Luke Walton: “Julius Randle tem que estar no radar de todas as franquias”

Para técnico do Lakers, ala-pivô não terá dificuldades para achar novo time se não ficar em Los Angeles

Os planos de grandeza do Los Angeles Lakers nunca pareceram incluir o ala-pivô Julius Randle. Ele sempre foi apontado como um dos jogadores de quem a equipe estaria disposta a desfazer-se para “sonhar” com reforços como LeBron James e Paul George. No entanto, as excelentes atuações nesta temporada transformaram o jovem de “descartável” em um dos nomes mais badalados da próxima offseason.

“Eu não conversei com muitos técnicos sobre Julius, mas, jogando nesse nível, ele tem que estar no radar de todas as franquias da liga. O garoto vem mostrando um basquete inacreditável. Sua versatilidade tornou-o um matchup aterrorizante para outros times. Imagino que a maioria deles estão muito impressionados com o seu desempenho”, afirmou o treinador do Lakers, Luke Walton, em entrevista à ESPN.

Randle, de fato, teve uma das ascensões mais expressivas da NBA recentemente. Após iniciar a temporada na reserva do Lakers, o atleta de 23 anos agora lidera a equipe em médias de pontos (16.2), rebotes (8.0) e conversão de arremessos de quadra entre os jogadores de rotação (56.6%). Ver o crescimento do comandado ao longo da campanha é considerada por Walton como uma vitória pessoal.

“A gente só motiva quem acredita. Eu desafio Julius mais duro do que qualquer um nesse time. Ele não reagiu bem no começo e acabou se retraindo, mas, conforme nossa relação foi crescendo e um laço de confiança se criou, ele vem conseguindo lidar com essa cobrança e as expectativas cada vez melhor”, contou o ex-jogador, que já admitiu tratar jovens como Lonzo Ball com mais “leveza” do que Randle.

O Lakers tem um bom dilema nas mãos agora, às vésperas do ala-pivô tornar-se agente livre restrito. Segundo Bobby Marks, da ESPN, o jovem poderá conseguir propostas contratuais que giram na faixa dos US$15 milhões anuais no mercado. Será que os angelinos abrirão mão dele? Walton não sabe, mas assegura que vai seguir torcendo por seu sucesso se o destino levá-lo para uma outra franquia.

“Se Julius não receber uma extensão do Lakers, que vá para outra equipe e prove que cometemos um erro. Prove que erramos. Jogue com essa motivação. Use tudo o que acontece em sua vida, um contrato ou as pessoas que não acreditam em seu talento, como uma razão a mais para melhorar. Seja conosco, seja em outro lugar”, finalizou o técnico, tão incerto quanto qualquer torcedor sobre o futuro de Randle.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Rafael Victor

    Tá jogando muito nessa temporada (na real, sempre foi bom jogador), tomara que o basquete que vem demostrando não desapareça com a assinatura de um novo contrato!

  • Evandro

    Vai cair no colo dos Nets..rs
    Lakers tem que tentar renovar o contrato do garoto, pois é jovem e está pronto!! Vem sendo o líder do Lakers nesta retomada e não sei se este time atual convenceria LJ e PG a assinarem com Lakers, ainda mais abrindo mão do melhor jogador do elenco…LJ hj está muito mais para o 76 ears e Rockets do que para um Lakers capenga…ainda existe a possibilidade remota do Cavs fazer um rebulie com esta pick e outros jogadores e acrescentar um all star tipo D.Jordan o que poderia manter o LJ por mais uma temporada….

    • Vince Mendes

      o problema que o Lakers ta tentando usar o menos cap possivel pra trazer grandes jogadores ai iria ferrar dar um contrato grande

      • Evandro

        Problema é nao conseguir adquirir os Ali stars e perder as escolhas já jogando em bom nível…este é o grande dilema do Lakers…Nao acredito que o atual time atraia um all star, mesmo PG que supostamente está apalavrado…nao acredito que logo ele que saiu do Indiana para tentar disputar um anel vai para uma franquia pior que a do Indiana…PG não carregará o atual Lakers nem a aos offs, principalmente sem o Randle

  • Ricardo Stabolito está de brincadeira, certeza que ele não torce para os Lakers, caso contrário não diria que esse é um bom dilema, hahaha. Esse é um dilema muito ruim porque a amostra que o Randle deu jogando nesse nível é muito curta. Pós all star ele tem médias de 20 pontos e 9 rebotes, antes disso foram duas temporadas e meia sendo um boi trombador mediano, não dá para dizer que ele evoluiu e esse é seu novo nível ou se é apenas uma boa fase, o que não é raro se tratando de contratos expirantes, quantas vezes já vimos um expirante jogando bem se valorizando, ganhando um contrato caro e depois voltando a ser no máximo mediano? Por outro lado temo o Lakers não renovar e o Randle virar um Oladipo da vida jogando em outro lugar, imagem no ano que vem ele jogando pelos Nets e sendo selecionado all star, seria trágico para o torcedor dos Lakers.

