LeBron James: “Não me importa se serei segundo ou oitavo do Leste”

A profunda reformulação pela qual passou o Cleveland Cavaliers em fevereiro trouxe um impacto positivo imediato, mas a empolgação ficou para trás rápido. O terceiro colocado do Leste teve quatro derrotas nas últimas sete partidas e, hoje, está a apenas um jogo de cair para o quinto lugar da conferência. O desempenho da equipe preocupa, mas LeBron James não poderia se importar menos com a tabela de classificação.

“Olha aqui, não me importa se serei sexto, terceiro, segundo ou oitavo colocado do Leste. Se chegar o primeiro jogo dos playoffs e eu estiver indo visitar sua equipe, pode crer que será muito desafiador para você”, afirmou o craque e heptacampeão de conferência, em entrevista coletiva nesta semana. O time tem quatro jogos seguidos fora de casa e, se tudo der errado, projeta-se que pode voltar para casa até no sexto lugar.

LeBron personifica o comentário baseado no grande momento que vive na carreira. Aos 33 anos, ele está em meio a uma de suas melhores temporadas individuais e, visto como forte candidato ao prêmio de MVP em parte da campanha, deverá ser selecionado para o quinteto ideal da liga pela 11ª vez consecutiva. O ídolo crê ter alcançado um equilíbrio entre corpo e mente que nunca teve antes.

“Eu estou, provavelmente, atuando no mais alto nível de minha carreira, pois meu corpo, mente e abordagem do jogo nunca foram melhores. Fadiga não é um fator para mim. E, claro, Deus me deu essa habilidade especial para jogar basquete. Eu sou um abençoado e nunca vou menosprezar esse presente”, refletiu o veterano, que disputou todos os 65 jogos da campanha do Cavaliers.

LeBron possui a segunda maior marca de minutos de ação por noite da liga (37.1), registrando médias de 26.4 pontos, 8.4 rebotes, 9.0 assistências e 54.5% de aproveitamento nos arremessos de quadra. O Cavs tentará evitar a “queda livre” na classificação a partir deste domingo, quando enfrenta o Los Angeles Lakers.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Nunca vou esquecer o momento nos playoffs Cavs vs Indiana, com o jogo parelho e (acredito que foi) o Rômulo Mendonça solta um “o papai chegou” quando o LBJ decidiu o jogo. Kkkkkkk

    Isso aqui define tudo
    “Olha aqui, não me importa se serei sexto, terceiro, segundo ou oitavo colocado do Leste. Se chegar o primeiro jogo dos playoffs e eu estiver indo visitar sua equipe, pode crer que será muito desafiador para você”.

    • LeBeautiful

      Em uma série contra o Lebron os times do leste já entram mentalmente derrotados, e ele sabe… Por isso tanta confiança, não vai ser nessa temporada que as coisas vão mudar, os emocionados podem até achar que esse ano vai ser diferente mas vão quebrar a cara como sempre…

  • Andre Messetti Christofoletti

    Deu mole? Papai Lebrão Vrau!

  • Edson Matheus

    “Fadiga não é um fator pra mim”
    Que homem!

  • LeBeautiful

    É o que eu sempre digo, enquanto tiver playoffs no formato 1-8 Lebron sempre estará tranquilo, pois sua vaguinha na final está garantida, se houver essa mudança nos Offs abrindo pra 1-16 como estão falando por aí, os maiores prejudicados seriam os timecos do leste, por isso quando tem enquetes a respeito disso o resultado é sempre dividido, mas a NBA deve mudar esse formato cedo ou tarde…Em termos de emoção seria muito benéfico. Imagina quantos confrontos históricos teríamos se não houvessem conferências nos playoffs.

    • Fabrica de Vassilo

      Se o intervalo entre jogos aumentar, ficaria viável. Mas daí os playoffs durariam tipo 4 meses ao invés de 2.

  • Pablo Leite

    Mas com esse time aí, dessa vez vai ser mais complicado chegar a final da NBA. Pela primeira vez, vejo os Raptors com vantagem sobre um time do LeBron no leste.

    • Evandro

      não vejo pior que T.T.Mosgov, Jr Smith e Delavedova com Shumpert de sexto homem….e ele levou este time tranqueira as finais da liga e abrir 2×1 no GSW…e o time não tinha rotação…LJ nos offs e sempre algo doiso de se ver e ele ainda tera o LOve de volta

      • Pablo Leite

        Pois é amigo. Mas tinha Irving e a concorrência era pior que hoje também. A realidade agora é outra.

  • Henrique Silva

    Se esse negro maravilho falou isso … então estou de boa … cavs na final … kkkkkkkkkkk