Kobe Bryant dá aviso a jovens atletas do Lakers: “Precisam melhorar agora”

Kobe Bryant está afastado dos holofotes desde que deixou o basquete, focado em dar mais atenção à família, mas nunca colocou o Los Angeles Lakers de lado. O ídolo segue assistindo aos jogos do time e está em constante contato com atletas da franquia. Com a propriedade de quem acompanha a equipe, o agora torcedor aconselha os jovens do elenco a terem mais senso de urgência na carreira.

Lonzo Ball precisa melhorar agora. Kyle Kuzma tem que melhorar agora. Julius Randle, agora. No meu tempo, nunca pensávamos que seríamos bons no futuro. É preciso trabalhar duro hoje. E, no processo de impaciência, você melhora. Se você esperar, nunca vai chegar ao topo. Eles precisam ser pacientemente impacientes”, afirmou o craque, em entrevista à rede Spectrum SportsNet.

Dos jogadores citados por Kobe, Kuzma é o único que tem sido um inquestionável sucesso. O ala é apontado como presença bastante provável no quinteto ideal de calouros desta temporada, com médias de 16.0 pontos e 6.7 rebotes em seus 24 primeiros jogos como profissional. O ex-ala-armador já conheceu o novato e revelou ter ficado impressionado com sua personalidade.

“Kyle é um jovem extremamente articulado e inquisitivo, que pergunta as coisas. Essa é a melhor qualidade para se ter: curiosidade. Ele quer compreender como e por que as coisas acontecem. Ter esse tipo de curiosidade e sempre busca formas de melhorar é o que mais chama a minha atenção em um calouro”, elogiou um dos maiores jogadores da história do Lakers.

Os outros dois atletas citados por Kobe podem utilizar um pouco de “impaciência” para tentarem melhorar, de fato. Cercado de altíssimas expectativas, Ball tem sido uma considerável decepção até o momento em Los Angeles. Randle, por sua vez, perdeu a titularidade da equipe durante a pré-temporada e especula-se que possa ser sua última temporada em Los Angeles.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Gabriel Pereira Barbosa

    Fodasse
    Lebron maior que Kobe

    • Luiz

      kkkkkkkk todo post tem um fã do Levice pra chorar

    • Vitor Medson

      Cara não precisava falar uma coisa dessas em um post com a intenção totalmente diferente.

    • Albert Santos

      kkkkkkkkkkkkkklk

  • Tárcio

    Kobe, você não falou do Ingram, que ta fazendo uma bela temporada até aqui, ele tem tudo pra ser uma super estrela, mas falta alguma coisa… falta ser mais fominha, mais agressivo e mais confiante; acho que você tinha essas “qualidades”. Vá treinar com ele por algumas semanas, assim como você fez com o K Leonard!

  • Paulo Victor (12-13)

    “Se você esperar, nunca vai chegar ao topo.”
    Ídolo demais Slc

  • Rafael Ferrari

    “Ball tem sido uma considerável decepção até o momento em Los Angeles” – Não acho que seja pra tanto. Ball tem que melhorar sim, mas nesse primeiro ano de transição pode-se dar um desconto. Ele tem que melhorar o arremesso urgentemente mas tem bons números de assistências e de rebotes.

  • Victor – Aqui é Grêmio

    Lógico que quanto antes os jovens apresentarem um basquete consistente, melhor. Mas vale lembrar que o próprio Kobe só se firmou como titular do Lakers na terceira temporada e só apresnetou números “bryantianos” na quinta, ainda que já tenha sido relevante na segunda temporada.

    Acho que os garotos já sofrem pressão suficiente, especialmente o Ball – que tem o pai que tem, pra precisar que um dos maiores ídolos do Lakers coloque ainda mais sobre os ombros deles.

    Ele, Kobe, teve um suporte que os outros não têm hoje: Shaq, que foi pro Lakers na mesma temporada que ele foi draftado (e trocado). Ou seja, ele tinha um grande jogador pra segurar a barra enquanto ele desenvolvia.

