Mavericks “apaga” fiasco de 2015 e acerta contratação de DeAndre Jordan

DeAndre Jordan é o novo reforço do Dallas Mavericks. E, agora, parece que é para valer mesmo! Segundo Marc Stein, do jornal The New York Times, a equipe texana fechou um acordo que renderá US$24.1 milhões ao experiente pivô até o término da próxima temporada. A contratação vai ser oficializada e divulgada na próxima sexta-feira, quando termina o período de moratória da NBA.

O jogador de 29 anos era a declarada primeira opção da franquia para reforçar sua rotação de garrafão e, nos últimos dias, os executivos do time tentaram assegurar a contratação por meio de uma troca com o Los Angeles Clippers. Em sua conta no twitter, ele confirmou o acerto verbal para seus seguidores com a (simpática) postagem de um cowboy sorrindo.

O acordo também simboliza o perdão do time ao constrangedor episódio que ambos protagonizaram em 2015. Jordan, na época, chegou a estar verbalmente fechado com o Mavs como agente livre e voltou atrás após uma comitiva do Clippers fazê-lo assinar uma extensão contratual trancado em casa. A situação transformou-o em uma persona non grata entre os torcedores de Dallas.

Para viabilizar a contratação do pivô, a franquia realizou uma série de movimentos paralelos com fins financeiros: precisou abrir mão dos direitos sobre dois de seus agentes livres (o ala Doug McDermott e o pivô Salah Mejri) e também teria um acordo verbal para rescindir o atual vínculo com o ídolo Dirk Nowitzki e assinar um novo contrato, em termos salariais menos custosos.

Considerado um dos mais produtivos jogadores de garrafão da liga, Jordan possui duas eleições para o quinteto ideal de defesa da NBA e outras três aparições em um dos times ideais da temporada. Ele esteve presente em 77 partidas da última campanha, registrando médias de 12.0 pontos (com 64.5% de aproveitamento nos arremessos de quadra) e 15.2 rebotes (segunda maior marca da liga).