Knicks supera Jazz com mais uma grande atuação de Jeremy Lin

E mais: Rose sai lesionado em vitória fácil do Bulls

O armador Jeremy Lin teve sua primeira oportunidade de iniciar uma partida como titular com a camisa do New York Knicks e justificou a confiança do treinador Mike D’Antoni. Ele comandou a vitória da equipe sobre o Utah Jazz – que ocupa a sexta posição da conferência Oeste – por 99 a 88.

Ajudado por uma fraca atuação do adversário, o time da casa conseguiu abrir vantagem de 13 pontos no primeiro tempo. No entanto, após o intervalo, o Jazz melhorou e dominou o terceiro quarto, diminuindo a diferença para apenas uma posse de bola.

A reação, porém, não se estendeu ao último período. Voltando a mostrar o ataque pouco eficiente do primeiro tempo, os visitantes deram espaço para nova disparada do Knicks. Com 13 pontos de Lin, os nova-iorquinos voltaram a abrir vantagem e fecharam o confronto.

Lin, por sinal, foi o cestinha do jogo: 28 pontos. O ala-pivô Steve Novak saiu do banco para adicionar outros 19. Pelo oponente, o pivô Al Jefferson fez 22 pontos.

Destaques

Utah

Al Jefferson: 22 pontos
Raja Bell: 15 pontos
Gordon Hayward: 14 pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Paul Millsap: cinco pontos, 13 rebotes

New York

Jeremy Lin: 28 pontos, oito assistências, oito erros de ataque
Steve Novak: 19 pontos
Jared Jeffries: 13 pontos, oito rebotes
Bill Walker: 11 pontos, cinco rebotes
Tyson Chandler: dez pontos, sete rebotes, três tocos

 

Phoenix Suns 99 X 90 Atlanta Hawks

O Phoenix Suns viajou até Atlanta e conseguiu uma surpreendente vitória sobre o Hawks, quinto colocado na conferência Oeste. Esta foi a terceira derrota consecutiva da equipe comandada por Larry Drew.

O triunfo dos visitantes foi construído no decorrer dos três primeiros períodos: vencendo todas as parciais, o time chegou ao quarto final com confortável triunfo por 20 pontos de diferença e só teve que administrar o resultado nos 12 minutos finais.

O veterano armador Steve Nash foi o cestinha da noite, com 24 pontos. O ala-pivô Channing Frye contribuiu para a vitória com outros 19. Pelo lado do Hawks, o destaque ficou para os 18 pontos do ala Josh Smith.

Destaques

Phoenix

Steve Nash: 24 pontos, 11 assistências
Channing Frye: 19 pontos, nove rebotes
Jared Dudley e Michael Redd: dez pontos cada

Atlanta

Josh Smith: 18 pontos, cinco rebotes
Joe Johnson: 17 pontos
Willie Green: 14 pontos

 

Chicago Bulls 108 X 87 New Jersey Nets

O Chicago Bulls chegou a sua terceira vitória consecutiva ao derrotar facilmente, fora de casa, o New Jersey Nets. Apesar do passeio, o jogo trouxe um problema para o líder da conferência Leste: o armador Derrick Rose deixou a quadra ainda no primeiro tempo com dores nas costas.

O triunfo foi praticamente confirmado no período inicial, quando a equipe de Illinois tomou as rédeas do confronto rapidamente e disparou no marcador. Ao término dos 12 minutos inaugurais, o marcador já marcava 35 a 14. No restante da noite, o Bulls pouco mais fez além de administrar o placar.

Apesar da derrota, o armador Deron Williams saiu de quadra como o cestinha da noite – 25 pontos. Pelo adversário, o ala-pivô Carlos Boozer anotou 24.

Destaques

Chicago

Carlos Boozer: 24 pontos, seis rebotes, cinco assistências
Luol Deng: 19 pontos
C.J. Watson: 14 pontos, sete rebotes, 11 assistências
Ronnie Brewer: 12 pontos
Taj Gibson: 11 pontos

New Jersey

Deron Williams: 25 pontos, cinco assistências
Sundiata Gaines: 12 pontos
Jordan Farmar: 11 pontos, cinco assistências
Kris Humphries: dez pontos, nove rebotes

 

Sacramento Kings 100 X 92 New Orleans Hornets

O Sacramento Kings foi mais um time a vencer fora de casa na rodada desta segunda-feira. O time comandado por Keith Smart passou pelo New Orleans Hornets, que foi derrotado pela sexta vez consecutiva.

A vitória dos visitantes foi resultado de uma atuação irrepreensível no último período. Após entrar nos 12 minutos derradeiros perdendo por nove pontos, o Kings reagiu e empatou a partida rapidamente. Para fechar, anotou 14 dos 20 pontos finais do jogo para consolidar a virada e o triunfo.

O pivô DeMarcus Cousins foi o grande destaque do time vencedor, com 28 pontos. O ala-armador Tyreke Evans (Kings) e o armador Greivis Vasquez (Hornets) anotaram 20 pontos cada.

Destaques

Sacramento

DeMarcus Cousins: 28 pontos, 19 rebotes, três tocos
Tyreke Evans: 20 pontos, cinco rebotes
Isaiah Thomas: 17 pontos, cinco rebotes, seis assistências
Marcus Thornton: 12 pontos
John Salmons: dez pontos

New Orleans

Greivis Vasquez: 20 pontos, nove assistências
Emeka Okafor: 19 pontos, sete rebotes
Marco Belinelli: 18 pontos
Trevor Ariza: 11 pontos, seis rebotes
Chris Kaman: dez pontos, 12 rebotes

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Rafael

    Jeremy Lin poderá ser o possivel Most Improve Player?

  • ricardostabolito

    Poder, pode. Mas seria improvável.

    Geralmente, o prêmio vai para alguém que também jogou regularmente na temporada anterior. Lin fez só 29 jogos pelo Warriors em 2010-11, nove minutos por partida. Muito pouco para padrão de comparação.

  • Elias

    pois é,é questao de chance ne?eu vi lances dele na summer league,ele quebrando o Johyn Wall,ele e muito rapido,e habilidoso,mas nunca jogava,ai ficava dificil ne msotrar algo,eu nao estou surpreso pelas atuaçoes dele,acho ele um bom jogador