(1) Indiana Pacers 97 x 100 Cleveland Cavaliers (1)

O Cleveland Cavaliers recebeu o Indiana Pacers no segundo jogo da série e dessa vez, saiu com a vitória. Liderada do início ao fim por LeBron James, que anotou 46 pontos no jogo, a equipe fez valer o mando de quadra e empatou a série.

O primeiro quarto foi melhor para o time da casa, desde o início. LeBron James liderou sua equipe desde a primeira posse e anotou os primeiros 16 pontos do Cavs, abrindo 13 pontos de vantagem, uma vez que o Pacers tinha anotado apenas três pontos em sete minutos jogados. Pouco tempo depois, Kevin Love e Kyle Korver pontuaram com bolas de longa distância e a diferença foi para 18 pontos.

No segundo quarto, o Pacers conseguiu melhorar e fez com que a diferença diminuísse, apesar de continuar atrás no placar. No intervalo, o placar era de 58 a 43 para os donos da casa. Enquanto o Pacers possuía uma pontuação bem distribuída, no Cavs, LeBron era o cestinha disparado, já com 29 pontos.

Após a pausa, o cenário foi muito parecido com o do segundo quarto: o Cavs continuava conseguindo se manter na liderança da partida e o Pacers tentava cortar a diferença. Com três minutos para o fim do período, o Pacers chegou a ficar apenas cinco pontos atrás, mas novamente não conseguiu virar o jogo.

No último quarto, após muitos momentos parecidos com o restante do jogo, os visitantes ficaram muito próximos de concluir uma reação, justamentos nos minutos finais da partida. Com o placar em 95 a 92, Victor Oladipo teve a chance de empatar o jogo e deixar menos de 30 segundos no relógio, mas errou o arremesso de três. O Cavs então fechou o jogo nos lances-livres.

Destaques

Indiana

Victor Oladipo: 22 pontos, seis assistências, seis erros de ataque
Myler Turner: 18 pontos, cinco rebotes
Darren Collison: 16 pontos, cinco rebotes, seis assistências
Lance Stephenson: dez pontos, quatro rebotes

Cleveland

LeBron James: 46 pontos, 12 rebotes, cinco assistências
Kevin Love: 15 pontos, oito rebotes
Kyle Korver: 12 pontos
George Hill: seis pontos


(1) Utah Jazz 102 x 95 Oklahoma City Thunder (1)

O Utah Jazz se recuperou da derrota no primeiro jogo e venceu o Oklahoma City Thunder fora de casa, empatando a série. Mais uma vez tendo o novato Donovan Mitchell como um dos destaques, a equipe agora se prepara para as próximas duas partidas em casa.

A partida começou muito boa para os visitantes, que rapidamente conseguiram abrir 9 a 0 no placar. Porém, em poucos minutos, o Thunder reagiu e virou o jogo após uma cesta de três de Paul George. As equipes passaram mais de dois minutos sem conseguir pontuar e então, começaram a alternar na liderança do placar.

Na primeira metade do segundo quarto, tudo permaneceu equilibrado e as equipes novamente tiveram alguns momentos em que não conseguiram imprimir um grande volume ofensivo. Na metade do período, Ricky Rubio e Joe Ingles anotaram cestas de longa distância e o Jazz abriu uma pequena vantagem, que serviu para ir para o intervalo vencendo por 53 a 46.

As equipes voltaram para mais um período acirrado, mas quem se mantinha na frente era o Jazz. Derrick Favors teve um ótimo terceiro quarto e se destacou nos primeiros minutos. Nos cinco minutos finais do período, Paul George virou o jogo para os donos da casa com uma cesta de três e sua equipe foi para o período decisivo vencendo. No entanto, após mais um período de muito equilíbrio, o Jazz aproveitou a ineficiência do “Big Three” do Thunder (produziram apenas dois pontos no último quarto), voltou a liderar o jogo nos minutos finais e conseguiu se segurar na frente, garantindo o resultado.

Destaques

Utah

Donovan Mitchell: 28 pontos, seis rebotes
Ricky Rubio: 22 pontos, sete rebotes, nove assistências
Derrick Favors: 20 pontos, 16 rebotes
Rudy Gobert: 13 pontos, 15 rebotes, três tocos
Jonas Jerebko: dez pontos, cinco rebotes

Oklahoma

Russell Westbrook: 19 pontos, nove rebotes, 13 assistências, quatro roubos de bola
Paul George: 18 pontos, dez rebotes, três tocos
Carmelo Anthony: 17 pontos, nove rebotes
Jerami Grant: 13 pontos, seis rebotes
Corey Brewer: 11 pontos, três roubos de bola


(0) Minnesota Timberwolves 82 x 102 Houston Rockets (2)

O Houston Rockets fez o dever de casa mais uma vez e abriu 2 a 0 na série contra o Minnesota Timberwolves. Mesmo com um jogo abaixo do esperado do astro James Harden e de não começar o jogo bem, a equipe foi liderada por Chris Paul e venceu com tranquilidade.

Quem começou melhor foi o Twolves. A equipe foi superior durante a primeira metade do primeiro quarto e tinha nove pontos de vantagem, com cinco minutos para o fim do período. Mas o Rockets se recuperou e conseguiu encostar no placar antes mesmo do segundo quarto, onde a reação começou.

Desde o início do período, o Rockets teve Gerald Green como um dos destaques, além de boas jogadas de Chris Paul e não só virou o jogo, como se distanciou no placar. O placar era de 55 a 40 a favor dos donos da casa no intervalo. Paul liderava o Rockets na pontuação, com 15 pontos, enquanto Butler era o cestinha do outro lado, com nove.

Após a pausa, o Rockets voltou disposto a manter sua superioridade e a diferença cresceu ainda mais. Uma cesta de longa distância de PJ Tucker deixou sua equipe com 25 pontos de vantagem, com sete minutos para o fim do período, onde o Rockets permaneceu tranquilo. No último quarto, os donos da casa apenas garantiram o resultado positivo e não foram ameaçados em nenhum momento.

Destaques

Minnesota

Nemanja Bjelica: 16 pontos, oito rebotes
Andrew Wiggins: 13 pontos, oito rebotes
Jimmy Butler: 11 pontos, quatro rebotes
Derrick Rose: nove pontos

Houston

Chris Paul: 27 pontos, oito assistências, três roubos de bola
Gerald Green: 21 pontos, 12 rebotes
Trevor Ariza: 15 pontos, cinco rebotes
James Harden: 12 pontos, quatro rebotes, sete assistências, três roubos de bola, três tocos

Eduardo Ribeiro
Eduardo Ribeiro
Paulista, jornalista e membro do Jumper Brasil desde 2015