    • DNT

      O pior de tudo é que ele deu a entender que os caras não trabalhavam para ser os melhores e talvez não seja isso…..Kobe foi um grande jogador, mas sempre foi mestre em falar merda.

      • Victor – Aqui é Grêmio

        O Kobe sempre foi viciado em trabalho. E também sempre quis que todos fossem como ele.
        Isso, inclusive, causou diversos problemas dele vom os companheiros.

        Sou um fã incondicional dele, mas essa faceta de julgar os outros me incomoda um pouco.

      • Gustavo Santos

        Sempre foi arrogante isso sim

      • Danilo Celtics #Banner18

        mais qm garante q os caras trabalham para ser os melhores ?

        • DNT

          O Ingram demonstrou grande evolução de um ano para o outro, não foi por acaso…e não acho que um cara que faça corpo mole nos treinos e não jogue bem, fique na NBA. Para mim a primeira temporada do Kuzma esta sendo excelente, o Ball está abaixo, mas devido a hype que o pai criou, não sendo o Lavar falar bobagens, o Lonzo talvez estaria no “tempo certo”.

    • Danilo

      Você falou tudo, eu não queria falar isso pq vai q alguém interprete q eu sou hater mas é isso q você falou mesmo, Kobe tinha um alicerce q nenhum dos garotos do Lakers tem hoje

      O único dos moleques do Lakers q eu acho q poderia ser mais incisivo e até ser um pouco mais fominha é o Ingram, se ele forçasse e chamasse mais o jogo pra ele já poderia bater próximo dos 20ppg

    • Vitor Martins

      Só tem um pequeno detalhe, ele veio direto do HS e na segunda temporada já era all-star. Ele se desenvolveu muito rápido que os calouros do Lakers sim. Como vc bem disse, “só” na quinta que ele atingiu o nível do Bryant que conhecemos, mas na quinta temporada ele tinha 22 anos, a idade do elogiado Kuzma…

      • Marcelo Desoxi

        Se não me engano ele foi all star na terceira temporada.

        • Vitor Martins

          Ai eu concordo, mas mesmo forçado já era melhor que os jovens que ele reclamou.

      • Victor – Aqui é Grêmio

        Ele foi All Star porque jogava em Los Angeles, num dos times mais tradicionais e com um mercado enorme. O Lakers tem esse poder e não é só nos EUA. Se lembrar bem, o Ingram recebeu votos pra melhor SF na enquete aqui do Jumper no ano passado. É improvável que alguém realmente achasse ele melhor que o LeBron ou Durant, mas é um esquema de votação, assim como o ASG.
        O Kobe foi demonstrando uma evolução gradual ano após ano na NBA, mas não foi de um dia pro outro.

  • DNT

    Kobe foi infeliz nesse comentário, além do mais, nem ele mesmo conseguiu se densenvolver rapidamente. Esse tipo de coisa só serve para aumentar ainda mais a pressão nos jovens, principalmente no Ball, o que é péssimo para o Lakers.

    • Vitor Martins

      Kobe sempre foi assim, sempre exigiu empenho dos jogadores a sua volta. Lembro que na época que o Howard jogou lá muita gente defendia o pivô dizendo que o Kobe (que sempre o cobra) era um “chato”. Essa sempre foi a tal da mentalidade Mamba. E ele pode não ter sido logo no início da carreira o grande Kobe Bryant, mas veio direto do HS e com 19 anos já era all-star cara. Ele se desenvolveu muito mais rapidamente que os jovens do Lakers sim.

    • Will #Lavarbola

      Mentalidade Mamba,prazer.

      • DNT

        “Free Marketing”, Prazer.

