Melhores jogadores por posição (2017-18) – Ala

ATLANTA, GA - MAY 20: LeBron James #23 of the Cleveland Cavaliers reacts in the final minutes of their 97 to 89 win over the Atlanta Hawks during Game One of the Eastern Conference Finals of the 2015 NBA Playoffs at Philips Arena on May 20, 2015 in Atlanta, Georgia. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. (Photo by Kevin C. Cox/Getty Images)

O ranking dos melhores jogadores por posição para a temporada está de volta.

Antes de qualquer coisa, é um ranking pessoal. Não reflete o pensamento de todos os outros integrantes. Para isso, existe a previsão para a temporada, que será publicada em breve. Todo mundo do Jumper Brasil participa, opina e escreve. Mas não é o caso aqui.

Esta previsão dos melhores jogadores por posição leva em conta números, potencial, protagonismo, surpresas positivas ou negativas, contusões anteriores e seus riscos no futuro, e principalmente, opinião pessoal. Não quer dizer exatamente que um determinado jogador é melhor ou pior que o outro.

O histórico conta, mas se o jogador em questão veio de lesão ou ainda vai demorar a estrear, como por exemplo Chandler Parsons, ele cai ou sai do ranking.

Entre parênteses, o que subiu ou desceu em relação ao ano anterior.

Veja também:

Melhores alas em 2011-12
Melhores alas em 2013-14
Melhores alas em 2014-15
Melhores alas em 2015-16
Melhores alas em 2016-17

1- LeBron James, Cleveland Cavaliers (0)

O que? Vai dizer que ficou surpreso? Não, eu sei que não. LeBron James segue sendo não só o melhor jogador de sua posição, mas também da NBA. Há anos é assim. O astro do Cleveland Cavaliers, agora sem Kyrie Irving ao seu lado, mas reforçado pelo reencontro com Dwyane Wade, vai lutar pelo prêmio de MVP mais uma vez. Aliás, toda temporada e a mesma coisa, e não foi diferente em 2016-17, quando obteve médias de 26.4 pontos, 8.7 assistências, 8.6 rebotes (esses últimos, melhores números da carreira), e converteu 36.3% dos arremessos de longa distância.

2- Kevin Durant, Golden State Warriors (0)

Agora campeão, Kevin Durant é, provavelmente, o segundo melhor de todos da liga, logo atrás de LeBron. Cestinha nato (o melhor da NBA no quesito) pela facilidade de pontuar de qualquer lado da quadra, o camisa 35 quer ser ainda mais impactante e superar James. Antes disso, Durant vai em busca do bi e, mesmo estando ao lado de outros astros, como Stephen Curry e Klay Thompson, foi a principal arma ofensiva do time de Oakland. Ele é o típico jogador que consegue atacar e defender com a mesma qualidade. Em 2016-17, ficou com 25.1 pontos, 8.3 rebotes, 4.8 assistências, 1.6 bloqueio, 1.1 roubada e ainda converteu 37.5% dos tiros de três.

3- Kawhi Leonard, San Antonio Spurs (+1)

Não fosse a contusão de Kawhi Leonard no terceiro período da primeira partida das finais do Oeste, o campeão da temporada passada talvez não seria o Golden State Warriors. Mas como o “se” não existe, deu Warriors, de forma incontestável. Leonard estabeleceu-se como um astro de forma meteórica e, a cada temporada, evoluiu em pontos e assistências de forma consecutiva. Na temporada passada, o camisa 2 do San Antonio Spurs fez 25.5 pontos, 5.8 rebotes, distribuiu 3.5 passes decisivos e acertou 38% dos arremessos de três.

