Marcus Smart expõe falta de união no Celtics: “Não estamos jogando juntos”

A temporada regular está entrando na reta final, mas os constantes altos e baixos da campanha do Boston Celtics não param. A equipe sofreu uma de suas piores derrotas nesta terça-feira, sendo superado pelo Toronto Raptors por 23 pontos de vantagem. O armador Marcus Smart crê haver, pelo menos, uma importante diferença entre o atual time e aqueles que surpreenderam em anos anteriores.

“Nós não estamos jogando juntos. Pura e simplesmente isso. Existem conversas e até entendimento aqui, mas precisamos continuar trabalhando para sermos mais unidos. Se estivéssemos mais unidos, derrotas assim não aconteceriam. Não me espanta, por isso, que estejamos nessa posição. É um problema que podemos e temos que resolver”, desabafou o reserva, após a incontestável derrota.

O Celtics até teve um ótimo início de jogo e fez primeiro quarto competitivo contra o Raptors, saindo com a vitória parcial por 32 a 30. No período seguinte, porém, o time tomou uma sequência de 18 pontos sem resposta e viu a partida escapar das mãos. Para o técnico Brad Stevens, o resultado fez jus aos desempenhos das duas equipes e o adversário canadense, no fim das contas, foi soberano.   

“Eu acho que fomos superados em todos os aspectos hoje. Não quero desmerecer a atuação de Toronto, mas não fiquei contente com o nosso rendimento. A verdade é que não temos sido sólidos defensivamente e não podemos atuar assim. Sabemos marcar, mas, por algum motivo, estamos em busca dos caminhos mais fáceis em quadra – e Toronto expôs totalmente isso”, admitiu o jovem treinador.

Após a sequência de 18 pontos do Raptors, o Celtics nunca voltou a ficar menos do que quatro posses de bola atrás no marcador. “Por alguma razão, nós não estamos lutando. Não conseguimos reagir em uma intensidade que já exibimos no passado. Isso já havia acontecido em Chicago e novamente agora. As coisas acontecem e não conseguimos nos recuperar”, alertou o pivô Al Horford.

A temporada começou com a franquia de Boston sendo considerada ampla favorita à conquista do título do Leste, depois de ter ficado a uma vitória de chegar às finais da liga no ano passado. A realidade atual apresenta um panorama muito diferente: o time só ocupa a quinta posição da conferência. A situação está bem longe de ser agradável, mas, apesar dos pesares, Smart mantém o otimismo.

“A particularidade sobre a NBA é que precisamos ter uma memória curta. Um jogo termina e o foco já tem que estar em ficar preparado para o próximo, em 24 ou 48 horas. Todos somos jogadores profissionais e existe muito talento nesse elenco. Eu sei do potencial que possuímos. É somente questão de tempo até que tudo comece a funcionar”, garantiu o confiante armador, prevendo dias melhores no Celtics.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Shinobu Sensui

    O problema é o paneleiro Kyrie Irving, que joga pra si mesmo.

    • Rafael L

      Paneleiro? Kkkk….N é Lebron n, rpz!

  • Jefferson Cavalcanti

    Esse Celtics é um verdadeiro Marea Turbo 2.0. Qualquer hora, explode.

    Não é a primeira, segunda e nem a terceira vez que um jogador demonstra insatisfação via imprensa com a falta de união da equipe. Todos os jogadores sentem que estão abrindo mão de alguma coisa (Tatum, Irving, Brown, Rozier etc.) Todos dão menos arremessos e possuem menos minutos do que gostariam. A única coisa que poderia segurar isso é um título ou uma final da NBA disputadíssima contra o Golden State Warriors. Só as vitorias “curam” este problema

    Tudo bem um jogador ganhar menos dinheiro, jogar menos minutos ou fazer menos pontos se o time está ganhando. Fica uma situação difícil até de reclamar. Parece mimo ou egoísmo. Não é por acaso que após qualquer derrota do Celtics vem algum jogador e joga uma merda no ventilador.

    É até estranho falar isso: mas o Celtics PRECISA ter menos jogadores bons no elenco. Trocar dois garotos com potencial mais dois role players por uma super estrela da liga. Se não vai ficar toda vez essa insatisfação.

    Imagino que os jovens jogadores não veem a hora de Irving ir embora (Hayward será que tá nesse barco?), E Irving, se não for embora, vai bater o pé pro time montar um pacote e enviar para NO.

    • Beto cargnin

      “Esse Celtics é um verdadeiro Marea Turbo 2.0. Qualquer hora, explode”. Botaria nesse pacote o Tempra turbo e o Astra 16v também. Kkkkkk

      • Marcos Gordinho

        Posso acrescentar o Siena 1.0, 6 marchas???

    • Vitor Martins

      “mas o Celtics PRECISA ter menos jogadores bons no elenco” Acho que o Celtics é hoje o maior exemplo de “time de videogame”. Quantas vezes não vemos comentários (menos ou mais lunáticos) de “é só contratar Ciclano, Fulano, abrir cap infinito e selecionar o Beltrano no Draft. Pronto. No mínimo final de conferência pega”? Eu não sei ainda se eles precisam ser piores, mas inegavelmente Stevens parece render mais com “trabalhadores” e não com estrelas hoje. É um técnico novo, tende a ficar melhor com o tempo, a saber melhor a trabalhar com elencos recheados, mas química importa muito, não basta apenas mover peças. Um GM tem que ser cobra (como o Ainge é), mas tem que ter um lado humano também, tem que saber entender as necessidades dos seus jogadores. É uma situação bem complexa.