        • Eduardo Rebelatto

          esse marketing é sensacional mesmo, se espalhou pelo mundo kkkk mamba mentality kkkk

    • Mafalations

      A materia apenas focou na ultima parte da fala do Kobe. Ele antes havia dito que a torcida e torcida precisavam ter paciência com o processo, quem em poucos anos esses meninos dariam boa coisa. Quando perguntado sobre se achava que Lonzo precisava ser paciente ele disse isso, que na minha visão é apenas dizer para os moleques: – Você precisa corrigir os teus erros agora, você precisa ser “impaciente” na busca por melhorar, buscar evoluir e esse processo pacientemente dia a dia vai pagar dividendos… num quadro maior paciência com a equipe, na visão dos jogadores evolução diária.

  • Jeck Dias

    Kobe treinou com Leonard vejam como ele melhorou é só a mulecada pedir uns treinos

  • Gustavo Santos

    Cada jogador tem o seu tempo para evoluir.. As vezes uma chamada pode funcionar, mas às vezes pode dar um efeito ao contrário. Ball e Kuzma estão no primeiro ano da NBA e ainda possuem potencial para evoluir, mesmo que primeiro carregue o peso de ter sido de uma 2a escolha no draft e de ter um pai retardado. Randle realmente talvez não dure muito tempo em LA

  • Lakers@24

    É complicado fazer comparações. O fato é que o Kobe cobra mais empenho, isso sim. Não dá pra fazer 40 pts todo jogo, ou dar 20 assistência. Mas, da pra suar a camisa todo jogo. E isso tem faltado pro Ball. Falta vontade de ganhar em vários jogadores. Vc vê caras como Kobe e Lebron, não importa contra quem, não importa o dia e nem se ta caindo ou não, eles iram colocar a bola de baixo dos braços e partir pra cima, é disso que ele falar, não se pode ficar feliz com derrota, não em Los Angeles, não em Boston ou San Antonio. Esse tipo de coisa que ele fala, pode parecer ruim, ou chato, mas é esse pensamento que diferencia um Jordan, Kobe e tantos outros de um Carmelo da vida.

    • JLino

      Concordo plenamente com seu modo de pensar!

  • Kobe pode ter sido impaciente mas só foi bom no futuro mesmo, se tornou titular apenas em sua terceira temporada. Franquia, mídia e fãs devem ser pacientes, mas no que diz respeito a empenho ele está certo, o rookie não pode pensar “joguei mal hoje mas tudo bem, ainda sou um rookie”, ele precisa questionar a razão de ter jogado mal e trabalhar nisso.

    • Vinícius Maia

      Mas você comparar o inicio de carreira desses jogadores com o inicio de carreira do Kobe é um pouco injusto, visto que Kobe chegou na NBA com 17 anos, vindo direto do High School e chegou num Lakers que, pelo que eu já li, ainda não era um time para títulos, mas era um time de playoffs, ou seja, não é tão fácil um jovem ter espaço e se desenvolver um time de playoffs. Ainda assim, em seu terceiro ano, ele já tinha números melhores que Julius Randle, um dos criticados, que já está em seu quarto ano na liga e sua média de pontos, por exemplo, nunca chegou a 15 pontos.

      • JOSE MARINHO

        Epa, pera ai, Randle é burro demais, um touro desgovernado, nunca irá evoluir pq faltam miolos, cérebro eh o mais importanter pra evoluir,

    • dirct

      Essa comparação sobre a titularidade do Kobe não tem o menor sentido, o Lakers de quando o Kobe foi draftado ganhava mais de 50 jogos por temporada e era óbvio que em um time de mais de 50 vitórias que obviamente é forte um calouro por melhor que seja não vai ter muito espaço assim que chega ao time, é o mesmo caso do Leonard nos Spurs foi draftado em uma época que os Spurs era o melhor time e tinha Parker, Duncan e Ginobili voando era óbvio que ele teria que esperar a sua vez.

      O Lakers de hoje não é nem time de playoffs e qualquer calouro mediano pode ser titular, e Kobe foi draftado em 1996 e em 1997 já estava participando do all star game mesmo sendo reserva na sua equipe (naquele ano 4 jogadores do Lakers foi para o all star game), isso mostra como o Lakers daquela época era competitivo, no seu segundo ano de NBA Kobe ficou em segundo na eleição de sexto homem e foi o cestinha da NBA entre os reservas, Ball e os outros calouros do Lakers atual não estão nem perto deste nível.

