Liga ACB – Eleito MVP da rodada, Marcelinho Huertas dá show e Tenerife vence Zaragoza

Por Vinicius Fernandes Batista

Chegou ao fim a 17ª rodada da temporada regular da Liga ACB 2019/20, nome oficial do campeonato espanhol de basquete masculino, com destaque para a atuação de gala do armador brasileiro Marcelinho Huertas (22 pontos e 17 assistências), que comandou o Tenerife no importante triunfo fora de casa contra o Zaragoza e foi eleito o MVP da jornada.

Além disso, o líder Real Madrid venceu o lanterna Estudiantes, o vice Barcelona perdeu, em casa, para o Bilbao, e várias marcas da atual edição da competição foram quebradas.

Confira os resultados e os destaques:

Zaragoza 99 x 111 Tenerife
Local: Pabellón Principe Felipe | Público: 10.510 espectadores
Grande triunfo dos visitantes, que perderam as duas primeiras parciais (24 x 26 e 21 x 32), mas voltaram com tudo no segundo tempo (27 x 12 e 39 x 29) para baterem dois recordes: mais pontos em um quarto e em uma única partida na temporada. A equipe aragonesa, que só tinha um revés em casa, contou com 19 pontos de Dylan Ennis (cinco bolas de três em oito lançamentos). Do lado santacrucero apareceu o MVP Marcelinho Huertas, dono de incríveis 22 pontos e 17 assistências, em 33 minutos em quadra, permitindo, com a vitória, que seu time seja cabeça-de-chave no sorteio para a Copa do Rei.

Estudiantes 72 x 87 Real Madrid
Local: WiZInk Center | Público: 13.165 espectadores
O time merengue resolveu o dérbi (com direito a recorde de público de torcedores nesta edição da Liga) ainda no primeiro tempo (22 x 19 e 31 x 11) para assumir a liderança isolada e se declarar “campeão do turno” (também chamado de “campeão de inverno”). Mesmo com derrota após o intervalo (16 x 19 e 18 x 23), continua invicto no ginásio, mesmo quando atua como visitante. Destaque para os 20 pontos de Jordan Mickey, os 100% de aproveitamento nas bolas de três de Trey Thompkins (três em três e 18 pontos ao todo) e o duplo-duplo de Nico Laprovittola (11 pontos e dez assistências). Os mandantes tiveram com maior pontuador Kenny Kadji, com 19.

Barcelona 92 x 94 Bilbao
Local: Palau Blaugrana | Público: 6.155 espectadores
O time catalão venceu os dois primeiros quartos (17 x 14 e 24 x 18), mas a equipe bilbaína fez um ótimo terceiro período (30 x 21). No último, o Barça ganhava por quatro pontos a 50 segundos do fim, mas não aproveitou. Bouteille e Lammers, pegando rebote em arremesso de três de Brown, deixaram tudo igual faltando dois segundos e meio. Na última posse de bola, Nikola Mirotic (cestinha, com 24 pontos) não evitou a prorrogação. Com 91 x 94 no placar e seis segundos por jogar, Delaney recebeu falta de Brown quando pretendia arremessar de três. O norte-americano acertou o primeiro, mas errou o segundo. Assim, lançou erradamente de propósito o terceiro para sua equipe tentar o rebote. Higgins fez o arremesso forçado, que não entrou, e o Bilbao pode comemorar a vitória e vaga na Copa do Rei.

Obradoiro 73 x 76 San Pablo Burgos
Local: Multiusos Fontes do Sar | Público: 5.134 espectadores
Os visitantes venceram os dois primeiros quartos e perderam os dois últimos, com grande atuação do cestinha Thad McFadden: 25 pontos (sete bolas certas de três em oito arremessadas). O brasileiro Vítor Benite fez dez pontos e apanhou quatro rebotes. Seu compatriota Augusto Lima somou seis pontos, dez rebotes e duas assistências. Mesmo com o triunfo e a oitava posição, o time burgalês ficou fora da Copa do Rei pelos critérios de desempate, já que o Málaga, time-sede, acabou fora do G-8. Mike Daum, com 17 pontos, foi o maior pontuador da equipe galega.

Murcia 82 x 74 Unicaja Málaga
Local: Palacio de Deportes de Murcia | Público: 5.014 espectadores
Após empate ao final do primeiro tempo (39 x 39), o time da casa venceu os dois quartos seguintes, deixou a lanterna da competição e impediu que os malaguenhos ficassem no G-8. Destaque para os 27 pontos do cestinha Jarell Eddie (13 arremessos de três e sete acertos). Seu companheiro, o brasileiro Rafa Luz, conseguiu três pontos, dois rebotes e duas assistências, em 20 minutos em quadra. Quem mais pontuou na equipe visitante foi Darío Brizuela: 17.

