O Jumper Brasil iniciou uma série apresentando os elencos atuais de cada equipe da WNBA. Sabemos que há uma quantidade de pessoas que estão conhecendo a liga agora e nada melhor do que deixá-los por dentro do Roster 2020.

Dessa forma, optamos por fazer dois posts por semana, sendo um a cada quinta-feira e o outro no sábado. As equipes serão distribuídas por ordem alfabética, começando pelo Atlanta Dream, seguido pelo Chicago Sky, Connecticut Sun, Dallas Wings, Indiana Fever, Las Vegas Aces, Los Angeles Sparks e Minnesota Lynx.

O time de hoje é o New York Liberty.

NEW YORK LIBERTY

O New York Liberty é uma equipe fundada em 1997 na área metropolitana de Nova York. A equipe é uma das oito presentes no projeto inicial da WNBA, expandido mais tarde. Em 23 anos de existência, o time foi aos playoffs em 15 oportunidades, tendo chego às finais três vezes. O Liberty não se classifica para a pós-temporada desde 2018.

Atualmente, a equipe é comandada por Walt Hopkins e pertence ao empresário Joe Tsai, também dono do Brooklyn Nets, da NBA. Os principais destaques do time são Kia Nurse, Layshia Clarendon e a novata Sabrina Ionescu. O Liberty, aliás, possui 12 calouras em seu elenco.

ELENCO

Amanda Zahui B é uma pivô nascida em 08 de setembro de 1993, que atuou pela Universidade de Minnesota antes da WNBA. Por lá, teve médias de 16.9 pontos, 12.2 rebotes e 3.6 tocos por jogo em 67 partidas. A sueca chegou à liga no Draft de 2015 como a segunda escolha geral pelo Tulsa Shock.

Jazmine Jones é uma armadora nascida em 15 de outubro de 1996, que jogou por Louisville. Jogando 144 partidas, ela acumulou médias de 8.6 pontos, 4.2 rebotes e 2.3 assistências. No Draft de 2020, o New York Liberty a escolheu na 12ª posição geral.

Nascida em 25 de março de 1998, Jocelyn Willoughby é uma ala que defendeu as cores da Universidade de Virginia. Jogando cinco anos por lá, a atleta atuou em 127 partidas e obteve médias de 13.2 pontos, 6.8 rebotes e 1.3 roubos de bolas por jogo. A atleta foi draftada na décima posição do Draft de 2020 pelo New York Liberty.

Nascida em 22 de fevereiro de 1998, Joyner Holmes é uma ala que jogou pela Universidade do Texas. Por lá, obteve médias de 11.1 pontos, 7.5 rebotes e 1.8 assistências por jogo em 114 partidas. Ela chegou à WNBA no Draft 2020 como a 19ª escolha geral pelo New York Liberty.

Kia Nurse é uma ala-armadora que nasceu em 22 de fevereiro de 1996 e jogou por Connecticut antes do profissionalismo. Em quatro anos por lá, ela teve médias de 11.4 pontos, três assistências, 2.6 rebotes e 1.2 roubos de bola em 147 partidas. Uma das mais velhas do elenco, a atleta chegou à liga em 2018 como a décima escolha pelo New York Liberty.

Kiah Stokes é uma pivô que nasceu em 30 de março de 1993 e defendeu Connecticut antes da WNBA. Jogando quatro temporadas, sendo 146 partidas, ela teve médias de 4.1 pontos, 5.6 rebotes e 2.2 tocos. Em 2015, a atleta foi a 11ª escolha geral do Draft pelo New York Liberty, e fez parte do time de novatas e do segundo time de defesa da liga naquele ano.

Nascida em 18 de março de 1998, Kylee Shook é uma ala-pivô que jogou por Louisville. Por lá, ela teve médias de 6.7 pontos, 5.1 rebotes e 1.5 tocos em 141 jogos. A atleta foi draftada pelo New York Liberty em 2020 como a 13ª escolha geral.

Nascida em 02 de maio de 1991, Layshia Clarendon é uma armadora que jogou pela Universidade da Califórnia. Por lá, obteve médias de 10.5 pontos, 4.4 rebotes, 2.8 assistências e 1.4 roubos de bola em 142 partidas. A mais velha do elenco, a atleta chegou à WNBA em 2013 como a nona escolha geral pelo Indiana Fever. Em 2017, foi All-Star pelo Atlanta Dream.

Leaonna Odom é uma ala que nasceu em 26 de março de 1998 e jogou por Duke. A atleta disputou 125 partidas na universidade e teve médias de 11.1 pontos, 5.8 rebotes e 1.6 assistências. Em 2020, ela foi a 15ª escolha geral do Draft pelo New York Liberty.

Megan Walker é uma ala que nasceu em 23 de novembro de 1998 e defendeu as cores da Universidade de Connecticut. Por lá, ela obteve médias de 12.5 pontos, 6.2 rebotes e 1.9 assistências em 100 partidas. Ela chegou à WNBA como a nona escolha geral do Draft de 2020 pelo New York Liberty.

Nascida em 07 de abril de 1996, Paris Kea é uma armadora que defendeu North Carolina. Jogando 91 partidas pela universidade, a atleta teve médias de 18 pontos, 4.3 assistências e 4.1 rebotes. Ela foi a 25ª escolha do Draft de 2019 pelo Indiana Fever.

Nascida em 06 de dezembro de 1997, Sabrina Ionescu é uma armadora que jogou por Oregon antes da WNBA. Em quatro anos por lá, ela acumulou médias de 18 pontos, 7.7 assistências, 7.3 rebotes e 1.5 roubos de bola por jogo em 142 partidas. Nome mais badalado do Draft de 2020, Sabrina foi a primeira escolha geral pelo New York Liberty.

Sabrina Ionescu

FORA DA TEMPORADA

A ala-armadora Asia Durr, segunda escolha do Draft de 2019 pelo New York Liberty, optou por ficar de fora da temporada 2020. Em mensagem no Twitter, no dia 07 de julho, ela revelou que testou positivo para coronavírus e que a batalha foi difícil.

Confira o calendário da WNBA.

Confira o guia da temporada 2020 da WNBA.

Assista todos os jogos da WNBA clicando aqui.