      • Você tem razão, mas não quis comparar a titularidade do Kobe em seu terceiro ano com a titularidade imediata de alguns rookies dos Lakers, o que eu quis dizer é que até o Kobe precisou de tempo para se desenvolver.

        • dirct

          Precisou mas mesmo saindo do High School direto para a NBA ele já era um jogador bem superior aos calouros atuais do Lakers, principalmente Ball e Ingram por terem saído da universidade e serem as primeiras escolhas de draft tinham que ser bem melhores do que eles são, eles não são os melhores de suas classes e estão atrás de vários calouros da mesma época o que para escolhas pick 2 deixa um ar de decepção, podem melhorar? podem mas pra pick 2 e pelo oque calouros selecionados depois deles estão fazendo eles estão abaixo do que deveriam estar.

    • Erich Zager

      ele saiu direto do high school e foi pruma franquia enorme…naquela época o buraco era muito mais embaixo pra já chegar chegando e ser titular assim de bobeira…

  • Lucas

    Kobe Fominha Bryant kkkkkk quer cobrar da mlkada ser fominha porra, é só isso

  • Rafael Victor

    Acho que essa declaraçao é mais direcionada ao Punheta do que aos outros dois citados

  • Vinícius Maia

    Os fãs do lakers vão ficar bravos comigo, mas não estou nem ai: fui pesquisar os números do Kobe para responder um comentário e vi algo que eu não sabia e me deixou surpreso: Kobe nunca chegou a ter 50% de aproveitamento em uma temporada e seu aproveitamento nos arremessos de três nunca chegou a 40%. Não estou querendo desmerecer o Kobe (apesar de que os fãs dele provavelmente vão entender isso), mas eu realmente fiquei surpreso. Pensava que o Kobe tivesse um aproveitamento melhor.

    • vsr.snake

      Mas o Kobe nunca foi lá um grande chutador de três, no nível de Ray Allen e Reggie Miller. Ele era tipo o Lebron, no dia que ele está quente, as bolas caem, mas no geral, eles não são acima da média. Agora, de FG no geral, eu vejo dois motivos pra isso: o primeiro que o Kobe sempre jogou mais longe da cesta do que outros SG, como o Jordan, e segundo pq ele sempre teve um volume de jogo muito alto, fora que o chute mais famoso dele é o fade way contestado pela marcação.

      Além do mais, até hoje em dia, poucos jogadores da NBA que não sejam forwards ou pivôs tem uma aproveitamento de FG maior que 50%.

    • Erich Zager

      Não me assusta…o Kobe, assim como vários SG da época dele, forçava o jogo muito mais do que qualquer SG de hoje em dia…o número de arremessos contestados era bem maior…

      • Veiga

        Mas nao existe comparação dos sgs de hoje com os da epoca do kobe. Todos scorers bem superiores e com alta capacidade de criar o proprio arremesso.

        • Erich Zager

          exato, quis dizer que isso torna as chances de erro maiores e por isso as médias não são acima de 50%, por exemplo…se o kobe tivesse mais de 50% a média de pontos dele seria absurda…

      • Vinícius Maia

        Honestamente, não sei se o número de arremessos era mais contestado, mas já olhei as estatísticas de alguns astros do início dos anos 00, como Vince Carter, Tracy Mcgrady e Allen Iverson e realmente, o aproveitamento deles também não era dos melhores e os caras arremessaram MUITO.

        • Erich Zager

          acompanhei bastante essa época…eles realmente forçavam bastante o jogo…muito arremesso com a mão do marcador na cara…marcação dupla, marcação tripla…e marcação suja, todo time tinha o seu bruce bowen…era uma época pós Jordan né e todo mundo queria ser como o Mike e meter bola na cara dos adversários o jogo todo…hoje apenas o Lebron consegue fazer isso constantemente…

        • Tárcio

          NBA Soft!

