Lonzo Ball pode ser utilizado como moeda de troca pelo Pelicans

A passagem de Lonzo Ball pelo New Orleans Pelicans pode revelar-se bem mais breve do que o imaginado. De acordo com o comentarista Jay Williams, da ESPN, a franquia da Louisiana já estuda a possibilidade de disponibilizar o jovem armador para trocas na offseason. Ele acaba de disputar sua primeira temporada pelo time, após ter sido adquirido como parte da negociação do astro Anthony Davis.

As especulações foram impulsionadas pelas atuações abaixo da crítica do titular ao longo da retomada da temporada, na “bolha”. E, na verdade, a mudança pode ser de interesse mútuo. O repórter Sam Amick, do site The Athletic, apurou que várias pessoas dentro da organização acreditam que o jogador de 22 anos apresentou-se fora de forma e teve postura muito descomprometida com a equipe, em Orlando.

Outra preocupação do Pelicans diz respeito à situação contratual de Ball, que passa a ser elegível para uma extensão nos próximos meses. Embora sua capacidade de passe e defesa sejam elogiadas internamente, seu aproveitamento de arremessos de quadra (só 40.3%) e lances livres (56.6%) criam dúvidas entre dirigentes da equipe sobre o valor adequado de um segundo contrato do atleta.

O armador encerrou sua temporada de estreia com o Pelicans registrando médias de 11.8 pontos, 6.1 rebotes e 7.0 assistências, além de uma substancial melhora na conversão de tiros de longa distância (37.5%). Na “bolha”, porém, Ball foi um reflexo da campanha decepcionante do time: acumulou 7.1 pontos, 5.0 rebotes e 6.6 assistências, com apenas 30.5% de acerto nos arremessos de quadra.