O Phoenix Suns vive o seu melhor e mais otimista momento em anos, após uma ótima campanha na “bolha” anunciar boas perspectivas para a equipe. O clima de animação entre organização e torcida, porém, pode ser abalado por uma “bomba” que paira nos bastidores. O jornalista Ryen Russillo, do portal The Ringer, revelou que o astro Devin Booker quer deixar o Suns o mais rápido possível – e isso não seria novidade para ninguém na NBA.

“Eles precisam preocupar-se com a situação de Devin, porque o segredo mais mal guardado da liga é que ele realmente quer sair de Phoenix. E, se tiverem mais uma temporada ruim, acho que pode tornar-se um caso insustentável. Pode ficar feio”, afirmou o analista, em participação no podcast de Bill Simmons. O armador possui contrato garantido com a equipe do Arizona até 2024, começando a vigorar uma extensão de US$158 milhões na próxima campanha.

Ao saber sobre o comentário de Russillo, o radialista John Gambadoro – que cobre o Suns há anos – rebateu de forma rápida e enfática. “Essa afirmação é totalmente falsa. Devin está feliz em Phoenix, empolgado para a próxima temporada e adora como o time apresentou-se na ‘bolha’. Está animado com o que a franquia poderá fazer na agência livre. Ele nunca me disse, uma vez que fosse, que quer sair. Não ouçam esse lixo”, disparou.

Muitos repórteres, nos últimos meses, noticiaram que Booker seria um dos reforços dos sonhos do New York Knicks com base na ligação entre o craque e o gerente-geral nova-iorquino, Leon Rose, seu ex-agente. Eleito pela primeira vez na carreira para o Jogo das Estrelas em 2020, o atleta de 23 anos acumulou médias de 26.6 pontos (com quase 49% de acerto nos arremessos de quadra), 4.2 rebotes e 6.5 assistências.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook