Líder do Twolves, Towns engrandece Minnesota e crava: “Planejo ficar por muito tempo”

O futuro competitivo do Minnesota Timberwolves está nas mãos do pivô Karl-Anthony Towns. O jovem astro é a aposta da franquia para buscar um caminho sustentável para vitórias na liga, depois de conseguir uma única classificação aos playoffs nos últimos 15 anos. Em uma NBA onde a calma parece ser uma virtude cada vez mais rara aos craques, porém, ele compreende que a evolução do time não vai ser imediata e está preparado para esperá-la.

“Nós não podemos acelerar tudo e pensar que venceremos 75 partidas na próxima temporada. É preciso viver um dia após o outro, ter paciência e aceitar o processo. Eu acho que nosso time é realmente bom e temos condições de competir todas as noites. O meu trabalho, como líder, é tirar o melhor de cada jogador ao meu lado. Esse é o meu foco. Não estou em quadra para dar show, mas ser sério e vencer”, afirmou o jogador de 23 anos, em entrevista ao site The Athletic.

Na busca para voltar às cabeças do Oeste, Towns acredita que o Twolves deu um tiro certeiro nessa offseason com a efetivação de Ryan Saunders. O treinador de 33 anos, filho do falecido Flip Saunders, assumiu o time interinamente na última temporada e contava com massivo apoio dentro do elenco de Minneapolis. Com o jovem comandante, o pivô acredita estar pronto para atingir um novo patamar na carreira – que foi “impedido” de alcançar em anos anteriores.

“Eu acho que fui “limitado” a uns 40% do meu talento até agora na NBA. Limitado por situações pontuais. Vai ser divertido trabalhar mais com Ryan e ver até onde podemos chegar. Terei liberdade para jogar sem travas e vou ser capaz de fazer coisas em quadra que já fiz ao longo da minha carreira, mas nunca tive tantas chances de mostrar na NBA por uma série de motivos”, afirmou o all-star, sem especificar quais obstáculos atrapalharam seu jogo.

Towns ainda não é alvo de rumores, mas, atuando em Minnesota, parece questão de tempo para que seja apontado como um desejo de franquias dos chamados “grandes mercados”. Outras equipes, nesse sentido, terão que esperar: ele tem contrato assinado com o Timberwolves até 2024, graças a extensão fechada na offseason passada. Mais do que isso, no mundo atual, ele não compra a ideia de que precisa ir para uma cidade maior para ser maior.

“Eu pensei que, se estivesse em Minnesota, teria menos oportunidades. É o que se diz sobre mercados pequenos, né? Pois as minhas oportunidades só crescem aqui. Essa falsa narrativa é escrita por pessoas que querem manter as grandes cidades com mais talentos. Nós estamos na era digital, o talento está em todos os lugares. Empresas sabem com quem querem trabalhar e já não faz diferença onde essas pessoas estejam ou morem”, explicou o craque.

Decisões como a efetivação de Saunders e a recente extensão máxima de contrato assinada fazem com que a permanência de Towns no Timberwolves fique (ainda) mais consolidada. Mas nenhum desses fatos concretos está acima de uma verdade essencial que ele professa para quem quiser ouvir: ele não tem a menor intenção de sair porque simplesmente gosta de Minnesota e da franquia em que está. 

“A coisa mais importante na discussão sobre astros mudando de times é se o atleta está feliz onde está. Eu posso dizer que estou tremendamente feliz em Minnesota. Adoro os dirigentes, os técnicos e a cultura que estamos construindo. Realizamos ótimas mudanças recentemente. Se você quer ir embora, significa que você está infeliz. Mas eu não estou. Planejo ficar em Minnesota por muito tempo”, sentenciou.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Nicolas Dias

    “Planejo ficar em Minnesota por muito tempo.” Não por toda a minha carreira diga-se de passagem, sem contar que muito tempo é relativo. Os próximo dois anos são decisivos para os Wolves, ou as coisas evoluem ou Towns pode mudar de ideia a partir de julho de 2022 quando seu contrato estiver na metade. Ainda mais se ele atingir seus objetivos e melhorar o seu jogo e ganhar mais status e for colocado na discussão por prêmios, e ver campanhas pífias como empecilho.

  • Sheela

    “Planejo ficar em Minnesota por muito tempo.” Tipo o Kyrie? Tipo o Kawhi? Tipo o Tony Parker? Sinto lhe informar, não existe mais isso nessa liga. Tanto da parte dos jogadores quanto das franquias.

    • Dudu Ferrero

      O Parker nem conta ne? kkk o cara so saiu quando ja nem conseguia correr mais kk

    • Franklin Gomes Peixoto

      Os exemplos que vc usou são os piores. Tony queria mais espaço para contribuir, o Kawhi não me lembro de nenhum comentário dele nesse contexto (aliás, faz um bom tempo que ele declarou querer jogar em LA) e o Kyrie é maluco, ninguém sabe o que ele quer.
      Poderia ter usado o Kemba, faz mais sentido com oq vc disse.

    • Ricardo Stabolito Junior

      Tipo Damian Lillard?

      Eu acho que a gente é muito cético com tudo.

