O armador Kemba Walker será jogador do Boston Celtics tão logo o período de agência livre da NBA seja aberto, no início da noite deste domingo. A informação é do jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN.

Ainda segundo a publicação, Walker vai a Boston para se encontrar com a direção do Celtics e assinar um contrato máximo de US$141 milhões, válido por quatro temporadas. O jogador já teria, inclusive, informado a sua decisão ao Charlotte Hornets.

O detalhe é que a franquia da Carolina do Norte poderia oferecer ao armador um contrato super máximo de cinco temporadas, no valor de US$221.3 milhões, enquanto os outros times poderiam chegar ao máximo valor que será oferecido pelo Celtics. Segundo Stephen A. Smith, também da ESPN, a proposta do Hornets teria sido de aproximadamente US$160 milhões por cinco anos de contrato, o que desagradou ao principal jogador da franquia.

Walker também era pretendido por outras equipes como New York Knicks e Dallas Mavericks. De acordo com Jeff Goodman, do Stadium, a principal razão para o armador ter escolhido o Celtics seria a chance de chegar longe nos playoffs e de jogar ao lado de talentos como Gordon Hayward, Jayson Tatum e Jaylen Brown, além de sentir que não precisará fazer tudo sozinho no novo time.

Para conseguir assinar com Walker, a equipe de Boston terá que abrir mão de seu agente livre restrito, Terry Rozier. Kemba se tornou prioridade no Celtics por conta da certeza da saída de seu principal jogador, Kyrie Irving, também agente livre irrestrito, e que deverá fechar com o Brooklyn Nets.

Nona escolha do Draft de 2011, Walker viveu sua melhor temporada na NBA em 2018/19, quando angariou médias de 25.6 pontos, 5.9 assistências e 4.4 rebotes, em 82 jogos. Além disso, o armador de 29 anos foi selecionado para o All-Star Game pelo terceiro ano consecutivo e escolhido para o terceiro time ideal da temporada.

Para o lugar de Walker, o Hornets tem quatro alvos, segundo Wojnarowski: Elfrid Payton, T.J. McConnell, Emmanuel Mudiay e Ish Smith, todos agentes livres irrestritos.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.