4- Giannis Antetokounmpo, Milwaukee Bucks (+3)

Falando em ascensão meteórica, o grego Giannis Antetokounmpo expandiu o seu jogo para todos os lados. Bem, quase todos, já que ele ainda não é um exímio arremessador (27.7% de aproveitamento em três pontos na carreira). Aos 22 anos, o ala conseguiu não só melhorar seus números pessoais, mas também liderou o Milwaukee Bucks em todas as principais estatísticas. Ele fez 22.9 pontos, 8.8 rebotes, 5.4 assistências, 1.9 bloqueio e 1.6 roubada.

5- Paul George, Oklahoma City Thunder (-2)

Paul George queria deixar o Indiana Pacers. Seu destino favorito era o Los Angeles Lakers. Ele quase parou no Cleveland Cavaliers, mas acabou sendo trocado para o Oklahoma City Thunder, onde vai jogar ao lado do armador Russell Westbrook e do agora, definitivamente, ala-pivô, Carmelo Anthony. George é um jogador completo e será muito importante na caminhada de sua equipe para os playoffs. A meta é vencer já. Em 2016-17, ele ficou com 23.7 pontos, 6.6 rebotes, 3.3 assistências, 1.6 roubada e teve um aproveitamento de 39.3% em três pontos.

6- Gordon Hayward, Boston Celtics (+3)

Uma das principais contratações do Boston Celtics para essa temporada, ao lado de Kyrie Irving, o ala Gordon Hayward deixou o Utah Jazz na busca por um título inédito. Apesar de muito talentoso, Hayward às vezes da a impressão de que se desliga do jogo e desaparece em determinados momentos. Foi para o seu primeiro Jogo das Estrelas em 2016-17, após obter médias de 21.9 pontos, 5.4 rebotes, 3.5 assistências e converteu 39.8% dos arremessos de longa distância.

7- Andrew Wiggins, Minnesota Timberwolves (+1)

Não sei se tem alguém percebendo, mas Andrew Wiggins, mesmo que devagar, vai melhorando a cada ano. Deverá ter uma queda ou, no máximo, vai manter seus números na próxima temporada, por conta da chegada de Jimmy Butler e da evolução de Karl-Anthony Towns. Em 2016-17, o canadense obteve médias de 23.6 pontos, 4.0 rebotes, 2.3 assistências e acertou 35.6% de três.

8- Danilo Gallinari, Los Angeles Clippers (+10)

O italiano Danilo Gallinari chega ao Los Angeles Clippers após sete anos inconstantes no Denver Nuggets, muito por conta do excesso de lesões. E olha, são muitas. Gallinari está com 29 anos e, se até hoje não conseguiu jogar uma temporada inteira, então é bom não esperar tanto assim dele, especialmente se você é um jogador de fantasy. Ofensivamente, o atleta contribui muito. No Clippers, espera-se que consiga seguir bem no ataque. Ele ficou com médias de 18.2 pontos, 5.2 rebotes e acertou 38.9% dos tiros de longa distância.

9- Otto Porter, Washington Wizards (NR)

A partir desse momento, vamos ver uma nítida queda de produção entre os oito primeiros e o resto da lista. Otto Porter, após não figurar no ranking do ano passado (porque ele sempre dava esperanças que iria deslanchar e acabava decepcionando), já entra no Top 10, logo abaixo do grupo principal. Não. Ele não treinou com Michael Jordan para evoluir tanto assim, mas mostrou que consegue produzir e, para acabar de completar, o ala-pivô Markieff Morris está fora por um bom tempo e Porter vai assumir algum protagonismo, ainda que abaixo de John Wall e Bradley Beal. O atleta obteve 13.4 pontos, 6.4 rebotes, 1.5 roubada e incríveis 43.4% de aproveitamento em três pontos.

10- Wilson Chandler, Denver Nuggets (NR)

A saída de Danilo Gallinari para o Los Angeles Clippers vai fazer com que Wilson Chandler ganhe mais espaço no Denver Nuggets. Bom defensor, Chandler foi titular em apenas 33 dos 71 jogos disputados na temporada passada e, mesmo atuando por cerca de 30 minutos, atingiu os melhores números da carreira, com 15.9 pontos e 6.5 rebotes, com aproveitamento de 33.7% de aproveitamento nos arremessos de longa distância.

