Mavericks vira centro de escândalo de tratamento abusivo contra mulheres

A direção do Dallas Mavericks foi atingida por uma bomba nesta terça-feira. Uma matéria especial publicada no site da revista Sports Illustrated coloca a franquia no centro de um escândalo de abuso contra mulheres, baseado em relatos de dezenas de ex-funcionárias da organização. O time ofereceria um ambiente hostil para o sexo feminino, com profissionais machistas, assediadores e agressivos.

O grande personagem da matéria, assinada por Jon Wertheim e Jessica Luther, é o executivo Terdema Ussery. O presidente de operações do Mavericks entre 1997 e 2015 aparece descrito por múltiplas fontes como um contumaz assediador sexual, que abordava mulheres com palavras e ações repulsivas. Seus abusos teriam sido relatados por várias funcionárias internamente, que foram ameaçadas por isso.

O mais grave, no entanto, é que Ussery seria somente o maior representante de um ambiente totalmente corrompido pela misoginia. “Trabalhar lá era como viver na fraternidade de ‘O Clube dos Cafajestes’. E só digo que era porque já não estou mais lá. Eu tenho certeza de que tudo continua igual”, afirmou uma ex-funcionária, fazendo referência a um filme de comédia cult da década de 1970.

Quando uma nova cartilha de conduta foi instituída pelo Mavs, a franquia trouxe um novo diretor de recursos humanos, segundo muitos, exclusivamente para conter os impulsos do presidente. O problema é que Buddy Pittman também “abafou” vários casos de assédio, ameaçou funcionárias e constrangia colegas com opiniões muito conservadoras – produto de suas fervorosas crenças religiosas.

Ussery, que chegou a ser cogitado como um possível sucessor para David Stern no início do século, deixou o Mavericks para assumir um alto cargo diretivo na Under Armour, em 2015. Ele seria demitido dois meses depois por motivo não revelado, mas que a empresa declarou “ser tratado com bastante seriedade internamente”. Wertheim e Luther apuraram que tratou-se de um caso de assédio sexual.

Terdema Ussery, ex-presidente do Dallas Mavericks acusado de assédio contra mulheres

Os abusos não se limitam, porém, à alta cúpula diretiva de Dallas. O repórter oficial e chefe de conteúdo do site da equipe, Earl K. Sneed, foi até preso e já possui três acusações de violência doméstica desde que foi contratado – duas delas, inclusive, contra funcionárias do time. Ele foi suspenso e, em seguida, demitido nos últimos dias, com a revelação de seu histórico de abusos.

Diante da situação vergonhosa dos bastidores do Mavericks, as mulheres dizem que o vestiário servia como um refúgio e os atletas eram uma exceção. “Eu lidava com jogadores o tempo inteiro, tive centenas de conversas com diversos deles e nunca houve um problema sequer. Eles sabem tratar as pessoas com respeito. Então, eu voltava para o escritório e era um zoológico”, contou uma ex-funcionária.

O dono da franquia, Mark Cuban, também era um caso à parte: Wertheim e Luther não encontraram uma única mulher que acusasse o mandatário de assédio. Mas, para muitas, ele tinha total conhecimento do ambiente e preferiu não intervir pela competência gerencial dos profissionais acusados. “Confie em mim, Mark sabia de tudo. É claro que sabia. Todos sabiam lá dentro”, garantiu uma fonte.

Cuban nega que soubesse da situação e participou da matéria com uma resposta incisiva sobre o caso. “Isso é tudo novo para mim e só tive alguma pista do que estava acontecendo quando soube que vocês estavam apurando algo aqui. Nós acabamos de demitir vários profissionais com base no que foi descoberto. Não vamos tolerar esse tipo de comportamento. É errado e abominável”, cravou.

O dono do Mavericks já anunciou que, como parte de um programa de resposta aos fatos apurados pela matéria, formulou um plano de combate às práticas machistas entre funcionários da organização. Ele dispensou Pittman, anunciou que vai instituir um treinamento interno de conduta e criará um sistema interno de aconselhamento a antigas e atuais funcionárias lesadas pelo ambiente “insalubre”.

