Lonzo Ball comemora grande atuação contra o Suns: “Eu aprendo rápido”

Depois de ser dominado em sua estreia na NBA, Lonzo Ball conseguiu mostrar seu talento e potencial nesta sexta-feira. O armador do Los Angeles Lakers ficou a uma assistência de tornar-se o atleta mais jovem da história da liga a anotar um triplo-duplo, comandando a vitória do time sobre o Phoenix Suns com 29 pontos, 11 rebotes e nove assistências.

“Hoje, eu só fiz o que era preciso para vencermos. Fui mais agressivo. Arremessei apenas seis bolas no último jogo e não deu muito certo, por isso chutei mais. Sei que todos vão me criticar, não importa o que faça, então só penso em ficar mais confortável. Não vai demorar muito. Eu aprendo rápido”, afirmou o calouro, em entrevista após seu primeiro triunfo na NBA.

A evolução em termos estatísticos foi notável: Ball marcou somente três pontos e pegou nove rebotes na primeira partida como profissional, contra o Los Angeles Clippers, sofrendo com a marcação física de Patrick Beverley. O treinador Luke Walton admitiu que o comandado estava mais “solto” em quadra, mas vê exagero nos comentários negativos pela atuação inaugural.

“Eu acho que Lonzo recebeu muitas críticas até injustas por ter sido supostamente ‘destruído’ contra o Clippers. Pessoalmente, achei que ele foi bem e poderia ter saído de quadra com um duplo-duplo se tivéssemos aproveitado melhor os seus passes. Foi, de qualquer forma, uma boa experiência e aprendizado para todos nós”, avaliou o técnico, minimizando a pressão no novato.

Agora, de uma estreia trágica, Ball passa a ter três semanas para tentar quebrar um recorde de LeBron James e tornar-se o mais jovem atleta a fazer um triplo-duplo na NBA. A carreira do segundo selecionado do último draft parece ser uma montanha-russa, oscilando entre extremos, por tudo que acontece ao seu redor. Por sorte, ele já se acostumou com isso.

“Isso havia acontecido antes. Já tive estreias ruins na minha carreira. Então, estou acostumado a dar a volta por cima. Sei que todos vão me avaliar de jogo em jogo e, se jogar mal no domingo, volto a ser um bust. Mas isso não importa para mim. Minha única preocupado é entrar em quadra, fazer o meu melhor e levar meu time às vitórias”, encerrou o armador de 19 anos.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Albert Medeiros

    Esse cara vai ser mais vigiado que o LeBron nessa temporada,kkkkk

    • Will

      Faz sentido, Albert.
      As e$perança$ da liga, presentes e futuras (especialmente), têm nele uma referência.

      • Albert Medeiros

        Sim, kkkkk, na vdd torço por ele e espero que ele se torne o próximo grande jogador dos Lakers, porque não acompanhei o inicio da carreira do Kobe, não estou fazendo comparações, mas com esses jovens não vou piscar para não perder nada……

  • Marcelo Desoxi

    Não dá pra acreditar que um moleque bem educado desse jeito seja filho do LaVar, ele é muito gente boa.

    • Marcelo P. #GoLakers

      Ele n tem NADA a ver c o pai. Alias, acho q ele so faz as palhaçadas de marketing dele pq sabe que n mexe com a cabeça do Lonzo.

    • Mauro Cesar Oliveira

      o Lavar Ball ñ é uma pessoa ruim, ele é muito inteligente, ele só faz o que faz pq $abe do retorno $$$$$$$$$

  • Enzo Soares

    COMO NÃO AMAR UM HOMEM DESSES

  • Mauro Cesar Oliveira

    Lembrando que o LBJ entrou na liga mais novo !

    • Claudio R.

      Mais novo, mas com outras regras vigentes.. lembre se disso

      • Mauro Cesar Oliveira

        o que tem a ver a regra ? só estou falando que o lbj teve mais tempo ppra conseguir o triplo double que o lonzo

  • Rodrigo SMC

    29 pontos, 11 rebotes e 8 assistências no segundo jogo da carreira é uma puta marca.

    Lebron teve uma estreia de 25 pontos, 9 assistências e 6 rebotes e na segunda partida teve um duplo-duplo com 21 pontos, 12 rebotes e 8 assistências.

  • Renato

    Sou torcedor do Celtics, mas admiro muito o jogo do Ball. Acredito que será uma estrela da NBA, por enquanto tem que se acostumar com o ritmo e a fisicalidade do jogo.

  • “KOBE” -Thank You Kyrie.