11- Wesley Matthews, Dallas Mavericks (NR)

O Dallas Mavericks vai jogar sem nenhuma pretensão nesta temporada. Além disso, o técnico Rick Carlisle adiantou que o time deverá ser movido pelo Run and Gun, ou seja, vai atacar a cesta o tempo todo. Wesley Matthews, ala-armador de origem, jogará como ala em 2017-18 para que o Mavs atue com formações mais baixas. Espera-se um pouco mais do atleta, que além de especialista em arremessos de três, é ótimo defensor de perímetro. Ele obteve 13.5 pontos, 3.5 rebotes, e acertou 36.3% de três.

 

12- Trevor Ariza, Houston Rockets (-1)

Mais um three and D (especialista em arremessos de três e de defesa) na lista. Trevor Ariza já não é mais um jovem, mas sabe o que faz dos dois lados da quadra. Aos 32 anos e em sua quarta temporada seguida pelo Houston Rockets (já passou por lá em 2009-10), Ariza ainda é uma boa opção ofensiva. Em 2016-17, ele obteve 11.7 pontos, 5.7 rebotes, 1.8 roubada e acertou 34.4% em três pontos.

13- Rudy Gay, San Antonio Spurs (-2)

Agora reserva, o ala Rudy Gay vai disputar os playoffs. Não é brincadeira. O sujeito, com 11 anos de carreira, possui apenas sete jogos de pós-temporada. Gay passou por muitos problemas físicos nos últimos anos e, desde 2012-13, jamais atingiu 75 partidas. Cestinha, deverá ser a principal opção ofensiva do San Antonio Spurs vindo do banco. Ele fez 18.7 pontos, 6.3 rebotes, 1.5 roubada e acertou 37.2% de três pontos.

14- T.J. Warren, Phoenix Suns (NR)

Após dois anos no Phoenix Suns, T.J. Warren apareceu bem em 2016-17 e tornou-se uma das principais opções ofensivas da equipe. Seu maior problema é que o time do Arizona selecionou no draft o também ala Josh Jackson. Ele obteve médias de 14.4 pontos, 5.1 rebotes, 1.2 roubada e acertou somente 26.5% dos tiros de longa distância em 66 jogos.

15- Robert Covington, Philadelphia 76ers (NR)

Aqui, vai mais uma aposta do que projeção. Robert Covington foi um dos cestinhas do Philadelphia 76ers na temporada passada. Isso causaria um certo espanto, certo? A questão é que o Sixers teve tantos problemas de contusão, especialmente com Joel Embiid e Ben Simmons, que Covington atingiu 12.9 pontos, 6.5 rebotes e 1.9 roubada, números suficientes para ser um dos principais nomes da equipe. Ainda bem que todos estão saudáveis.

16- Bojan Bogdanovic, Indiana Pacers (NR)

O bósnio Bojan Bogdanovic chega ao Indiana Pacers após rápida passagem pelo Washington Wizards, onde foi reserva em 26 jogos. Nem por isso, o atleta caiu de produção e seguiu como uma ótima opção ofensiva depois de dois anos e meio no Brooklyn Nets. O Pacers precisa de alguém que consiga colocar a bola na cesta e, imediatamente, Bogdanovic pode fazer isso. Ele terminou 2016-17 com 13.7 pontos, 3.4 rebotes e acertou 36.7% de três.

 

 

 

 

17- Evan Turner, Portland Trail Blazers (+4)

Evan Turner, quando chegou ao Philadelphia 76ers, tinha problemas com o arremesso, mas era moldado para ser um cestinha daquela equipe. Os anos foram passando e, quando finalmente fazia uma boa temporada (em 2013-14), foi trocado para o Indiana Pacers e mudou seu estilo de jogo, tornando-se muito mais um organizador, como foi no Boston Celtics, do que um cara que ia para a cesta. Em 2016-17, ele obteve 9.0 pontos, 3.8 rebotes e 3.2 assistências em aproximadamente 25 minutos de ação.

