Lakers inaugura estátua de Shaquille O’Neal no Staples Center

shaquille-oneal-estatua

Shaquille O’Neal tornou-se a quarta lenda do Los Angeles Lakers a ser eternizada com uma estátua no Staples Center, nesta sexta-feira. Horas antes do triunfo dos angelinos diante do Minnesota Timberwolves, a equipe inaugurou o monumento em homenagem ao ex-pivô em uma cerimônia aberta que contou com a presença de ídolos Kareem Abdul-Jabbar, Jerry West, Elgin Baylor e Kobe Bryant.

“Essa é uma homenagem inesperada para mim. Eu vi muitos outros grandes atletas que mereciam receber uma estátua aqui, como James Worthy e Wilt Chamberlain. Só posso agradecer todos os meus companheiros de elencos por estar, hoje, onde estou. Amo meus fãs. Obrigado por motivarem-me e sempre estarem ao meu lado”, disse o membro do Hall da Fama, em discurso.

O’Neal foi eternizado em uma estátua de bronze de quase 700 quilos que mostra-o em uma de suas tradicionais enterradas. Os outros três ex-jogadores de basquete homenageados com imagens na arena foram Abdul-Jabbar, West e Magic Johnson, que não esteve presente à cerimônia porque foi assistir in loco ao confronto entre Kentucky e UCLA, pelo Torneio da NCAA.

A ausência do agora presidente de operações da franquia, porém, passou quase despercebida pela atenção atraída por Kobe no evento. O astro recém-aposentado, histórico parceiro na conquista do tricampeonato 2000-02 e também pivô da saída de “Shaq” do Lakers mais tarde, sentou-se ao lado do homenageado e recebeu um agradecimento especial.

“Definitivamente, eu não teria chegado aqui sem Kobe. Nós vamos entrar para a história como uma das mais enigmáticas, controversas e dominantes duplas do basquete. Tivemos nossas brigas, mas sempre respeitamos e motivamos um ao outro. Foi assim que conquistamos três títulos”, exaltou o ex-pivô, deixando o passado para trás e rendendo-se às risadas com o antigo rival.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.