    • dirct

      Não precisa se desculpar não vc só falou verdades, Kobe foi um dos jogadores que mais arremessou bolas por jogo em toda a história da NBA, quando vc pensa em um fominha vc pensa em Kobe, muitos defensores vão dizer que ele arremessava como se não houvesse amanhã porque tinha personalidade, mamba mentality, era clutch etc…. mas a verdade é que amassando o aro em várias noites como o seu aproveitamento indica ele enterrou o time em vários jogos apenas por ter um ego enorme que o “impedia” de pensar no time e passar a bola pra quem estava melhor, isso não é ser decisivo isso é ser egoísta e pouco inteligente para saber que não está bem e está atrapalhando o time na sua busca por estatísticas.

      É mais ou menos o que o West faz hoje, ele está 2 de 15 nos arremessos mas ele não está nem ai continua arremessando e vai pra 5 de 30 e o jogo indo pro brejo, isso não é ter personalidade, não é ser clutch, é ser egoísta e burro.

      • Pedro

        Você acha que o Lakers teria ganhado quantos títulos se o Kobe tivesse um jogo menos “egoísta”?
        Pode até não gostar do cara ou do time, mas desmerecer a carreira de um jogador que foi tão vitorioso, falando que enterrava o time é demais. Qualquer jogador com grande volume de jogo, em uma noite ruim, pode custar uma vitória. Mas no final das contas essas características trouxeram 5 anéis para LA, e isso é que importa.

        • dirct

          Bom vamos lá:

          Pode parecer no meu comentário que eu estou desmerecendo o Kobe ou o classificando como mediano mas não, eu considero que ele foi um grande jogador mas a centralização que ele exigia do time como ele mesmo dizia para os companheiros “Vocês estão aqui pra jogar pra mim” eu sempre criticarei, isso não é atitude de quem põe o grupo acima dos interesses pessoais e nem de quem deseja melhorar o nível do time como um todo, tecnicamente nada a reclamar Kobe foi muito acima da média e no meu comentário ali embaixo para outra pessoa eu digo: “Os calouros atuais do Lakers não estão nem perto do nível do Kobe calouro”.

          Quanto a títulos em relação ao Kobe eu sempre dou risada quando leio alguém dizer “Kobe não precisou sair e formar panela pra ser campeão” ou “Kobe deu cinco anéis para os Lakers”, isso é uma grande abobrinha, Kobe não saiu e formou panelas para ganhar títulos porquê a panela sempre foi até o Lakers, o Kobe pegou uma época onde os Lakers pagavam os maiores salários da NBA e tinha influência pra trazer os melhores jogadores da liga, porquê Kobe sairia de um time desse pra ganhar títulos? Outro ponto é que Kobe não “deu” coisíssima nenhuma de 5 títulos para os Lakers porque ele em nenhum título teve que carregar a franquia nas costas, Kobe nos 5 títulos sempre esteve rodeado de alguns dos jogadores mais dominantes da liga então colocar os 5 títulos como se ele tivesse “carregado” o time é uma grande viagem, nos 3 primeiros nem o melhor do time ele era, “o cara” dominante dessa época era o Shaq e não o Kobe, depois teve Gasol no auge entre vários outros grandes jogadores.

          Quando o Kobe realmente jogou em times ruins ele não conseguiu fazer nada em relação ao patamar da equipe, os Lakers fizeram algumas das piores campanhas da história com o Kobe jogando, ainda dou um desconto porquê estava no fim de carreira mas sem essa de Kobe “carregando a franquia nas costas”, Lebron sim jogou em um time ruim na sua primeira passagem pelos CAVs e sozinho levou o time para as finais, Kobe nunca fez isso na sua carreira.

          E eu também vou te fazer uma pergunta como vc me fez: Quantos títulos os Lakers deixaram de ganhar pelo ego do Kobe em achar que era o maioral e “cavar” a saída do Shaq do time?