 

18- Brandon Ingram, Los Angeles Lakers (+7)

Brandon Ingram entra na lista porque talento, ele tem. Embora não tenha mostrado muito (ou quase nada) em seu primeiro ano de liga, em 2017-18 o atleta vai jogar sem toda aquela pressão por ter sido segunda escolha no draft. Ainda é muito cru e precisa ser lapidado em diversas áreas, mas promete um ano melhor. Fez 9.4 pontos, 4.0 rebotes, porém converteu somente 40.2% dos arremessos de quadra.

19- DeMarre Carroll, Brooklyn Nets (-3)

DeMarre Carroll deu uma bela rodada antes de ganhar espaço na liga, mas após passagem pelo Utah Jazz, finalmente conseguiu ter tempo de quadra. No Atlanta Hawks, subiu de produção e foi parar no Toronto Raptors. O problema é que no time canadense, conviveu com inúmeras lesões e acabou perdendo importância, especialmente no ataque. Agora no Brooklyn Nets, Carroll espera voltar ao seu melhor. Fez 8.9 pontos, 3.8 rebotes, 1.1 roubada e acertou 34.1% de três.

20- Andre Iguodala, Golden State Warriors (NR)

Andre Iguodala não é mais o mesmo há anos. Problemas físicos, posição dentro do elenco do Golden State Warriors, mas ainda assim é um dos melhores defensores da liga. Aos 33 anos, o atleta sabe de suas funções e isso nunca o importunou, nem mesmo após ter chegado ao Jogo das Estrelas há algumas temporadas. Em 76 partidas, ele obteve médias de 7.6 pontos, 4.0 rebotes, 3.4 assistências e 1.0 roubada.

21- Taurean Prince, Atlanta Hawks (NR)

Vá lá, Taurean Prince não é o ala dos sonhos, porém, aos 23 anos, mostrou ser competitivo em sua primeira temporada na NBA. Prince ganhou espaço no fim da temporada regular e foi titular em dez oportunidades, quando obteve 11.4 pontos e 3.9 rebotes. Em um Atlanta Hawks que não vai a lugar algum, Prince deverá ganhar espaço e, de cara, vai fazer parte do quinteto inicial.

 

22- Doug McDermott, New York Knicks (NR)

Especialista em arremessos de três, Doug McDermott está na NBA há três temporadas e já vai para o terceiro time. No New York Knicks, acredita-se que terá tempo de quadra para, enfim, provar que tem talento. Provável titular, McDermott só aparece na lista por falta de melhores jogadores em sua posição. Em 66 jogos, obteve 9.0 pontos, 2.7 rebotes e converteu 37% de três.

 

23- Terrence Ross, Orlando Magic (NR)

Terrence Ross tinha tempo limitado no Toronto Raptors, mas ao chegar no Orlando Magic, encontrou seu espaço e ainda tenta mostrar serviço. Foram apenas 24 partidas no time da Flórida, porém, com tempo de quadra sólido. Ele obteve médias de 11.0 pontos, 2.6 rebotes e acertou 36.3% em três pontos na campanha passada.

 

24- C.J. Miles, Toronto Raptors (NR)

C.J. Miles passou as últimas três temporadas no Indiana Pacers como uma opção para o arremesso de três pontos. Agora no Toronto Raptors, o atleta, de 30 anos, chega para ser titular em um time carente exatamente disso: dos arremessos de longa distância. Ele obteve médias de 10.7 pontos, 3.0 rebotes e acertou 41.3% de três.