“Eu quero lidar de frente com esse problema. Há evidências de que temos um problema e precisamos resolvê-lo. Vamos tomar cada um dos passos e medidas cabíveis. O abuso contra a mulher não é algo que vamos tolerar. Não quero isso aqui dentro. Não é aceitável. Estou envergonhado que tenha acontecido em minha gestão e precisamos consertar. Vamos fazê-lo. Fim”, decretou Cuban, assumindo o episódio como uma “mancha” em sua credibilidade.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Vitor Martins

    Que bizarro! Mas eu me pergunto, será só o Dallas? Não duvido que isso também aconteça em outras franquias. Muita coisa tem que ser revista nesse mundo ainda.

  • Maurilei Teodoro

    Que bomba !!

  • Beto #MFFL

    É difícil acreditar que o Cuban não sabia do assédio a essas mulheres, mas espero que seja verdade. De qualquer maneira isso é muito sério e tem que ser investigado a fundo e principalmente punir os culpados.

    • Poli Canassa

      Dificilmente é só no Dallas. Muitas franquias devem ter esses problemas escondidos.
      Mas agr com casos sendo descobertos a tendência é terem mais investigações e mais atenção com esse tipo de caso.

  • Jean carlos

    Mesmo que tenha feito vista grossa antes, Mark Cuban parece ter agido de forma correta agora. Pode ser que ele não se sentia ” amparado ” para demitir os funcionários, mas agora viu uma chance! OFF TOPIC: Alguém aqui que joga Nba 2k poderia me tirar uma dúvida ? Eu sempre jogo as temporadas normais no game. Fiz duas temporadas completas com o Portland e que eu me lembre não mudei nada nas configurações. Ontem quando fui começar outra temporada os jogadores estavam todos trocados. Exemplo: Lillard foi pro Knicks, Harden veio pro Blazers, CP3 no Hornets, Griffin no heat, Dirk no Pelicans… a cpu fez um monte de trocas. Alguém sabe onde muda isso ?

    • Eu precisaria ver para explicar e agora estou longe do PS4, posso ver depois e te falar. Mas tem um lugar em configurações acho que é algo como “assistente” ou algum nome assim, se essa opção estiver habilitada seu assistente cuida das seleções de draft, negociações de contrato e trocas.

      • Jean carlos

        Hummm pior que tá habilitado mesmo. Se eu começar outra season agora com isso desabilitado será que os times voltam a ser como eram ??

        • Aaa você conseguiu!? o/ Não sei, se o jogo já tiver sido salvo após as trocas não deve voltar ao que era não.

          • Jean carlos

            Ainda não, mas pode ser que dê certo. De qualquer forma muito obrigado pela idéia!!

  • É foda demais que FINALMENTE as mulheres estão sendo ouvidas. Machismo é algo totalmente abominável e homem que assedia é absolutamente nojento, porque é SEMPRE agressivo – quer um exemplo? Imagina que você é hétero e, a cada passo na rua, um homossexual te assovie e te chame de gostoso? Iria achar natural e rir?

    Espero e acredito que está surgindo uma revolução em que as mulheres serão tratadas como iguais e respeitadas como merecem.

  • Biano
  • Gabriel Pereira Barbosa

    Estado do Texas…

  • Tonhão da Massa

    Olha, concordo que a mulher tem que ser tratada com o máximo de respeito e caso tenha sua propriedade lesada (corpo) ou sendo desrespeitada , o individuo que a lesou ou desrespeito tem que ser punido, porém eu fico meio desconfiado de algumas histórias, eu fico me perguntando porque leva tanto tempo para algumas mulheres relatarem esse fato, quando demora muito, faz parecer que está querendo se aparecer e olha que tem algumas mulheres que fazem isso , vide o caso “Patricia Lélis” .

    • Tárcio

      Acho que…
      Demora, porque no momento do ocorrido, a mulher é submissa ao acusado hierarquicamente na empresa (ou semelhante) e isso causa um medo e insegurança financeira clara da vitima. Depois dos anos passados, ela já estando livre dessa corrente (em outro emprego, ou em uma melhor situação profissional), ela tem mais liberdade pra fazer a acusação.
      Fora que tá na moda, e isso vai se espalhando, e quem tinha vergonha de relatar, hoje já não tem.

      Mas sempre é preciso cuidado, pois acho que a linha que divide o assédio da cantada simples não é tão fácil de ser definida. E aproveitador de holofotes tem em todo canto!

