O Dallas Mavericks está disposto a manter o ala-pivô Kristaps Porzingis no time para os próximos anos. De acordo com Shams Charania, do The Athletic, a equipe texana vai oferecer ao letão o contrato máximo permitido: US$158 milhões por um vínculo de cinco temporadas.

Porzingis é agente livre restrito, ou seja, poderá receber ofertas de qualquer equipe da liga, mas o Mavs terá o privilégio de cobrir qualquer uma delas. Ainda segundo Charania, franquia e jogador vão se reunir nos primeiros minutos da agência livre, que será aberta no próximo domingo (30).

A intenção da equipe de Dallas não é surpresa para ninguém, já que o letão de 23 anos é visto como uma peça fundamental para o futuro do time, ao lado do prodígio esloveno Luka Dončić, recém ganhador do prêmio de Novato do Ano.

Em último ano de contrato, Porzingis foi negociado com o time de Dallas há pouco mais de quatro meses, após ter pedido ao New York Knicks para ser trocado. Ele não disputa uma partida oficial desde fevereiro de 2018, quando rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.

Quarta escolha do recrutamento de 2015, Porzingis atuou em 186 jogos na NBA, em 328 possíveis, e angariou médias de 17.8 pontos, 7.1 rebotes e 2.0 tocos.

Vale lembrar que o jogador letão é investigado pela polícia de Nova Iorque sob a suspeita de ter estuprado uma vizinha do prédio em que ele morava. Ele ainda não foi formalmente acusado de estupro. O Mavs foi instruído pela Justiça Federal a não se pronunciar sobre o caso ou dar detalhes sobre o andamento das investigações.

Além da renovação de Porzingis, a franquia texana vai tentar, entre outras coisas, a contratação de um armador no período de agência livre. Kemba Walker e Patrick Beverley estão na mira do Mavs.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.