25- Michael Beasley, New York Knicks (NR)

Será que, em 2017, dá para acreditar em Michael Beasley? Tudo bem que é no New York Knicks, mas o sujeito acabou de se comparar com LeBron James e Kevin Durant. É sério isso. Salvo em raríssimas exceções, Beasley, segunda escolha do draft de 2008, jamais provou ser isso tudo. No Milwaukee Bucks, em 2016-17, ele ficou com 9.4 pontos, 3.4 rebotes e acertou 41.9% de longa distância.

 

Outros considerados

26- Michael Kidd-Gilchrist, Charlotte Hornets
27- P.J. Tucker, Houston Rockets
28- Justise Winslow, Miami Heat
29- Kyle Korver, Cleveland Cavaliers
30- Bogdan Bogdanovic, Sacramento Kings
31- Joe Johnson, Utah Jazz
32- Josh Jackson, Phoenix Suns
33- Vince Carter, Sacramento Kings
34- Stanley Johnson, Detroit Pistons
35- Shabazz Muhammad, Minnesota Timberwolves
36- Justin Jackson, Sacramento Kings
37- Chandler Parsons, Memphis Grizzlies
38- Kelly Oubre, Washington Wizards
39- Kyle Anderson, San Antonio Spurs
40- Tyreke Evans, Memphis Grizzlies

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Daniel Bruno Corvelo

    LeBron consegue jogar em alto nível por anos, mesmo agora que nitidamente ele se poupa para os playoffs.

  • Marcos Gordinho

    Por falar demais ultimamente (agindo de forma babaca), e estar em uma equipe recheada de suportes ao seu jogo, inverteria a posição de Durant com KL. Infelizmente nunca saberemos o quanto seria impactante o jogo dele naquela série contra o Warriors. Maldito Zaza!!!

  • Loyalty ☇
    • Alan Cleber Knickerbockers

      Morre Diabo 2.0

  • 76

    Hoje o melhor ala chama-se Kevin Durant

    • Albert Santos

      Acordou do sonho ? Kkkk
      Respeito mais discordo da sua opinião !

      • 76

        pode discordar, n tem problema kkkk

  • Paulo Victor

    Depois do Hayward o nível cai bastante.

    • Danilo

      Eu diria depois do Wiggins, ele é um jogador de 21 anos q faz mais de 20ppg com consistência, só precisa ser menos preguiçoso na defesa e preencher mais o box score com rebotes e assistências. Mas depois dele cai bastante mesmo

      • Gabriel S Monteiro

        Sim, mas o time jogava pra ele e Twons.. como vão ser as médias dele com Butler no time e com a pressão de ter que marcar e ainda jogar 40 minutos com o Thibbs? hahahaha

        Fora que ainda tem um banco reforçado e Teag que marca sempre seus pontinhos!

        • Danilo

          As médias podem se manter ou cair um pouco mas ainda acho q ele faz +20ppg, e podendo dividir o ataque eu espero q enfim ele se esforce e evolua na defesa(tem todos os atributos para ser no mínimo bom defensor), se isso acontecer eu já vejo ele consolidado como o sétimo melhor e praticamente no mesmo nível do Hayward e com potencial pra ultrapassar em no máximo duas temporadas

          • Gabriel S Monteiro

            No mesmo nível que o Hayward? Não concordo, Hayward é all star no leste selvagem, vem a anos com temporadas boas na NBA..

            Gosto muito do Wiggins, mas ainda precisa mudar muito a mentalidade defensiva e evoluir em alguns outros quesitos pra se tornar melhor que um jogador provado na NBA.

          • Danilo

            Mas foi isso q eu disse, melhorando essa questão defensiva dele ai sim ele se tornaria praticamente no mesmo nível q o Hayward(eu não disse q já é). Quanto a evoluir nos outros quesitos, bom, eu vejo q ele já está(não na rapidez q muitos esperavam), vem melhorando o arremesso ano após ano, e acho q agora com a chegada do Butler e o TT podem ajudar ele a melhorar a mentalidade, mas eu teria tentado o Tony Allen pra ajudar nisso também

            E até ele ser um all star consolidado na conferência oeste talvez demore mais umas duas temporadas, mas o Hayward por exemplo demorou 7 até conseguir ser chamado pela primeira vez.