    • Ricardo Stabolito Junior

      Não sou torcedor do Lakers, não. Sou Magic. Acho que todo mundo sabe.

      Esse “bom” dilema saiu na força do hábito. Achei que tinha tirado. Mas o dilema podia ser muito pior, cara. Ruim mesmo foi o Cavaliers, por exemplo, que precisou pagar o olho da cara para Tristan Thompson e J.R. Smith porque não tinha CAP para repor, se saíssem.

      • Vendo dessa forma poderia ser pior mesmo hahahaha.

      • Llipe LeDrain

        Esse caso do T.T foi trágico demais mesmo kkkkkk.

  • Marcelo Desoxi

    Você não me engana, Julius Randle.

  • Doug

    Cara, ele é bom jogador sim, porém, aparenta gênio difícil…desde o início demonstrou isso…o fato de já há algum tempo os Lakers estarem dispostos a passá-lo não é bom indicativo…

  • João Víctor Matos

    Comentário massa valorizando ele. Agora quando ele pedir 25 milhoes por ano não reclame rs. Como ele é restrito o ideal é oferecer ums 16 milhoes e caso ele queira mais apenas esperar e cobrir o que oferecerem desde que nao passe dos 20 milhoes.

  • dirct

    Belo incentivo “Olha ai times da liga o cara é bom e se eu fosse vcs mandaria muita coisa pra nós por ele”, Randle é um jogador ok e não vai passar disso, tem muito físico mas tem um QI bem pequeno, é um jogador de força mas que acha que é técnico e vive querendo correr com a bola e tomando tocos ou cometendo TO por tentar fazer coisas que ele não sabe.

    O dia que ele tiver um técnico de verdade que disser que ele tem que fazer o serviço sujo no garrafão e ficar o menos tempo possível com a bola na mão ele dará um bom salto.

    • João Víctor Matos

      O cara além de aumentar ainda mais o ego do cara, ainda expõe a “mercadoria” pra concorrência… Burrice demais. Era melhor ficar quieto e elogiar depois do contrato feito.

      • dirct

        Exato, fica quieto, renova por pouco e depois elogia pra valorizar em uma futura troca, com essas declarações o Randle vai achar que é allstar e vai querer salario igual na hora de renovar.

  • KleineBosch

    Devia ir pro Nets, eles estão desesperados por jogadores jovens que tem potencial. Não que Julius Randle tenha tanto potencial, mas ele ainda pode evoluir e se acertar. Seria um bom reforço para Brooklyn e cap space é o que o Nets mais tem.

    • Gustavo

      Já não tem mais tanto. Pro ano que vem já são 88 comprometidos com 10 jogadores. Sobra uns 10/12 no máximo.
      Crabbe, Mozgov e Carrol tem contratos pesados.

      • KleineBosch

        Sério? Faz tempo que não vejo o cap space do Nets então, na última vez que vi eles tinham espaço pra caramba.

  • Alex Alves

    Deve fazer seus 20 pontinhos, e se quiser um bom defensor.

    Porem com toda certeza vai pedir uns 20, 22 milhoes para renovar.

  • Glauber Oliveira

    Se topar 15kk por temporada caberia em vários times.. nets.. suns…magic

    • samuel pereira

      e vdd no magic entao que paga uma fortuna para o byombo fica na reserva do vucevic seria interessante,mais nao sei acho que vai depende muito do draft antes disso sera so especulacoes depois que o mercado esquenta pra vale!!

    • Rafael lima

      SUNS :
      Elfrid Payton – Devin Booker – Josh Jackson –
      JULIUS RANDLE – DeAndre Ayton .

      NETS :
      SPENCER DINWIDDIE – D’ANGELO RUSSELL –
      CARIS LEVERT – JULIUS RANDLE – JARRETT ALLEN .