      • João Simplicio

        Concordo e só acrescentaria q mesmo as cantadas são desagradável, dependendo do ambiente e do contexto! Na dúvida, o autor da cantada deve se perguntar: se essa mulher q vou “cantar” fosse minha mãe recebendo essa cantada, neste momento, de um kra qualquer, eu veria como ofensiva?
        Respeito e bom senso sempre devem ser observados, mesmo nas ações ousadas!

        • Tárcio

          Eu acho que tudo é questão de reciprocidade,
          A cantada (investida respeitosa), só tem chance de surtir efeito se tiver o minimo de interesse demonstrado pela mulher.
          É isso que o homem precisa entender, a mulher que manda, a mulher que faz tudo acontecer, até se você deve tentar ou não ficar com ela.

          • Além do respeito na cantada acredito que seja importar saber discriminar o ambiente, trabalho não é lugar para cantada, uma coisa é fazer um convite para ir em algum lugar depois do trabalho, mas no ambiente profissional em si, não é algo sensato.

      • Tonhão da Massa

        Acho que não deveria levar anos , meses no máximo e expor a justiça primeiramente, não a Tv , faz diminuir a credibilidade da história pelo menos da minha parte.

        • Tárcio

          É difícil provar, e o outro lado é mais poderoso!

          • Tonhão da Massa

            Concordo , mas que procure a justiça antes, mesmo que não dê em nada, registre um B.O. , depois se quiser colocar a boca no mundo , de boa.

    • Entre outras coisas, trabalho significa sobrevivência, a vítima teme denunciar o assédio e a denuncia se voltar contra ela mesma, e ela perder seu meio de sobreviver (trabalho), não é fácil provar um caso assim, ainda mais em um ambiente com histórico de abafar esse tipo de coisa, principalmente se for contra alguém que possuí um cargo muito maior que o da vítima, alguém com mais poder e influencia, repare que o assediador geralmente escolhe vítimas que estão abaixo dele na hierarquia profissional. Uma denuncia verdadeira mas deslegitimada e abafada pode se tornar uma mancha no currículo da vítima pela resto da vida dela. Veja o caso Harvey Weinstein, um mega produtor de cinema, que usou de seu poder para barrar a escalação de atrizes que rejeitaram suas investidas sexuais, é esse tipo de coisa que as vítimas temem, e por isso demoram para denunciar.

      • Tonhão da Massa

        Olha entendo que trabalho é sobrevivência, porém procurar primeiro a tv do que uma delegacia , não te parece estranho ? Sendo que a justiça que avalia , as grandes mídias querem clicks e repercussão , haja visto que vivemos uma grande onda de fake news ou seja a verdade não vem primeiro , vem antes o impacto , os clicks , a repercussão , por isso que eu falo, procura-se antes a delegacia, depois você joga merda no ventilador.

        • A vítima procura uma delegacia, abre uma ocorrência e precisa de provas, mas como eu disse, é difícil provar esses casos, fica a palavra dela contra do assediador, assim nada acontece com o assediador, ele fica livre e ainda pode usar sua influencia e poder para prejudicar a vítima que o denunciou, no caso prejudicar seu meio de sobreviver. Quando a vítima expõe na mídia, ela associa os Mavericks a algo negativo para a imagem da franquia, a repercussão negativa os obriga a fazer uma verdadeira apuração sobre o caso, seja para negá-lo ou tomar medidas corretivas. Quando o caso envolve as instituições legais (como o do Harvey Weinstein), a exposição na mídia também coloca pressão para que elas resolvam o caso.

          Seria estranho se procurar primeiro uma delegacia realmente resolvesse o problema e ainda assim a vítima procurasse a mídia, o que não é caso.

          • Tonhão da Massa

            Sim, mas essa repercussão negativa pode acabar com a vida de alguém ou com a empresa, vide o caso da “patricia lelis” , como você disse anteriormente o trabalho é sobrevivência, quando você acusa alguém de algo tão grave sendo primeiro na grande mídia, você pode estar acabando com a vida, a carreira ou um negocio de uma pessoa e depois se for provado que não houve crime, você acha que vai ser tudo restituído do dia para o noite? Lógico que não, por isso que eu falo delegacia primeiro , depois joga a merda no ventilador.

          • João Simplicio

            Eu tb sou adepto disso! Creio q a maioria das denúncias são verdadeiras e q na maioria dos casos é praticamente impossível provar o ocorrido! Mas ainda assim a denúncia tem d ser feita à justiça, não na mídia!!!