          • Gabriel S Monteiro

            Boa!!

  • Alex Alves

    Não sei porque mas acho que Spurs também vai apostar no small-ball jogando Gay/Leonard/Lamarcus e Gasol 6° homem.

  • Danilo Celtics #Banner18

    iguodala com problemas fisicos?

    • Gustavo Freitas

      Costas e panturrilha, recorrentes. Todo ano.

  • Victor Chittolina

    Fala-se tanto dos PG de hoje, que é uma grande geração (e eu acho que é, de fato), mas nunca houve tantos SF de qualidade também.

    LeBron (com perdão de Bird) é o maior da história na posição; Durant deve acabar a carreira entre os 5 maiores; Melo vai ser um HoF (se havia alguma dúvida, depois que o T-Mac entrou, acho que não tem mais) e Kawhi, ao que tudo indica, vai ter uma boa chance de ser indicado também; sem contar os jovens talentos em diferentes patamares como Antetokounmpo, Wiggins, Parker, Jackson, Brown, Simmons, Tatum… Além disso, Paul Pierce é um recém aposentado e Vince Carter – que alternou na carreira entre SG e SF – está nos momentos derradeiros.

    É uma geração pica essa aí. Tão boa a ponto de um cara do Durant ser não mais que o segundo colocado e faz com que caras como Carmelo e Butler (ainda que estejam ranqueados em outras posições) ficassem fora do TOP 5.

  • Gustavo Rocha

    Que médias absurdas do Wiggins, ainda mais lembrando que ele é tão novo.
    Mais uma lista complicada. Tirando a primeira e incontestável colocação para LBJ, as outras da pra discutir. Acredito que Leonard superou o Durant essa temporada, por tudo o que aconteceu. E no segundo pelotão de alas, em minha lista Ariza ou Iguodala estariam no topo.

  • Elinho

    LBJ >>>>>>>>>>>>>abismo>>>>>>>>>>>>>>resto dos SF. Fato

    • Eduardo Samponi

      LBJ abismo Durant? Comediante você ein

      • Elinho

        Vc escolheria qual pro seu time? Se LBJ fosse pro GSW ele não seria o segundo do curry. LeBron top five all time. Durant nem nessas conversas entra.

        Obs: Durant craque de bola assim como Leonard, mas James acima deles por mt. E a explicação é simples – LeBron joga da 1 a 5 e se quiser é melhor em todas.
        Paz

        • Michel Moral

          Tudo bem, mas “abismo” também não. Pelo menos não nessa discussão entre os melhores alas para a próxima temporada e os critérios utilizados para a elaboração da lista. Se você se refere a termos históricos é mais aceitável, só que não é o ponto.

          E abismo a gente vê entre LeBron e Scalabrine, Chris Dudley. Entre Durant e qualquer outro jogador da história da NBA não existe “abismo”, na minha opinião.

          E não acho que Durant seja o “segundo do Curry” como você citou não. Curry é o Franchise Player? Sim, ok. Mas “o cara” do time hoje é KD.

          Situação parecida aconteceu quando LeBron foi para o Heat. O Franchise Player e o jogador da torcida era D-Wade. Isso não fazia de James “o segundo”.

          • João Simplicio

            Parabéns mano, muito sensato e claro o seu comentário!

        • Gabriel S Monteiro

          Só não concordo no abismo, KD é incrível, um animal jogando basquete, só que não existe abismo!

          • Elinho

            Pessoal o “abismo” em questão é relativo a áreas do jogo do LeBron e os outros alas não possuem. QI de basquete avançado força física gana por vencer. Todos listados até a posição 10 são ótimos, mas LBJ é o primeiro por ser esse a mais q os outros não são ainda.

