Mavs vence o Thunder fora de casa e abre vantagem na final do Oeste

Jogando fora de seus domínios, o Dallas Mavericks venceu o Oklahoma City Thunder por 93 a 87 e abriu 2 a 1 na final da Conferência Oeste. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira, dia 23, às 22 horas (horário de Brasília), novamente em Oklahoma.

Na primeira metade de jogo, o time de Dallas passeou em quadra e abriu vantagem de 16 pontos: 52 a 36. No início do segundo período, o time da casa chegou a estar 23 pontos atrás no placar. O aproveitamento do Mavs nos arremessos foi de 51.2% (21 acertos em 41 tentativas) contra apenas 29.4% do Thunder (dez acertos em 34 tentativas). O time de Oklahoma não converteu nenhuma bola de três pontos em oito tentativas. Diferentemente das partidas anteriores, o Mavs não concentrou os ataques no ala-pivô alemão Dirk Nowitzki, e mostrou um ótimo jogo coletivo.

Na volta do intervalo, o Thunder entrou disposto a conseguir uma virada histórica. Pouco a pouco a vantagem do Mavs foi diminuindo. A três minutos do fim da partida, ela era de apenas seis pontos: 84 a 78.  Quando todos imaginaram a virada, o time de Oklahoma pecou pela inexperiência e precipitou-se em três ataques consecutivos. Na sequência, a vantagem subiu para oito pontos. Após 17 tentativas, o Thunder acertou a primeira bola de três no jogo, quando restavam 35 segundos para o final. Posteriormente, o Mavs foi para a linha do lance livre e Dirk Nowitzki e Jason Terry não desperdiçaram os arremessos. A dez segundos do fim, o armador Russell Westbrook ainda perdeu a bola e o time de Dallas saiu de quadra com o triunfo.

Dirk Nowitzki e Shawn Marion marcaram 18 pontos cada e foram os cestinhas do Mavs. O veterano armador Jason Kidd anotou 13 pontos, pegou seis rebotes, distribuiu oito assistências e ainda foi responsável por quatro roubos de bola. Vindo do banco, Jason Terry marcou 13 pontos. O pivô Tyson Chandler, nome importante da defesa do time de Dallas, anotou oito pontos e pegou 15 rebotes (seis deles ofensivos).

Russell Westbrook foi o cestinha da partida, com 30 pontos (14 deles no último quarto). O ala Kevin Durant conseguiu o duplo-dígito: 24 pontos e 12 rebotes. Porém, o camisa35 do Thunder teve um baixo aproveitamento nos arremessos de quadra. Ele acertou apenas sete arremessos em 22 tentativas. Durant errou as oito bolas de três pontos que tentou.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.