          • Vitor Martins

            Cara, segundo a reportagem isso acontece há anos, com certeza houveram várias denúncias que não foram investigadas direita ou não haviam provas suficientes (já que crimes de abuso/assédio são bem difíceis de se comprovar). Na matéria fala de um jornalista que trabalhava pro Dallas que tem 3 denúncias de abusos, inclusive de ex-funcionárias, que o cara já foi preso e tals. Não é como se as vítimas não tivessem procurado a polícia antes. Apenas uma matéria investigativa foi feita. Só isso. Ninguém procurou a sports illustrated pra “acabar com a vida de cidadãos de bem”.

          • Tonhão da Massa

            Olha eu não me lembro de ter dito que eles são cidadãos de bens, o que estou defendendo e que primeiro se procure a policia, depois jogue a merda no ventilador.

          • Exposição na mídia funciona para quem é da mídia, uma pessoa comum dificilmente fará uma denuncia tomar proporções de mídia nacional para prejudicar alguém, sendo que quem é da mídia tem recursos para recuperar sua imagem. Além disso eu me preocuparia se as denúncias fossem falsas, mas até o momento nenhuma foi deslegitimada. Também me preocuparia com isso se na prática tivesse consequências graves para os acusados o que não é o caso. Netinho de Paula comprovadamente agrediu sua ex-esposa e ainda assim foi eleito vereador. Dado Dolabella agrediu a Luana Piovani e ganhou um reality show por escolha popular. Roman Polanski foi condenado por estupro, fugiu e ainda assim continuou membro da indústria ao realizar seus filmes. Charlie Sheen, Casey e Ben Affleck também cometeram abusos e não foram prejudicados. No futebol temos Maradonna, Robinho e Dudu do Palmeiras, esse último foi condenado por agredir a esposa e ainda assim é ídolo. O ponto é, não costuma ter consequências negativas nem para quem comprovadamente cometeu algum abuso, imagine para quem foi “apenas” acusado. O caso que você usou de exemplo, o que sofreu a credibilidade do Feliciano? Ele rebateu a acusação e continua deputado e com seus cultos cheios.

          • Tonhão da Massa

            “Exposição na mídia funciona para quem é da mídia, uma pessoa comum dificilmente fará uma denuncia tomar proporções de mídia nacional para prejudicar alguém” , Olha isso eu já não sei, a um mundo de possibilidades e por mais que as vezes eu apele para o senso comum, na grande maioria eu vou, pela via do tramite legal , procuro não fazer suposições.

            “sendo que quem é da mídia tem recursos para recuperar sua imagem”, Concordo em parte , não sei , se isso, se aplica a todos os casos.

            “Além disso eu me preocuparia se as denúncias fossem falsas, mas até o momento nenhuma foi deslegitimada”, realmente a grandes indicios e um histórico sujo e nenhuma denuncia foi deslegitimada , mas eu procuro ter cautela, espero haver um parecer definitivo.

            “Também me preocuparia com isso se na prática tivesse consequências graves para os acusados o que não é o caso” , isso eu não sei , normalmente eu procuro ver varias fontes, mas nesse caso , eu não estou conferindo a fundo, se está havendo ou não consequências, vou te contar uma história, de antemão , digo que não sou petista ou coisa do tipo , ok , vamos para história, o lula foi condenado , conferi em alguns jornais sobre o caso , porém não me vi preparado para emitir uma opinião sobre o caso, sendo ele culpado ou inocente, porque senti que precisava de mais informação.

            “O ponto é, não costuma ter consequências negativas nem para quem comprovadamente cometeu algum abuso, imagine para quem foi “apenas” acusado” Eu procuro ter cautela e prefiro que aja o tramite legal.

            “O caso que você usou de exemplo, o que sofreu a credibilidade do Feliciano? Ele rebateu a acusação e continua deputado e com seus cultos cheios.” Um outro exemplo, caso do Doria começaram a espalhar que ele tinha jogado agua fria em moradores de rua, depois soube-se que era mentira, até hoje tem gente que acredita na versão mentirosa.

          • Talvez tenha me expressado mal, não estou dizendo que o individuo que é denunciado publicamente já merece ser tratado como culpado, e sim que até o momento isso tem se mostrado a via mais benéfica para a vítima, dado os motivos que eu havia mencionado antes, mais o despreparo das delegacias para lidar com esse tipo de queixa (ainda mais delegacia nacional), Com a queixa pública, as instituições envolvidas (nesse caso o Mavs) e as autoridades legais são pressionadas a realmente apurar o caso, o que não tem acontecido quando não ocorre a exposição pública, o caso do Mavs serve de exemplo de novo, pois já havia tido queixas de assédio abafadas e o problema persistiu. Mas enfim, opiniões divergem mesmo.