      • Matheus Oliveira

        LeBron tá muito acima dos outros, cara. É quase indiscutível kkkkkk
        LeBron provavelmente vai ser top 2 all time no fim da carreira… O time dele perdeu e ele teve média de TD.

    • Vitor Medson

      Sou fã do Bron e sei que esse abismo foi um modo de falar, mas hoje Cupcake não está tão longe dele.

    • João Simplicio

      kramba mano, o fanatismo não conhece limites!!!! kkkkk

  • Marcinho Mueller

    De todas as listas, a que eu mais concordei, até a 7ª posição é indiscutível, talvez a briga entre Durant e Leonard pela segunda posição (levando em conta protagonismo no time, pois acho KD > KL).
    E aposto mais no Hayward que no PG nessa temporada, Hayward vem pra melhor temporada da carreira, enquanto acho que PG, com Melo e Anthony no mesmo time, vai ser a terceira opção ofensiva do OKC.
    Gallinari em oitavo eu achei uma piada só, não pega nem top 15, pra ser rankeado tem que jogar. E o Ariza é top 10. depois de Porter (8º) e Chandler (9º).

    • Elinho

      Melo e Anthony no mesmo time kkkkk sairam da fusão??

      • Jean Brazuna

        kkkkkkkkkkkkkk

  • Paulo Henrique

    Kawhi é melhor que Durant, ele não precisa se juntar a um time 73-9 pra ser campeão

    • Rodrigo SMC

      pela sua lógica, ele é melhor que o Lebron tb

      • Paulo Henrique

        LeBron se juntou a um time 73-9 pra ser campeão?

        • M

          Acho mais vergonhoso, perder para o Dallas de 1 estrela solitária, lebron conseguiu essa proeza

          • Danilo

            Não, não existe nada mais vergonhoso q tomar uma virada depois de estar vencendo por 3-1 e em seguida correr para o time q te espancou

          • Pedro Franco

            Eu tbm penso assim kkkk

          • Rodrigo SMC

            Clippers do Chris Paul já chegou a fazer 3-1 no Houston e tomou a virada.

            A ida dele pra lá foi vergonhosa tb?

          • Danilo

            Chris Paul foi pra Houston na temporada seguinte a virada por acaso? Ele foi pra Houston sendo FA irrestrito?

            Comparação de bosta essa sua, mas de bosta bem bosta mesmo

          • Rodrigo SMC

            Comparação bem bosta que ficou dentro do que vc especificou kkkkkkkkkkk
            Os caras não superaram o Durant até hoje pqp

          • Danilo

            Dentro do q eu especifiquei? Tem certeza? Kkkkkkkkkkk

            Leia direito filho, eu disse “em seguida”, após sofrer a virada contra Houston CP3 ainda disputou DOIS playoffs com o Clippers antes de ser TROCADO. A sua comparação foi completamente sem sentido

          • Rodrigo SMC

            Disputou e perdeu as duas logo na primeira rodada pra times com campanhas inferiores.

          • Danilo

            Ta, mas e dai? O ponto não é esse e sim q ele não foi pra Houston logo após sofrer a virada

            E também, nessas duas séries(Portland em 16 e Jazz em 17) o Griffin se lesionou(contra os Blazers até o CP3 se lesionou), mas o ponto não foi esse, enfim, a comparação da mudança do Chris Paul com a do Durant não tem sentido

          • Rodrigo SMC

            Ah, então precisa esperar 2 temporadas, aí tá de boa. Blz, anotado.