          • Pedro

            “Outro ponto é que Kobe não “deu” coisíssima nenhuma de 5 títulos para os Lakers porque ele em nenhum título teve que carregar a franquia nas costas, Kobe nos 5 títulos sempre esteve rodeado de alguns dos jogadores mais dominantes da liga então colocar os 5 títulos como se ele tivesse “carregado” o time é uma grande viagem,”

            Por esse trecho, vejo que você não acompanhou muito bem a carreira do Kobe para fazer comentários desse tipo. Vamos lá:

            – Lakers ganhou os títulos em 09-10, com times tendo provavelmente o menor número de All-Stars da história da liga. Até aquele momento, além do Kobe, Gasol e MWP tinham só 1 all-star antes de se juntar ao lakers. O Gasol que você falou que foi o grande jogador dominante daquele time, mal tinha jogado em Playoffs naquela altura. O elenco de apoio foi fundamental para os títulos, mas O CARA do time era o Kobe. Sem ele, aquele time não teria sido um contender. O time foi montado através de trocas e draft, então não venha me falar de panela, porque qualquer franquia da liga poderia ter montado aquele elenco de apoio.
            – Sobre os títulos no começo dos anos 2000, aquele era um grande time que poderia sim ter vencido com outro All-star no lugar do Kobe. Porém não vejo alguem fazendo tão bem o papel do Mamba no triangulo. Então falar que seriam três titulos sem o Kobe é um grande SE, e um desrespeito pelo que ele fazia por aquele time sendo o principal playmaker e um grande defensor naquela altura.
            – Kobe não teve atributos “naturais” de elite como o Shaq. Mas ele trabalhou bastante para chegar no mais alto nivel de seu jogo e sempre exigiu a mesma postura dos seus companheiros. Esse foi o principal atrito do Kobe com o Shaq e vários outros atletas que não lidaram bem com esse tipo de pressão. Ele sempre falou que não iria passar a bola para quem não trabalhasse, o que de certa forma elevou muitos de seus companheiros indiretamente.
            – Não sei porque colocou o Lebron na conversa, não acho que você tenha que exaltar um para diminuir o outro.

      • Albert Santos

        Concordo.

    • Tárcio

      Kobe, maior Bust da história!
      o.O
      rSssssssssss
      Provavelmente (pela foto) você não acompanhou o Kobe jogar, talvez só o final de carreira dele, e olhe lá!

      Números, são números! APENAS números!
      Por exemplo, o King na última temporada chutou 67% de Lance Livre, um número ridículo, pra um jogador do nível dele! Mas no fim, isso quer dizer exatamente … NADA!

      • Albert Medeiros

        O que tem a haver a foto do cara?

        • Tárcio

          Torcedor do Cavs, nada contra, mas geralmente são amantes mais recentes do Basquete!
          Geralmente não começaram a torcer por conta de Mark Price, Brad Daugherty e Larry Nance!

          • Albert Medeiros

            Mas por conta do LeBron, eu mesmo comecei a torcer por causa da primeira final contra o Spurs, e não significa nada, o cara pode muito bem conhecer a história do jogo e nem precisa ter visto Larry Bird ao vivo, essa zueira em cima dos torcedores do Cavs e do GSW tem que parar,kkkk

  • vsr.snake

    Kobe sempre foi um maluco no quesito treinamentos e cobrança, sempre exigiu demais de seus companheiros, assim como de si mesmo. Logo não me estranha ele falar essas coisas, mas não que eu ache algo sensato, afinal nenhum desses jogadores são como ele era na época que entrou na liga.

  • Joinha

    Nossa, quanto mimim! Jogador de NBA precisa jogar sobre pressão sim! É ai que os estrelas sobressaem! É ai que separa o joio do trigo! E é ai que acontece o espetáculo.

  • Bruno Macedo

    A hype do pai do lonzo atrapalha ele sim, mas mesmo que não tivesse um pai idiota, ele estaria sendo criticado também foi uma escolha alta e um calouro do mesmo time tá jogando melhor que ele.

  • Gabriel Pereira Barbosa

    Antes que a notícia suma eu vou dizer de novo
    Lebron muito maior que Kobe.

    abraços