  • Joel

    Aí você a minutagem de cada time, no Raptors nego jogando quase 40 min, no Celtics ninguém passa de 27. Esse técnico tá perdidaço, essa é a verdade. Com material pra trabalhar ele se atrapalha. Isso explica o sucesso com as lesões temporada passada, e o atual fracasso com todo mundo a disposição.

    Ele não sabe ver se um jogador tá “quente” no jogo, pra deixar mais, ou se tá frio pra tirar. Ele define quantos minutos o nego vai jogar, e vai ser aquilo, independente de qualquer coisa que acontece.

    E isso é só um dos problemas! Falta de união, jogo coletivo … isso aí todo mundo tá vendo.

    • Alex Alves

      Tem isso também ao meu ver o time ideal é Irving, Smart, Tatum, Morris e Horford para ser um time mais cascudo na defesa.

      * Mas para funcionar precisa diminuir os minutos de Rozier, Brown e Hayward coisa que ele não faz.

      • Guilherme

        Smart é ótimo defensivamente mas sempre contribuiu vindo do banco. Ofensivamente é um dos piores jogadores que eu já vi jogar nos Celtics. Por mim Brown voltaria a ser titular pra ontem, os números dele mostram uma evolução nos últimos jogos, tirando essa última sequência, onde basicamente ninguém foi bem.

      • Celtics pride

        Ontem tomamos uma saraivada no 2/4 e Tatum Irving e AH no banco assistindo, ele tem que pensar melhor nessas rotações principalmente quando o time oscila em algumas partes da partida o time fica perdido

        • Joel

          O time oscila por causa das rotações sem noção dele!

          • Celtics pride

            Bota sem noção nisso tipo ontem jogar o calouro no último quarto e deixar Morris fazendo merda quase o jogo inteiro

  • Bruno Dantas

    Ainda acredito que o Celtics vai se acertar antes dos playoffs. Kyrie Irving parece está usando a mesma estratégia que Lebron usava no Cavs. Se poupar na regular pra vim com tudo nos playoffs.

  • Alex Alves

    Eu realmente não entendo o time coletivamente sem o Irving é infinitamente melhor, porem sem ele o time não vai longe no offs.

    • Cavs&KingJamesaondeestiver

      temporada passada foi até as finais, nesta temporada se terminar na quinta posição sem mando de quadra pegando o 76 na primeira fase acho bem dificil passar.

    • Marcos Gordinho

      Isso se chama BOICOTE A IRVING!!! ACORDEMMMM!!!

  • Playoffs Neném

    Fora Kyrie! Não adianta ele ser superstar, se o time consegue jogar pior com ele. Não houve mudanças no plantel e o time joga muito pior q o ano passado.

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    Boston esta madurinho para cair na primeira fase dos offs e perder Irving de gratis, podem ganhar o Thomas de volta por um salário baixo como consolo e na minha opinião a torcida Celta iria vibrar muito com isso.

    • Marcos Gordinho

      Seria uma justiça poética. Mas Ainge não conseguirá isso.

    • Thiago Gonzaga

      Thomas nunca voltaria para o Celtics.

  • Bruno Macedo

    Os cara consegue ser banco do smart e ainda jogam com preguiça por birrinha de estar no banco, o que dizem ser o novo PP só quer ficar dando entrevista falando que vai ganhar isso e aquilo, kyrie vive falando de FA, técnico mais perdido que cego em tiroteio kkkk, o time que parecia mais perto de ganhar o leste, hoje é o mais bagunçado, Stevens parece ser aquele técnico que em time fraco ele faz milagre e quando tem um time forte não consegue fazer render, parece até os técnicos novatos do futebol brasileiro.
    Quando um torcedor do Celtics falou ano passado antes de infrentar o lebron, que o leste tinha um novo dono, eu dei risada e ele falou um monte de coisas e vimos o lebron pisotear mais uma vez, aí acabou a série e falaram a ano que vem já era, aí o lebron sai e mesmo assim eles (até o momento) não conseguem ser os donos do leste.
    O legal da NBA é isso mesmo, não é uma ciência exata, na regular principalmente, tem muitas surpresas.

  • Celso Cachali Jr

    Smart Não pode falar nada… E o jogador mais ridículo do nosso elenco. Falam que ele é a alma deste elenco. Deus me livre se ele é a alma estamos ferrados. Jogador fraco, acha que é especialista em arremesso, mas é especialista em tijolada. Não arremessa, não dá assistência, falam de sua defesa, mas nao tenho visto muita coisa na sua defesa.
    Irving e outro que tem que ir embora, jogador fraco de cabeça, não será líder em lugar nenhum. Qualidade dele não se discuti, mas o time joga horrivelmente com ele.
    Pessoal tem memória curta, time na maos de Tatum e Brown nos playoffs quase nos levaram as finais em suas primeira pós temporada, estamos regridindo os garotos que quase nos levaram as finais.