  • João Simplicio

    Tudo leva a crer q as acusações sejam verdadeiras, pois se trata do Texas. Todo mundo q já trabalhou sabe q, no passado, o assédio era muito frequente e até “aceito” nos ambientes e relações de trabalho ao redor mundo, imagina como era num lugar “conservador” como o Texas! O assédio é algo desagradável, mesmo sendo sutil! Os assediadores devem ser punidos pela lei na proporção de suas ações! Só acho q n se pode sair acusando as pessoas pela internet, ou qualquer outro meio, sem ter algum tipo de prova, pois é desonesto e medíocre! Faça-se a denúncia aos órgãos competentes, investigue-se e, havendo culpa ou indícios fortes de autoria dos delitos, puna-se!

  • Ussery parece ser o típico predador sexual, o tipo de homem que se aproveita de sua posição na hierarquia profissional para assediar quem está abaixo dele e silenciar as vítimas que temem perder seu emprego. Embora a situação seja ainda pior pois o assédio era generalizado, dá alta cúpula até funcionários menores na hierarquia. Levanta a questão, será o Mavericks o único que possuí esse ambiente? Ou veremos nas ligas americanas algo semelhante a Hollywood? Algumas vítimas se pronunciam e cria-se um ambiente seguro para outras exporem seus casos.

  • Hilton Silva

    Tem que ter provas das acusações, pois, sem elas, tudo vai resumir apenas em linchamento virtual.

    • Tonhão da Massa

      Concordo.

  • Eduardo Rebelatto

    Que novidade, um dos estados mais religiosos e conservador só poderia dar nisso mesmo

    • Hilton Silva

      A sua linha de raciocínio não condiz com a realidade quando a gente lembra que Hollywood fica em um dos estados mais progressistas dos EUA.

      • Eduardo Rebelatto

        Até pq as pessoas que vivem em Hollywood (esses artistas)nasceram e foram criadas lá né?

        • Hilton Silva

          AHAHAHAHAH Justamente! O Terdema Ussery nasceu e foi criado em Los Angeles, o que invalida – mais uma vez – o seu ponto!

          • Eduardo Rebelatto

            É só comparar países não ligados a religião e países que tem raízes nela, qual oferece mais avanço para as mulheres? Holanda ou Itália? Canadá ou Brasil?

          • Hilton Silva

            Agora você trouxe um ponto válido pra discussão, antes não, mas ele só vai fazer sentido se os agressores abusarem das mulheres POR CAUSA da religião.

          • Eduardo Rebelatto

            Abusa pq se sente poderoso e os livros( tanto alcorão com.o bíblia) tratam os homens como superiores, logo se sentem protegidos. Só que esses caras esquecem que não estamos mais em 1800, hj as pessoas estão mais inteligentes e não toleram tudo que está escrito em um liveo

          • Hilton Silva

            Vamos extrapolar essa linha de raciocínio: eu acredito que mais de 90% dos presos são pessoas que acreditam em Deus, logo, nós podemos concluir que uma pessoa religiosa é uma pessoa EXTRAMENTE perigosa, certo?

          • Eduardo Rebelatto

            Em termos gerais, uma pessoas religiosa questiona muio pouco o que acontece, isso por si só já é perigoso.

          • Hilton Silva

            Desculpa. Eu não entendi o que vocês quis dizer.

          • Eduardo Rebelatto

            Simples. Uma pessoa religiosa acredita que tudo cai do céu, seja coisa boa ou tuim, não questiona nada. Qualquer coisa é vontade de deus, pra mim isso é perigoso

          • Hilton Silva

            Mas isso não é um perigo apenas quando estamos falando de ciência?

          • Eduardo Rebelatto

            Não acho, por exemplo. Um acidente de carro com um bêbado, um crente vai pensar que Deus quis assim, é vários outros crimes cometidos já que segundo eles Deus sabe de tudo e tudo pode

          • Hilton Silva

            Em termos de acidentes e doenças eu concordo com você, mas quando o assunto são crimes, não, eu não concordo.

