Lillard se reúne com dono do Blazers para discutir planos da franquia

O armador Damian Lillard encontrou-se na semana passada com o proprietário do Portland Trail Blazers, Paul Allen, em uma reunião realizada sob altíssimo sigilo. De acordo com Chris Haynes, da ESPN, o astro solicitou a conversa para reafirmar seu compromisso com a única equipe que defendeu na NBA e ouvir do empresário quais são os planos da organização para os próximos anos.

O encontro aconteceu sem o conhecimento de nenhum dirigente da franquia e teria terminado com uma garantia de que os dois lados continuam dedicados em montar um time que brigue por títulos o mais rápido possível no Oregon. Esse resultado foi visto como um alívio pelo mandatário, que, segundo Haynes, temia que o principal jogador do Blazers fosse pedir para ser negociado.

A reunião, porém, não foi baseada só em perguntas de Lillard para Allen. O dono da equipe, que também comanda o Seattle Seahawks (NFL) e é um dos fundadores da Microsoft, buscou respostas sobre a instabilidade do desempenho do elenco na primeira metade da temporada. Fontes informaram à ESPN que o craque pediu um sincero voto de confiança para o treinador Terry Stotts.

Haynes apurou ainda que outro tema discutido por ambos seria a busca por reforços no mercado. O repórter Marc Stein, do jornal The New York Times, revelou que a franquia tem interesse na aquisição do pivô DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers). Outro atleta que estaria no radar é o ala Nikola Mirotic, que deverá ser negociado pelo Chicago Bulls até o início de fevereiro.

O armador de 27 anos tem contrato com a equipe do Oregon até junho de 2021 e vai receber US$115 milhões em salários no período. Desde sua chegada, em 2012, o time chegou aos playoffs em quatro oportunidades e alcançou duas semifinais de conferências (2014 e 16). Neste momento, os comandados de Stotts ocupam a sétima posição do Oeste, com 25 vitórias em 47 jogos.

Nesta temporada, Lillard integra um seleto grupo de quatro atletas que possuem médias de, pelo menos, 25.0 pontos, 4.0 rebotes e 6.0 assistências. Os outros jogadores são os astros LeBron James, Stephen Curry e James Harden.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Vitor Medson

    Hoje em dia é um dos meus jogadores favoritos. Espero que volte ao all star e que vá aos playoffs.

  • Alex Vilela #PG MVP#

    Promete uma equipe forte e cogita Deandre Jordan? É cilada Lillard kkkkk

    • Marcio

      kkkkkkk e Nikola Mirotic

  • Thiago Pinto

    O Portland tem uma situação bem complicada. Tem que arrumar uma forma de se livrar do Turner, Leonard e Harkless que tem contratos salgados pelo próximos 3 anos. Para isso tem que se livrar de escolhas de draft. Mirotic era uma boa, podia ver se com a pick o Bulls aceitaria assumir algum desses contratos…difícil, mas vai que.

    • Alex Alves

      O contrato do Turner e ridiculo rsrs.

      • Vitor Martins

        Turner é um ótimo jogador, mas quase 20 milhões pra um jogador que faz 8pts por jogo é muito insano!

        • pedrokadf

          ridiculo

    • VOLTA D’ANTONI

      Por que o Bulls com um time promissor e com Cap pra perseguir alguns FA de alto nivel nos proximos anos abriria mão dessa flexibilidade pra absorver algum contrato HORROROSO desse nivel só por ter uma pick mediocre de meio do draft? O Bulls sequer é ruim o suficiente pra ter uma pick top 5 do draft desse ou qualquer outro draft dos proximos anos

  • Situação difícil pro jogador e franquia. Um craque completamente subestimado, um dos melhores da geração e ninguém lembra que existe. Isso porque joga em um mercado apagado e em um time que depende dele e do Mccolum – não por coincidência, outro jogador extremamente subestimado.
    Não tem flexibilidade, não tem cap e não tem ativos para troca. É um time medíocre.

  • Eduardo Silva

    Lillard e John Wall tem q procurarem outros times msm, do jeito q tá n da não.

  • Sérgio Menezes

    Portland precisa de outro grande jogador para se juntar a lillard e ao Mccollum, que estão no auge da forma física e técnica. Mas para isso tem de abrir cap e se livrar das suas picks.

  • Brad

    Mesmo tendo boas atuações eu esperava algo mais impactante do Nurkic devido a sua ótima chegada no Blazers. O time tem que fazer que nem foi mostrado no artigo de times históricos do proprio blazers, ir tentar buscar bons jogadores veteranos mesclando com jovens em potencial e se livrar de contratos ridiculos que tem.

  • Olha o golpeeee

  • Diego

    Infelizmente é mais um ano no limbo pro Lillard. Não dá pra dizer que ele não tentou vencer em Portland.

  • Tulio Ronan

    O trabalho da diretoria do Blazers foi horrível pós-Aldridge. Assinou com diversos jogadores do plantel contratos absurdos, não foi ao mercado em busca de um jogador acima da média na época e engessou o cap. Agora ainda vão ter problemas para renovar com Jusuf. Sem contar, ainda, que renovaram o contrato desse GM nível “ministro do Brasil”. Vão ser aquele time de 7 ou 8 seed por muito tempo ainda.