  • Dudu Ferrero

    Vai ser igual ao Garnett vai ficar ficar, e quando ver que realmente nao tem chances de titulo monta uma panelinha em outra equipe pra tentar

  • Toni von Mises

    Ah, é o líder? Fez corpo mole qdo Butler estava em Minnesota pq, boneca? Vou lhe dar um desconto, pois só tem 23 anos ainda. Tem condições de entrar no top 10 da liga fácil, se quiser, é só trabalhar duro e manter o foco. Mostre q possui condições de liderar esse time, pois o LeBron canadense só decepciona e já saiu do páreo faz tempo.

  • Wilker Pereira

    Ja conhecemos esta história , depois de uns anos se continuar a nem sequer ir aos offs pede troca e vai formar uma panela qualquer por ai em outro time , ele e o seu amigo Booker serão os proximos astros em ascensão q vão pedir troca na minha previsão

  • Matheus Fagundes

    Kat tá com coragem ficar no time com o Wiggins e sem rumo para vencer n vai adiantar nada ele ser um top 10 sem ajuda

  • BrianScalabrine

    Towns defendeu Minnesota. Foi a primeira vez que pudemos usar o verbo defender junto com o nome dele, desde que entrou na NBA.

    • Pedro Saturnino Braga

      Que isso, eu uso sempre.
      Exemplos: Towns não defendeu porra nenhuma hoje!
      O KAT defendeu muito mal nesse jogo.
      Caralho, o Towns não vai aprender nunca a defender?
      Se nem com o thibodeau o Towns conseguiu defender, não vai conseguir nunca.mais.

  • dirct

    Ai o Lebron janta com ele, ele dispensa o seu agente (não sei quem é) e começa a ser representado pelo Rich Paul/Clutch Sports, no dia seguinte pede trade para o Wolves e anuncia na ESPN que fez isso, depois anuncia que se não for negociado com o Lakers não vai renovar com mais ninguém.

    E esta ai: Big 3 em LA.

    • Felipe Monteiro

      Já tem o BIG 3. Lebrom-Davis-Boogie

      Já viu como Boogie tá fit? Primeira foto magrinho como nunca esteve.
      Fim de semana brincou no Ultimate Hoops League, já tava bem forte!!

      SE ele jogar 75% do que ele sabe, já é um baita d eum BIG 3

    • Wagner Moreira

      com que cap

    • Wilker Pereira

      Wuao , como foi q vc conseguiu relacionar esse post _q se trata do Towns) com o Lebron? Vc e muito criativo kkkkkkk

  • Br nas Europas¨¨ TH

    Qual é a cultura? Ainda n vi

  • Marcio

    Quando começa a fazer essas declarações e pq já esta pensando em sair fora!

  • Rodrigo Morais

    AD falou isso uns anos atras tbm

  • Neto Lakers

    Em nome do pai, do filho, do espirito santo, AMÉM… Que Deus proteja todos nós!!!
    Garotinho, escuta o que o maiorrrr ídolo da história do Los Angeles Lakers vai te falarrrrr!!!
    Vem ser feliz no maiorrrr de todos, xaráááá!!!
    Larrrrga a mão de Minnesota Timberwolves, é assim que escreve Velloso??? Tá certo??? Larrrrga a mão de Minnesota Timberwolves, merrrmão!!!
    Nunca foi campeão e nunca vai serrrr, diga-se de passagem!!!
    Maria Eugênia, parabéns pelo seu trabalho, garotinha!!!
    Um beijo pra Elisa, menina maravilhosa lá de Campinas, que é torcedora do Lakers!!!
    Até porrrrque, os últimos presidentes da CBF.. Um ta preso em Nova York e o outro foi BANIDO do futebol!!!!
    Eu te odeio Edu Gaspar, eu não suporrrrto você, eu emprestei chuteira pra você na época que eu joguei no Lakers, seu zé ruela!!!!
    É ou não é??? Eu dou na guéla, merrrrmão… Aqui não tem converrrrsa!!!

  • Asf 152

    A maioria dos jogadores falam isso, até pra tentar trazer alguém pra jogar com ele, aí ele fica no time, mas se ver que não tá dando certo pede pra ser trocado

  • Todo jogador fala isso até não falar.

  • Claudio R.

    Pra mim é um exemplo de jogador tanto faz, ou seja, vai fazer seus numeros, vencer alguns jogos, ir ao allstar games algumas vezes, quem sabe disputar alguns playoffs. Pra ele ganhar dinheiro e ser o “lider” do time são prioridades (ao menos é o que eu consigo interpretar das ações dele ate aqui),, brigou com o butler , fez corpo mole quando o time tinha mais possibilidades de competir, não tá nem ai pro wiggins( que é outro que não faz o minimo esforço pra evoluir). Ao final da carreira, terá tido algumas temporadas interessantes, mas é isso. Mas um bom jogador a passar pelo liga!

  • Eduardo Muniz

    Blá, blá, blá …

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    Se Kobe chamou DH12 de soft, imagina o que Butler deve ter chamado o Towns?? Daki a alguns anos ele aparece chorando e fala..rs

  • Brockbell

    Towns em Spurs ou Mavs ou… poderia ta sendo um jogador tipo Duncan, Dirk…
    Pena estar no Wolves, a franquia tem que se acertar nas decisões, e na comissão.
    Tem que insistir em Wiggins, ou pra ele jogar, ou ao menos pra valorizar e trocar-lo.
    N adianta tankar, se n tem organização.
    Acho bonito, mas se Towns ficar mais 2 ou 3 temporadas sem nem.ao menos chegar no offs ele pede troca.