            Mas vamos concordar em discordarmos….

          • Franklin Gomes Peixoto

            É impressão minha ou esse cara acabou de dizer que a Holanda não tem raízes religiosas? Ué kkkkkkk só faltou colocar o Reino Unido na roda kkkkk

          • Eduardo Rebelatto

            Só pra encerrar, pq aqui não é lugar pra discutir religião. Tem que se investigar mesmo, mas tem que se saber que “provas ” nesse tipo de crime é complicado, fica.mais no campo de testemunhas mesmo. Mas como foi falado que várias mulheres relataram a mesma coisa, difícil não acreditar.nisso.

          • David Ribeiro

            “aqui não é lugar pra discutir religião” kkkkkkkkkkk. Tu começou falando merda e agora não quer discutir?

          • KleineBosch

            No modo de pensar que conheço no meu círculo religioso não é bem assim, Deus atualmente não interfere em quase nada aqui, Se teve um acidente ou doença, Deus não teve nenhum envolvimento nisso, aconteceu por acontecer ou por culpa de alguém, não de Deus. o que Deus normalmente pode interferir é por orações. Pode ser que à milhares de anos Deus iria interferir em tudo, mas hoje não. Com certeza tem religiosos que pensam que tudo é por que Deus quis, mas saiba que eles estão errados. A Igreja deixa claro o que é e o que não é.

          • RL23

            Rs…

            Vc é religioso?
            Sua opinião nesse caso é bem parecida com as voltadas ao esporte, sempre com ar de superioridade e com certo toque de “dono da verdade”.
            Independentemente de raça, religião ou oq for, uma pessoa que se julga inteligente como vc, me parece tão “curto” em relação em julgar uma conduta imoral de uma pessoa por ela ser religiosa ou não!
            É mesma coisa de vc me dizer que o fulano matou clicano por ser de um tom de pele diferente.
            E os que têm cor de pele diferente e se respeitam?
            E os que são religiosos e mesmo assim respeita quem tem um crença diferente ?
            Onde entra seu padrão nisso?
            Ou vc acha que está acima de tudo pra fazer um julgamento de certo e errado tirando em base que tudo que está de errado no mundo é pelo fato de um cidadão ser relioso ou não?

            Cara, nunca entendi, sério mesmo, seus comentários raivosos pelo time que vc torçe, vi poucos comentários seus aqui que não traziam ódio, não sou especialista em nada e não quero me juntar ao seu clube seleto de julgadores sabichões mas perante a esse seu último argumentado se me perguntasse eu diria que vc carrega algum tipo de problema com vc, e que acredito que não é normal!

            Se eu pudesse deixar uma mensagem pra vc seria:
            – com toda minha ignorância religiosa mas me baesando na Bíblia acredito que o Deus lá de cima se orgulha muito mais de um ser humano bom e que pratica o bem e luta contra todas as suas falhas mesmo ele, de repente não tendo religião do que uma pessoa que vive dentro da igreja e só espalha o ódio por onde passa!
            Resumindo: Não importa oq vc é importa oq vc faz!

            Paz pra vc amigo, não
            julgues para não ser julgado!

          • Tiago

            Pois é, analisar um ser complexo (humanos) apenas através de uma simples variável.

          • David Ribeiro

            Não tome por base suas experiências pessoais

          • KleineBosch

            Isso que você falou é uma total ignorância e foi uma afirmação muito preconceituosa, isso aí que você falou é pensamento de idade média, o povo que você acha com esse pensamente é sempre gente mais pobre e sem estudo, por que a Igreja desde o renascimento incentivou o estudo criando as universidades. Minha família é toda cristã e católica e não pensa assim, incluindo eu.

          • Tiago

            A ideia de transformar a bíblia em um livro de capítulos e versos foi útil pra facilitar a leitura, porém trouxe um problema: versos tirados de contexto. Se alguém justifica uma atitude abusiva através da bíblia, que tem como seu ponto central Jesus, está completamente enganado. Ah, e essas generalizações não são corretas, acredito que se fizesse pra argumentar contra seus pensamentos vc se sentiria incomodado.

