Joel Embiid sente-se culpado por saída de ex-GM do Sixers

O famoso “processo” do Philadelphia 76ers finalmente está decolando neste ano, mas o executivo por trás da construção do atual elenco não está lá para aproveitar os resultados. O ex-gerente-geral Sam Hinkie pediu demissão da equipe em abril do ano passado, após uma série de mudanças diretivas que diminuíram seu poder dentro da organização. O pivô Joel Embiid ainda mantém contato com o dirigente e admite sentir-se culpado por sua saída do time.

“Sam foi quem selecionou-me no recrutamento. Foi quem colocou-me nas melhores condições possíveis para voltar a ficar saudável. Sinto que, basicamente, ele perdeu seu emprego por minha causa, por eu não ter conseguido entrar em quadra por duas temporadas. Então, sinto que devo muito a Sam”, desabafou o camaronês, em longa entrevista ao site oficial da NBA.

Embiid revelou ainda manter contato com Hinkie por meio de mensagens e que ambos conversam de vez em quando. No entanto, o pivô de 23 anos prefere manter o assunto dos bate-papos em sigilo. Em 23 partidas disputadas na atual temporada, ele acumula médias de 24.1 pontos, 11.0 rebotes, 3.5 assistências e 1.9 tocos em 31.4 minutos de ação por noite.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Tárcio

    Sam Hinkie o injustiçado!!

  • O processo apenas PARECE ter dado, mas obviamente ainda não ganhou nada e tá longe disso. É difícil medir o sucesso, mas para mim seriam títulos e para isso há formas menos dolorosas do que a escolhida pelo 76ers.