LeBron e Westbrook são eleitos melhores jogadores de dezembro

A NBA anunciou nesta quinta-feira que os astros LeBron James, do Cleveland Cavaliers, e Russell Westbrook, do Oklahoma City Thunder, foram eleitos os melhores jogadores da liga no mês de dezembro nas conferências Leste e Oeste, respectivamente.

LeBron comandou a equipe de Ohio a nove vitórias em 14 partidas no fechamento do ano passado, com médias de 27.5 pontos, 8.2 rebotes, 10.3 assistências (maior marca da conferência no período) e 1.93 roubos de bola. Ele ainda liderou o Leste com cinco triplos-duplos, sendo três deles registrados consecutivamente.

O ala de 33 anos anotou 20 ou mais pontos em 13 dos 14 confrontos do time e saiu de quadra com duplos-duplos em nove oportunidades – segunda maior marca do Leste. Ele conseguiu atuações de (no mínimo) 20 pontos, cinco rebotes e cinco assistências por 11 vezes em dezembro.

Westbrook esteve à frente da campanha de recuperação do Thunder em dezembro, quando o time venceu 12 de seus 17 compromissos. O atual MVP da liga terminou o mês com médias de 27.8 pontos (quarta maior marca da NBA), 10.2 rebotes e 10.6 assistências (média mais alta da liga no período).

O armador registrou seis triplos-duplos ao longo de dezembro, subindo seu número nesta temporada – maior marca da liga – para 12. Ele ainda acertou mais de metade dos arremessos que tentou em sete das últimas nove partidas disputadas em 2017.

Outros nove atletas foram citados na votação mensal: Kyrie Irving (Celtics), Kevin Durant (Warriors), James Harden (Rockets), Victor Oladipo (Pacers), Giannis Antetokounmpo (Bucks), Jimmy Butler (Timberwolves), DeMarcus Cousins (Pelicans), DeMar DeRozan (Raptors) e Donovan Mitchell (Jazz).

Jayson Tatum e Donovan Mitchell são premiados entre os calouros

Nesta quarta-feira, a NBA confirmou que o ala Jayson Tatum (Boston Celtics) e o ala-armador Donovan Mitchell (Utah Jazz) foram escolhidos os melhores novatos de dezembro nas conferências Leste e Oeste, respectivamente.

Tatum seguiu como um dos titulares e destaques do Celtics, que venceu 11 de seus 17 jogos em dezembro. O jovem de 19 anos acumulou médias de 14.6 pontos e 5.9 rebotes no mês, acertando 52.9% de seus arremessos de quadra e 45.1% dos tiros de longa distância tentados. Ele teve 14 atuações com dígitos duplos de pontuação e anotou dois de seus três duplos-duplos da carreira no período.

Mitchell, por sua vez, liderou os estreantes da liga em pontuação (23.1) e roubos de bola (1.77) em 13 partidas disputadas com o Jazz ao longo de dezembro, além de ter tido a quarta maior média de assistências da classe (3.8). O jogador de 21 anos marcou mais de 25 pontos em sete oportunidades, incluindo a atuação de 41 pontos no primeiro dia de dezembro – novo recorde de um calouro pelo Jazz.

Outros sete novatos receberam menções na votação: John Collins (Hawks), Lauri Markkanen (Bulls), Dennis Smith Jr. (Mavericks), Lonzo Ball, Kyle Kuzma (Lakers), Ben Simmons (Sixers) e Bogdan Bogdanovic (Kings).

Dwane Casey e Steve Kerr são escolhidos melhores técnicos do mês

A NBA também anunciou que os técnicos Dwane Casey (Toronto Raptors) e Steve Kerr (Golden State Warriors) receberam os prêmios de melhores treinadores da liga no mês de dezembro nas conferências Leste e Oeste, respectivamente.

Casey comandou o Raptors a melhor campanha do Leste no período: 11 vitórias em 14 jogos disputados, incluindo triunfos nas seis partidas como mandante. Seis dos 11 principais atletas da rotação canadense tem três ou menos anos de experiência na liga. É a quinta vez que ele ganha a premiação mensal.

Já Kerr liderou o Warriors a 13 resultados positivos em 15 compromissos (melhor recorde da NBA no período), mesmo sem contar com o astro Stephen Curry em 11 dessas partidas. O treinador atual campeão da liga leva o troféu entre os técnicos pela sexta vez na carreira.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Marcos Oliveira

    RUSS vai pra disputa novamente…

    • RodrigoBrBa

      acho difícil, só se harden ou lebron perdessem a temporada inteira por lesão. além deles, tem outros jogadores q tão indo mt bem como o curry quando voltou da lesão e o grego, além do KD, que estava jogando muito quando o curry machucou.

      • Marcos Gordinho

        Creio que nessa temporada a colocação da equipe ao fim da temporada será fator determinante para o MVP.

        • RodrigoBrBa

          sempre foi.. a temp passada foi uma exceção, inclusive eu acho bom esse critério para medir impacto, não adiantar ter médias boas e o time estar mal/mediano sem ambição de título. Maior exemplo recente foi o DMC no kings, que talvez tinha a melhor média de pivôs e estava jogando muito, mas o kings em si era horrível, fora o problema dele relacionado a faltas e tal..

          • Mas nessa temporada o Thunder tem chances de terminar com mando de quadra, e se Russ repetir as médias de triplo-duplo ele está na disputa de novo, embora não seja favorito nem nada do tipo.

          • Marcos Gordinho

            Embora eu tenha torcido pelo West para MVP na temporada passada, também observo essa de times desprezíveis destacarem um ou outro atleta para supervalorizar e render bons ativos em negociação futura. Atualmente enxergo isso em Booker do suns.

  • Marcelo Desoxi

    Russ está no páreo novamente, que homem

    • Otávio

      Quee homemm, galera gosta de criticar quando ele tá mal mais agora que voltou a voar eles somem kkkk

  • Refs Clutch Performance 🏀

    Mês de MVP do Russ

  • RL23

    ☘️

  • Marcio

    Russell Westbrook entrou na disputa e o time ta encaixado, veem pra busca mando de quadra, arrisco a dizer que ficam entre os 3 primeiros na conferencia!! Ele ta jogando e fazendo seus companheiros jogarem… Como eu queria que esse OKC chegasse a final da conferencia.

    • pedrokadf

      estamos de acordo !!

  • Paulo Henrique

    O premio de jogador do mês do Leste poderia se chamar Premio LeBron James de jogador do mês