          • Eduardo Rebelatto

            Generalizações não são corretas, mas pegue um país com livre pensamento, que segue a ciência e compare. A evolução é arrebatadora, não tem nem comparação. Se tu me trouxer algum país que segue uma religião a risca e é melhor, talvez dê pra.mudar de pensamento. E sobre versos tirados de contexto, isso é piada. Os cristãos na maioria( ainda bem) seguem oq lhes convém. Se fosse seguir o que tá escrito na Bíblia seriam os do nível de países do oriente médio

          • Vinícius Maia

            “Se fosse seguir o que tá escrito na Bíblia seriam os do nível de países do oriente médio”.

            Errado, um cristão de verdade busca ser parecido com Jesus. Me mostre na bíblia onde foi que Jesus ensinou atos extremistas como os que são praticados no oriente médio. Me mostre um versículo onde o apóstolo Paulo, escritor de mais da metade do novo testamento, ensinou um cristão a cometer qualquer ato de violência contra o próximo.

            “mas pegue um país com livre pensamento, que segue a ciência e compare”. De um modo geral, os países da Europa são desenvolvidos. A Europa também já foi um continente de maioria cristã.

            Estados Unidos ainda é considerada a maior potência do mundo (o país detêm a maior quantidade de milionários do mundo, por exemplo). A história dos Estados Unidos teve uma forte base cristã e por muitos anos a maior parte da sua população se declarava cristã. Então seu argumento de que os países mais desenvolvidos se baseiam na ciência está um tanto quanto equivocado.

          • Tiago

            A maioria dos países que vc provavelmente considera de livre pensamento, pasme, são países de maioria cristã. A bíblia é uma reunião de livros com variados temas, como uns de histórias e contos, outros de sabedoria, outros sobre lei etc. Se fosse seguir o que tá escrito na Bíblia, o que se teria seria o seguinte: ame a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

          • David Ribeiro

            Você não deve ter estudado história fião. Já imaginou o que o mundo seria sem os cristãos? Quanto avanços históricos aconteceram por lutas de cristãos (em causas cristãs)? Inúmeros!

          • Felipe Callo

            E muitas mortes também, na fogueira inclusive!

          • KleineBosch

            Essas mortes da inquisição são “chulas” e falsas, já vi gente falar que milhões morreram, sendo que isso é uma total mentira. Na inquisição espanhola que seria a mais “sangrenta” teve apenas entre 1000 execuções em 300 anos, sendo que a maioria das execuções eram falsas, e colocavam bonecos no lugar do condenado.

          • David Ribeiro

            A Bíblia trata os homens como superiores? Ai você leu o que sabe [ou seja, nada].

            Depois procure sobre Débora 😉
            E ela não foi exceção, as mulheres sempre desempenharam papeis importantes, desde o antigo testamento. E se você ler, vai saber que a mulher está em pé de igualdade, e que liderança não quer dizer necessariamente ser superior.

        • Rodrigo SMC

          Você acabou de invalidar seu argumento, já que todas as pessoas citadas nominalmente na matéria, nasceram fora do Texas.

    • Vinícius Maia

      E depois os cristãos é que são preconceituosos rs

    • djwhites

      nossa cara que pensamento cretino…..o que tem a ver religião e conservadorismo com uma merda dessa?……isso foi cometido por um individuo ….não generalize as coisas…….o acusado é negro imagina se alguem vier aqui e falar que todos negros fazem isso……..acorda pra vida meu amigo

      • Vitor Martins

        Um dos principais nomes acusados era esse executivo negro, mas segundo a matéria era boa parte da empresa. Embora eu também ache que o comentário do Eduardo foi bastante deslocado, não foi um ato cometido apenas por indivíduo.

    • Felipe Callo

      Concordo com você. Os líderes religiosos estão sempre semeando a mulher do lar, indefesa e casta. Como elas vão ter coragem de denunciar se esse tipo que é imposto a elas é totalmente contraditório com uma mulher empoderada, informada e de personalidade? Não vejo uma princesinha de criação tendo coragem pra enfrentar uma NBA. Elas não tem amparo social. Doa a quem doer!

      • KleineBosch

        Você deve estar se confundindo com o Islã… Tem uma grande diferença entre o Cristianismo e Islã: o Cristiano nunca pregou e nunca pregará coisas assim, de matar infiel, matar gay etc. Mas ainda assim tanto no passado tanto no presente há idiotas que se dizem “cristãos” que fazem coisas que sua religião nunca pregou. Já no Islã, eu mesmo li o Alcorão e vi que eles realmente pregam essas coisas horrível “e não estavam fora de contexto”, e seus seguidores apenas seguem a pregação de sua religião.

