Carter-Williams e do ídolo Allen Iverson.

Já Leonard também liderou o Spurs a triunfos nos três jogos da semana, registrando 36.3 pontos (maior média do Oeste), 6.0 rebotes e 4.7 assistências. O titular do Oeste no Jogo das Estrelas acertou 56.5% de suas tentativas de quadra e quase 44% dos arremessos de longa distância. No último sábado, ele estabeleceu novo recorde da carreira ao anotar 41 pontos na vitória sobre o Cleveland Cavaliers. A atuação também marcou a sexta seguida com 30 ou mais pontos, igualando marca histórica de George Gervin pela franquia.

Outros dez jogadores foram lembrados na votação desta semana: Dennis Schroder (Atlanta Hawks), Isaiah Thomas (Boston Celtics), Kemba Walker (Charlotte Hornets), Reggie Jackson, Marcus Morris (Detroit Pistons), Kevin Durant (Golden State Warriors), Goran Dragic (Miami Heat), Karl-Anthony Towns (Minnesota Timberwolves), Eric Bledsoe (Phoenix Suns) e Rudy Gobert (Utah Jazz).

 

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Guilherme Mardegan

    Estão entre os 10 melhores da liga, fácil.

  • Leonardo

    Dois que merecem ir pro time ideal de defesa no final da temporada!

    • Leonardo Takara

      Ainda vejo alguns big mans a frente do Embiid como defensor. Tais como, Gobert, De Andre, Whiteside. Mas ele já é muito bom defensor.

    • Leonardo Takara

      Ainda vejo alguns big mans a frente do Embiid como defensor. Tais como Gobert, De Andre, Whiteside. Mas ele já é muito bom defensor.

  • Jaspion Dunkador

    Jokic nem foi citado serio? Que piada.
    Em 5 jogos na semana.

    FT 79%
    FG 61%
    26 pontos
    11 rebotes
    3.4 ass
    1.2 steal
    1.2 blk

    • Bruno Kreischer Bandeira Diniz

      Jokic ainda vai dar o que falar, pelo fato de jogar pelo Nuggets não dão o devido valor

      • Lucas Calsavara

        Acho pq levam em conta o numero de vitorias na semana

  • Isso aí… Rookie como player of the week!!!!
    Embiidão destruidor!!!! Huahuahuhauhuah!!!!
    #EmbiidNoAllStar

  • Seria o Embiid a pick 1 de 2014 se ela ocorresse agora?

    • Leonardo Takara

      Com certeza!

    • Albert Medeiros

      Seria interessante se teorizarmos em que posição ele estaria se fosse do draft de 2015, em que teve uma classe muito mais forte

    • Michel Moral

      Na época ele era forte candidato a ser a pick 1. Só não foi por causa da lesão.

      Mas dá para entender o porquê. Convenhamos que Wiggins e Jabari estão jogando muito também. O top 3 daquele draft foi muito bom.

    • LP

      Depois dos jogadores atuando sim, pra mim Jabari e Wiggins decepcionam.
      Na época você tinha:
      -O Embid que era um j potencial absurdo nível pra ser DPOY e MVP mas enfrentava problemas de lesão e o fantasma de Greg Oden tem influencia nas primeiras picks.
      -O Jabari era visto como um tiro certo pra ser um cara do nível do Carmelo.
      -O Wiggins era visto como maior potencial desde o Lebron e que no pior dos casos seria um jogador como o o Jimmy Butler ou Kawhi.
      Nesse cenário dificilmente alguém escolheria o Embiid a frente do Wiggins.

      • Jefferson Lucas

        Jabari está evoluindo só não joga mais por causa do grego.