“Marcus Smart e Patrick Beverley lembram a mim mesmo”, elogia Gary Payton

Gary Payton é uma das referências históricas da NBA quando o assunto é armadores defensivos. O ídolo do Seattle Supersonics foi o último atleta de armação a ser eleito melhor defensor da liga, em 1996. Na condição de um dos maiores marcadores que o basquete já viu, ele consegue enxergar sua tenacidade e atitude em dois titulares de destaque da liga atualmente. 

“Há dois jogadores em que vejo-me na NBA de hoje: Marcus Smart e Patrick Beverley lembram a mim mesmo. Eles vão atrás de você em quadra, são implacáveis na defesa. Patrick é um pouco diferente porque não tem um jogo ofensivo tão bom quanto o meu, mas Marcus está virando um bom pontuador. Mas, de qualquer forma, ambos lembram minha postura como marcador”, opinou o ex-astro, em entrevista ao site HoopsHype. 

Smart tem sido indicado como um dos fortes candidatos ao troféu de melhor defensor da atual temporada, podendo suceder Payton como armador a ser premiado pela NBA. Já Beverley possui outra característica em comum, além da excelência defensiva, com o ex-jogador: o temperamento provocador e falastrão, adepto ao trash talk e que não foge de confusões em quadra. 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.