“Jokic é um candidato a MVP e o melhor pivô da liga”, crava técnico do Nuggets

O Denver Nuggets caminha para terminar a temporada com a segunda posição da (difícil) concorrência Oeste pelo segundo ano consecutivo. Mas, quando a discussão é candidatos ao título, o time é sempre colocado um nível abaixo de oponentes com pior recorde. O técnico Michael Malone sabe que a análise passa pela impressão de que falta uma referência técnica mais agressiva à equipe e, nesse cenário, sente-se insultado pelo tratamento recebido por Nikola Jokic.

“Não estamos preocupados em sermos subestimados ou que ‘menosprezem’ Nikola. Se vocês quiserem ignorar a gente, ignorem. Sabemos que, acima de tudo, temos um candidato a MVP e o melhor pivô da liga conosco. Já não importa o que digam, vamos continuar contando com ele para ser nosso líder dentro e fora de quadra”, disparou o treinador, depois do astro ter anotado 32 pontos, sete rebotes e cinco assistências na derrota para o Oklahoma City Thunder.

Malone acredita que, da mesma forma que não faz diferença para a equipe, estar sob os holofotes também não tem muita importância para Jokic. Aliás, esse é um dos principais motivos pelos quais ganhou sua admiração. “Nikola não vai para a cama pensando nas razões por ninguém estar comentando suas atuações. Ele já não se importa. Estaremos felizes se nós estivermos ganhando. E, se ele estiver feliz, eu também estou”, finalizou o técnico do Nuggets.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.