  • Diego Costa

    Contrato do Randle vai ser salgadissimo, com o mercado inflado dessa maneira e ele jogando esse basquete com essa idade, é de se esperar algo em torno de 18-20m .

    • Gustavo

      O mercado já desinflou, os times estão com CAP estourando, e ninguém esta mais afim de fazer loucuras. Não vejo qualquer time oferecendo mais que 48/4 pro Randle.

      • Tárcio

        Por esse preço, pode ter certeza que ele continua no Lakers.

        • Gustavo

          Acho que o Lakers tem que usar a mesma tática que o Mavs usou com o Noel. Oferece um contrato tranquilo como esse e espera o mercado se manifestar pra ver se vale cobrir. Talvez tenha exagerado em 48/4, mas de 48/3 realmente acho difícil passar.

          • Tárcio

            Acho que o Lakers vai garantir ele no inicio, reservando os 12 mi de CAP.
            Anistiando o Deng, ainda sobram 62 mi pra tentar contratar duas estrelas.
            50/3 realmente deve ser perto disso, começando em +-15. Ai dependendo dos movimentos, ele pode até fechar por mais.

            Randle é o único Laker que jogou com Kobe, ele literalmente roeu o osso nas piores temporadas da história da franquia, e não acredito que tenha tanta vontade assim de sair na hora de comer o filé [se o time realmente contratar dois astros e virar candidato ao título].

      • Diego Costa

        Impossível cravar que alguém não quer mais fazer loucuras. O Knicks e o blazers com os contratos ridículos talvez não, o resto é uma eterna dúvida. E 48-4 é muito pouco comparado aos absurdos que temos. Estamos falando de alguém de 23 anos, na sua melhor fase. Menos de 16mi eu não acredito.

  • Daniel

    Seria importante q ele permanecesse e LA, poderia formar um big three interessante com outras duas estrelas como PG,LBJ ou DMC.

    • Jean Brazuna

      Bib Three com Randle, não é Big Three! com todo respeito, ele tem talento, evoluiu bem, mas ainda falta, para se estabelecer como estrela!

      • Tárcio

        Tirando o GSW, que tem um BIG4, qual o grande BIG3 hoje da liga?
        E dentro destes, qual a terceira peça[o mais fraco] tão melhor que o Randle?
        No Wolves é o Wiggins, talvez seja a melhor opção.
        No OKC, Carmelo é uma ex-estrela, quase ex-jogador em atividade.
        No Rockets, Capela é esse jogador.
        No Boston, serão Brown e/ou Tatum, jogadores ainda muito novos.
        No Cavs não existe mais um terceiro grande jogador.
        No Raptors, seria o Ibaka?

        • Jean Brazuna

          Então amigo, nesses casos que você citou, o Boston tem 3 all stars, mas mesmo assim que é o Horford, mas mesmo assim, no caso de não ter jogador a nível all star, o que ocorre ao meu ver, é que não tem Big Three, o que é normal, não é uma obrigação, o que não pode é forçar um Big Three sem ter jogadores com calibre para tal, ao meu ver, Big Three tem que ser formação de all-stars, qualquer coisa além disso, é formar um pouco a barra, ao meu ver.

          • Tárcio

            Isso que quis dizer.
            Tirando o GSW não temos BIG3 de verdade hoje na liga.
            Nem Celtics, nem Rockets, nem Cavs, nem Raptors, nem Wolves, e nem mesmo o OKC que deveria ter. Mesmo esses times sendo fortes.
            Então, o Randle pode fazer parte de um ótimo time permanecendo em um Lakers que contrate duas estrelas, e ainda acrescento que ele seria o quarto jogador, pois o Ingram vem evoluindo muito e hoje é o principal jogador do time.

  • Marcos Gordinho

    Têm algo de podre no reino da Dinamarca. Entendo técnicos que elogiam seus atletas, mas definir até valores que serão projetados pelo mercado foi mal Walton. Randle está em uma equipe sem pressões, com muitos jovens a desenvolver e sem apelo do draft para justificar tank declarado. Então é isso, hora de valorizar peças para futuras trocas ou pesar no saldo salarial dos concorrentes.

  • Marcos Oliveira

    40 mi por 3 anos e vem ser feliz em OKC

  • CorreBerg

    Não reclame se ele pedir um contrato absurdo então.

  • Guilherme Petros

    Discurso do Luke Walton tem aquele cheirinho de que o Lakers ainda quer negociar o cara, mas ele não quer baixar a bola do seu comandado.