Manresa 79 x 72 Andorra
Local: Pavelló Nou Congost | Público: 5.000 espectadores
Vitória de virada dos mandantes, após empatar o primeiro quarto (16 x 16) e perder o segundo (17 x 23). Na volta do intervalo, o time da província de Barcelona levou a melhor (21 x 16 e 25 x 17), com destaque para os 14 pontos do cestinha Luke Nelson. Mesmo com a derrota, os visitantes conseguiram vaga na Copa do Rei e Dejan Musli anotou um duplo-duplo (12 pontos e dez rebotes).

Gran Canaria 72 x 89 Baskonia
Local: Gran Canaria Arena | Público: 6.083 espectadores
Triunfo de virada dos visitantes (25 x 28, 18 x 16, 25 x 11 e 21 x 17), resolvido no terceiro quarto. Cinco jogadores da equipe de Vitoria-Gasteiz anotaram mais de dez pontos: o cestinha Ilimane Diop (16), Shavon Shields (15), Tornike Shengelia (13), Pierria Henry (12) e Nik Stauskas (11). Ioannis Bourousis e John Shuma fizeram 12 pontos para os mandantes.

Valencia 100 x 70 Joventut Badalona
Local: Pabellón Fuente de San Luis | Público: 7.290 espectadores
Fácil vitória valenciana, com folga em todos os quartos (21 x 16, 27 x 21, 26 x 15 e 26 x 18). Assim, classificação assegurada para a Copa do Rei, liderada pelos 13 pontos de Louis Labeyrie. Mesmo com a derrota, os visitantes, um dos lanternas do campeonato e agora donos da pior defesa, tiveram o cestinha do jogo: Karem Kanter, com 14.

Fuenlabrada 69 x 85 Betis
Local: Pabellón Fernando Martin | Público: 5.002 espectadores
O time de Sevilla venceu os quatro quartos (23 x 16, 19 x 15, 17 x 14 e 26 x 24) diante da equipe madrilenha, uma das duas piores da competição, com 14 pontos de Shayne Mitchell Whittington, um dos cestinhas da partida, ao lado de Tomás Bellas, do Fuenla.

Classificação

1º Real Madrid: 14 vitórias e três derrotas
2º Barcelona: 13 vitórias e quatro derrotas
3º Zaragoza: 12 vitórias e cinco derrotas
4º Tenerife: 11 vitórias e seis derrotas
5º Bilbao: dez vitórias e sete derrotas
6º Valencia, Andorra, San Pablo Burgos e Málaga: nove vitórias e oito derrotas
10º Baskonia, Gran Canaria, Joventut e Manresa: oito vitórias e nove derrotas
14º Obradoiro: sete vitórias e dez derrotas
15º Betis e Murcia: cinco vitórias e 12 derrotas
17º Fuenlabrada e Estudiantes: quatro vitórias e 13 derrotas

Em sorteio já realizado, a Copa do Rei que acontecerá na cidade de Málaga entre os dias 13 e 16 de fevereiro de 2020, terá os seguintes confrontos na primeira fase: Real Madrid x Bilbao, Barcelona x Valencia, Tenerife x Andorra e Málaga x Zaragoza. Isso impede uma final pelo terceiro ano seguido entre Real e Barça, pois caso avancem se cruzarão em uma das semifinais.

Estatísticas

Melhor ataque: Barcelona = 1.542 pontos (90,7 de média)
Pior ataque: Estudiantes = 1.274 (74,9 de média)
Melhor defesa: Real Madrid = 1.275 (75 de média)
Pior defesa: Joventut Badalona = 1.478 (86,9 de média)
Melhor saldo: Real Madrid = +179
Pior saldo: Estudiantes = -128
Mais pontos em um quarto: 39 = Tenerife
Menos pontos em um quarto: 2 = Andorra
Mais pontos em um jogo: 111 = Tenerife
Menos pontos em um jogo: 60 = Málaga e Andorra
Maior diferença de pontos: 32 = Zaragoza 96 x 64 Obradoiro (2ª rodada) e Barcelona 103 x 71 Tenerife (11ª rodada)
Maior público: 13.165 = Estudiantes 72 x 87 Real Madrid (17ª rodada)
Menor público: 3.530 = Andorra 79 x 69 Fuenlabrada (2ª rodada)
Maior pontuador em um só jogo: 35 = Klemen Prepelic (Joventut Badalona)
Cestinha: Klemen Prepelic (Joventut Badalona) = 367 pontos (21,6 de média)
Melhor reboteiro: Alen Omic (Joventut Badalona) = 147 (8,6 de média)
Melhor assistente: Marcelinho Huertas (Tenerife) = 134 (7,9 de média)

Próxima rodada

18/01 (sábado) – Tenerife x Estudiantes, Zaragoza x Gran Canaria, Betis x Málaga e San Pablo Burgos x Joventut Badalona
19/01 (domingo) – Fuenlabrada x Barcelona, Andorra x Obradoiro, Bilbao x Manresa, Real Madrid x Baskonia e Valencia x Murcia