    Com o Lonzo ñ tem o q se preocupar, em questão de influência do pai (já com o LaMelo.. aí é outra história). Ele realmente precisava ser mais agressivo, como ele msmo disse.
    Acho q o primeiro jogo, e a marcação do Beverley, contribuíram para ele ser bastante apático contra o Clippers.
    Só q, esse Lakers vai precisar fazer alguns movimentos para trazer um scorer de perímetro para ajudar o Lonzo, caso o KCP ñ funcione. Para expandir a quadra para ele jogar, é um caso parecido com o do LBJ, vc aumenta o potencial de jogo dele expandindo a quadra com shooters, por causa de sua habilidade de passe.
    Novamente, é bom observar o jogo de amanhã contra o Pelicans. É uma equipe q joga com 2 jogadores de garrafão, e terá uma defesa mais fechada no garrafão do q a do Suns.

    • Tárcio

      O Magic acha que o Ingram será esse Scorer .
      Eu também confio nele, mas ele ainda tem muitoooo a desenvolver!

      • “KOBE” -Thank You Kyrie.

        O caso do Ingram é meio complicado, pq ele ainda ñ aguenta mt o jogo físico! Esse cara precisa ganhar mais massa muscular (mais ou menos no estilo do Kevin Durant), para aguentar isto.
        Acho q ele só atinge seu completo potencial, aprendendo a ter um jogo mais físico. Esse cara tem potencial para ser mt versátil, jogando até de pivô como faz o Durant, mas ele precisa ganhar mais massa muscular. Evoluiu mt pouco nisto

        • Tárcio

          Ele ja ta mais forte.
          Entrou parecia um grilo. ta desenvolvendo aos poucos. Acho que se exagerar fica propenso a lesões.
          Tem que se notar a idade também , ele tem a idade parecida com o Lonzo, entrou muito jovem

        • Vi duas “entrevistas” do LaMello e ele já despertou minha antipatia. Além da presunção, os excessos do pai parece que já o afetam na quadra. Vi dois jogos onde ele tinha companheiros livres mas preferiu tentar um game winner quase do meio da quadra. Já o irmão do meio me parece discreto como o Lonzo, embora seja o jogador menos talentoso da família.

          • “KOBE” -Thank You Kyrie.

            Esse nem é o grande problema. O Lavar Ball tirou o garoto do High School (ele estudava em Chino Hills, como aconteceu com os outros 2 irmãos.). Ele agora vai treinar e estudar EM CASA. O próprio Lavar vai orientar ele.
            Houve desavenças entre o Lavar e o técnico de Chino Hills, aí aconteceu isso. LaMelo ainda tem 16 anos, isso significa q ele terá no mínimo 2 anos ainda para chegar na NCAA. Isso é bem grave!
            Eu já vi alguns vídeos dele tbem. Ele parece ter um ego bem grande em quadra.

          • Já vi entrevistas e documentários dizendo que o basquete high school hoje é mera formalidade, o que pesa mesmo na seleção dos prospectos são os desempenhos na liga amadora, a AAU. Talvez LaVar irá priorizar isso. Entretanto, o prejuízo ainda é grande, frequentando a escola e tendo contato diários com seus colegas de time ajudaria o desenvolvimento de relacionamento pessoal do garoto. Além de que como você disse, ele tem apenas 16, está pulando uma etapa da vida, deixando de conviver com jovens de sua idade por frescura do pai.

  • Tárcio

    A verdade é que o Lakers acumulou bons jogadores nos últimos 3 drafts, mas os melhores da turma sempre iam pra outro time… KAT, Wiggins, Porzingão, Bem Simmons, Embiid.
    Ingram é muito cru, mas pode ser tão bom quanto, ou melhor que esses.
    Mas esse ano, o Lakers, na minha opinião se deu melhor.
    Celtics e Sixers ainda irão se arrepender de não terem confiando do Lonzo.

    Esse Recorde cai ainda em Outubro.

    • Gabriel S Monteiro

      Ingram pode ser melhor? Você vê NBA?

      KAT é indiscutível, o restante da sua lista só quem tem que provar algo é Simmons, e Embiid se mantiver a saúde em dia sabemos que pode ser o 5 mais dominante da NBA em muitos anos.

      Wiggins é jogador dos de mais de 20 pontos, me desculpe, mas no melhor cenário possivel no futuro pro Ingram eu não vejo ele jogando no nível dessa galare tãããão cedo!

      Calma lá né.
      Gosto do estilo de jogo do Ball, mas me desculpe ele fez chover contra um time tão fraco quanto o Lakers, então calma, a atuação foi excelente, mas calma, como não podemos analisar por só dois jogos.

      • Tárcio

        Ingram tá jogando bem, melhorando com o tempo!
        Ele entrou cru de mais na liga!

        Vejo dos últimos drafts, KAT e Simmons com mais qualidade que os outros, no mais, o Ingram tem qualidade pra bater com qualquer um,

  • Tá ficando difícil odiar esse garoto, mesmo com o pai que tem.