LeBron James esquiva-se de rótulos como armador do Lakers: “Sou um jogador”

LeBron James foi o principal articulador de jogadas de todas as equipes em que atuou, mas sempre teve uma relutância com a ideia de ser formalmente escalado como armador. E, no Los Angeles Lakers, essa situação parece que não vai ser tão diferente. O astro já tem sido testado em formações só com alas e pivôs pelo técnico Frank Vogel, mas segue avesso a assumir a função que sempre exerceu.

“Não me importa se serei chamado de armador ou não. Eu só faço o que é preciso para vencer. Não sou armador, ala ou pivô. Sou um jogador de basquete. Só me coloque em quadra e farei as coisas acontecerem. Então, minha única preocupação é jogar e apoiar os meus companheiros. Isso é o que me diverte e anima”, disse o quatro vezes MVP da liga, desconversando sobre a questão posicional.

Segundo Dave McMenamin, da ESPN, Vogel testou uma suposta formação para o fechamento dos jogos com LeBron como armador, atuando ao lado Alex Caruso, Avery Bradley, Kentavious Caldwell-Pope e Anthony Davis. Uma ausência importante no quinteto foi o veterano Danny Green, que ficou entre os reservas por opção do técnico. Nada além de um teste, porém, garante o craque.  

“Temos muitas diferentes formações para utilizar ao longo da temporada e estamos tentando testar algumas delas. Podemos usar quintetos mais altos, baixos, rápidos e lentos. Essa é a beleza de termos um elenco e jogadores como os que estão aqui: nós temos a capacidade fazer várias coisas diferentes. É para testar essas opções que os treinamentos servem”, concluiu LeBron.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.