        • David Ribeiro

          Os caras infelizmente tem uma visão super errada do cristianismo, por conta da má fama gerada pelos falsos cristãos, infelizmente. Mas não é porque pensam assim que a boa essência não permanece.

  • Jeck Dias

    Uma coisa eu digo a NBA e rigorosa com coisas que afetam a imagem da liga. Vem punição ai

    • Brinell Arcanjo

      Sinceramente acho q tudo o que ela disse é verdade, porém não vai ser punido se não houverem provas, até o momento é só a palavra dela.

      • Eduardo Rebelatto

        Não é ela, são várias mulheres.

  • Rafael Victor

    Menos mal que não tem nenhum jogador envolvido, mas essas acusações são bem graves!

    Tem que ser investigadas (o que o Cuban tá se predispondo a fazer) e não ficar só nesse blábláblá de “não sabia”!

    • Hilton Silva

      Realmente, tem que investigado, e não só ficar no linchamento virtual.

  • Leandro Kallil

    É uma honra estar vivendo no meio dessa mudanca no mundo. Daqui 200 anos vamos olharmos pra tras e sentir vergonha da epoca que mulher/homosexuais eram julgados e diminuidos. Claro que sempre vai ter uma minoia preconceituosa. Mesmo 500 anos apos o fim da escravidao ainda existem muitos racistas entre nos.

  • Gabriel M.

    Que seja investigado e se provado que o Dallas fez vista grossa, deve ser punido.
    Dia triste pros fãs do Mavs, espero que colaborem com a investigação

    • King Cuban #MFFL

      Desde que a punição não tenha nada haver com as nossas preciosas picks do draft…

  • Diego Costa

    Se o Cuban sabia e não fez nada, ele é tão culpado como os agressores.

  • reggiemiller31

    Noticia off: Hj pela 1ª vez Pop cogitou q Kawhi tlvz ñ jogue mais essa temporada.
    Pop just said he’d be surprised if Kawhi returns this season.

  • William Mandelinho

    Tem que passar a pica mesmo

  • Marcinho Mueller

    Fora que o Cuban tomou um multa de 600 mil dólares porque falou que “o melhor pro Mavs é perder”… Que semana pro Mavs heeein kkkkkj

  • Carlos Eduardo

    Ler os comentários só confirmou a minha expectativa: o Jumper Brasil, além de ser o melhor blog de basquete, possui os melhores leitores.

  • Rogério #Paidams #AllStar

    Tem gente aqui falando do cristianismo e da Bíblia sem sequer ter lido e estudado as minúcias do livro e sem conhecer a Cristo. Aí vem tentando, tal qual a matéria, arranjar desculpas esfarrapadas para associar o cristianismo e o conservadorismo com assédio e misoginia. É tão coerente quanto dizer que nazismo é de direita (assim como não é certo dizer que é de esquerda, deixar bem claro). Dizer que a Bíblia e o cristianismo é isso ou aquilo sem sequer entender os pormenores da Palavra é muito fácil e também muito desonesto. Dizer que cristianismo é preconceituoso quando é a religião mais perseguida do mundo é complicado também. Ademais, comportamento tenebroso por parte dos homens do Mavs.

  • Marcos Gordinho

    Sou pai de Meninas, tio de meninas e tenho irmãs mulheres. Não me recordo de ter sido tão cretino com o sexo oposto, mas admito que só ao ser pai a minha preocupação com tal postura passou a ser mais presente. Quero as mesmas oportunidades de vida para minhas pequenas que os homens podem ter, reconhecer que escolhas pessoais não devem ter peso diferente para pessoas de sexo oposto, e que ganhos devem ser equiparados de forma urgente para atividades semelhantes. Na prática a maioria das modalidades masculinas recebem mais patrocínios, o que implica em maiores finanças para cobrir remunerações mais generosas, só que ninguém ou poucas pessoas reparam isso. O que fazer? Nossa sociedade está apenas arranhando uma crosta muito espessa ainda, vai demorar (infelizmente) para as coisas se ajustarem, mas de uma coisa tenho certeza, mulheres bem como qualquer outra categoria que seja injustiçada precisa arregaçar as mangas, fazer acontecer, mostrar sua capacidade e não apenas defender que a tenha. É assim que espero ver minhas filhas participando dessa mudança. E torço para que os louros sejam recebidos ainda por elas.