Kobe foi “inspiração” de Devin Booker em atuação de 70 pontos

PHOENIX, AZ - MARCH 23: CAPTION on March 23, 2016, at Talking Stick Resort Arena in Phoenix, Arizona. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2016 NBAE (Photo by Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

Os 70 pontos anotados por Devin Booker na última semana foram a maior marca de um atleta em uma partida da NBA desde a lendária performance de 81 pontos do ídolo Kobe Bryant, em 2006. Não por acaso, mesmo que de forma indireta, as duas atuações estão ligadas. O ala-armador do Phoenix Suns creditou o ex-astro do Los Angeles Lakers pela mentalidade na noite mais brilhante de sua carreira.

“Eu assisti a uma entrevista em que Kobe dizia que aquilo que o separava de vários atletas era a perspectiva de que 30 pontos era muito. Ele falou que nunca se impôs limites e marcaria 100 pontos, se pudesse. Isso ficou em minha cabeça. Hoje, não me imponho limites também. Eu quero ser o melhor em tudo, não só no basquete”, afirmou o jovem, em entrevista ao jornal Boston Globe.

Booker nunca escondeu que Bryant era um de seus jogadores favoritos e exemplos na carreira. Tanto que, quando enfrentou a lenda angelina pela primeira vez, ele buscou chamar a atenção do já veterano e conversou por dez minutos depois do jogo. Após aquele confronto, ele ganhou um par de tênis do craque de presente, com a mensagem “seja lendário” escrita neles.   

“Eu estava com os ouvidos atentos, tentando absorver tudo o que dizia. Estou bem feliz com o que consegui aprender. Essa conversa vai ser algo de que vou lembrar-me pelo resto da vida, que contarei para meus filhos”, afirmou o então calouro do Arizona, em entrevista na época. Horas depois, Kobe também admitiu ter ficado impressionado com aquele garoto.

“Eu acho que Devin é fantástico. Joga com a atitude certa, espírito competitivo e é extremamente polido tecnicamente. Agora, ele só tem que descobrir qual é o seu estilo de jogo exato. Então, ele vai entrar em quadra todas as noites e mostrar o melhor de suas habilidades”, elogiou Bryant, que viu o ala-armador pegar a bola pela primeira vez naquele jogo e atacá-lo imediatamente.

Aparentemente, Booker encontrou seu estilo. E, a julgar pela monstruosa atuação contra o Boston Celtics, esse estilo é cada vez mais parecido com seu ídolo de infância.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Mafia Lakers

    Tá se inspirando no cara certo , esse tem futuro !

  • Yan Alves #TankBrothers

    Isso aí bookão, se inspirando num mito desses, o sucesso lhe aguarda!!

  • O melhor exemplo atual, de que reconstruir por tank não é lá a melhor opção. Algumas equipes se enfraqueceram de proposito, quiseram perder por uma escolha alta. Ai vem o Suns com a 13° escolha, seleciona o prospecto mais jovem da classe, que muito diziam ter um longo caminho até se tornar um sólido jogador (isso se não fosse bust) e encontra um atleta com pinta de superastro, que em seu segundo ano já tem médias de +20 pts e um jogo de 70 pts.

  • Booker é fantástico! Nem o próprio Kobe era tão bom com a idade dele.