Marcus Smart e dois atletas do Lakers testam positivo para coronavírus

A NBA contabilizou três novos casos de coronavírus entre os seus jogadores nessa quinta-feira. De acordo com Shams Charania, do portal The Athletic, um dos atletas do Boston Celtics e dois integrantes do elenco do Los Angeles Lakers receberam resultados positivos para o COVID-19 nas últimas horas. O armador Marcus Smart confirmou que é o infectado da equipe de Massachussets.

“Eu realizei o teste faz cinco dias e os resultados chegaram. Deu positivo. Já estou em quarentena autoimposta desde que fiz o exame, graças a Deus! O COVID-19 é um problema que precisa ser tratado com o mais alto grau de seriedade. Sei que a prioridade das nações é a saúde e precisamos conseguir mais testes o mais rápido possível”, afirmou o candidato a melhor defensor da temporada.

Smart, como o resto do elenco do Celtics, já estava em isolamento desde que os primeiros casos de coronavírus foram confirmados na NBA. A equipe de Boston havia sido um dos adversários mais recentes do Utah Jazz, que teve dois atletas infectados. A divulgação do resultado positivo do teste do astro Rudy Gobert foi ponto de partida para a suspensão da temporada.

O Lakers fez testes em todos os integrantes de seu elenco no começo da semana, depois que o Brooklyn Nets revelou ter diagnostico quatro casos de jogadores contaminados. Os angelinos haviam sido um dos últimos oponentes do time nova-iorquino antes da parada da liga. Os nomes dos dois atletas não foram revelados, mas sabe-se que não se trata do ala Jared Dudley e do pivô JaVale McGee.

Com esses três novos casos notificados, a NBA passa a ter dez atletas confirmados como portadores do coronavírus. Gobert, Donovan Mitchell, Christian Wood, Kevin Durant e Smart são os atletas que tiveram seus nomes revelados ou revelaram que estão nesse grupo.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.