          • Danilo

            Kkkkkkkkkkkkkkkkkk ta bom

          • Sr. Specter

            Melhores companheiros do LeBron eram Mo Williams, Varejão e Ilgauskas. Durant tinha Westbrook, Ibaka e até o Harden. No primeiro título do Heat, era LeBron, Wade e Bosh e um banco nulo. GSW é um time recordista, formado por 4 All-Stars no auge e o melhor banco da NBA que tem um FMVP apenas, nesse primeiro título do KD. Não comparem, por favor. LeBron não se juntou ao Big Three de Boston após a eliminação em 2010, e é um jogador bem, mas bem melhor (citando o nível máximo de ambos). Abraços!

          • Rodrigo SMC

            Cara, Lebron foi muito odiado nas duas vezes que fez a troca de time. Só não é o MAIS hateado por que apareceu o Golden State na história e depois o Durant.
            E fala como se Wade e Bosh naquela época, não eram os melhores da Liga na posição. Pare né.

          • João Simplicio

            Tudo bobagem as desculpas! O fato é q tanto um quanto outro saiu de seu time e abandonou o projeto, ao menos momentaneamente! Pros torcedores, do CAVS e o do OKC, tanto faz as circunstâncias! O fato é eles não estavam mais no elenco e pronto! Foi em circunstancias diferentes, mas fizeram a mesma coisa! Se a atitude de um é repreensível, a do outro tb é! No fundo, é td bobagem isso, os kra tem q fazer o q for melhor pra eles e ambos fizeram e se deram bem!

      • Paulo Henrique

        Sem falar que se tirar os títulos no heat com panelas, ainda sobra uma virada histórica sobre o próprio time do 73-9 e uma final com um limitado Cavaliers em 2007

        • Rodrigo SMC

          E mesmo chegando numa final, ele preferiu ir para um time melhor? Que estranho não?

          Supera o Durant filho, a mudança dele já mostrou que foi melhor pra ele e para o próprio OKC

          • Paulo Henrique

            Claro, LeBron já tinha dado tudo pelos Cavss, Durant não, tinha acabado de levar um dos maiores times da história a 7 jogos e chegou a estar vencendo por 3-1. Nem sou torcedor do OKC, não fico pegando birra com jogador, mas é fato que esse título dele não vale muita coisa, pouco será lembrado daqui há uns 10 anos

          • Rodrigo SMC

            Claro, vão esquecer que ele foi o MVP da final com mais de 30 pontos em todos os jogos

          • Rodrigo SMC

            “LeBron já tinha dado tudo pelos Cavs, Durant não”

            Ele ficou 7 temporadas na primeira passagem, o clube foi a 5x no playoff, chegou a 1 final de NBA, 2 finais de conferência e 2x foi o melhor da fase regular no Leste.

            Durant ficou 9 temporadas, o clube foi 6x no playoff, chegou a 1 final, 4 finais de conferência e foi 1x o melhor da fase regular no Oeste.

    • Verdade, Durant é um idiota por ter largado um time treinado pelo Popovich. Não, pera…

  • Bruno Macedo

    Joe johnson, Winslow, shabazz (esse deve brigar por sixth man), pra mim melhores do que bogdanovic, Prince, McDermott, beasley (esse último nem titular vai ser) so tiraria esses 4 e colocaria eles e o Josh Jackson na última posição.
    E trocava o Ross pelo Ingram.

  • Jaspion Dunkador

    Acho que essa temporada o Giannis vai ser citado pra MVP, e o Josh Jackson termina ali no top 15 SF.

    • Michel Moral

      Se considerar que o MVP do Westbrook foi um ponto fora da curva, em todos os sentidos inclusive, o grego só terá chances de levar o prêmio se colocar o seu time entre os dois melhores do Leste. Convenhamos que é uma tarefa beeeeeeem difícil para o momento, pois ainda existem times mais maduros do que o Bucks.

      Agora, se seu ponto é só ser lembrado na votação, tipo um voto, aí pode ser “citado” como você colocou.

      Mas se você considerar que do outro lado vai ter que competir com Durant, Kawhi, Harden e até mesmo Westbrook de novo, fica difícil apostar em Giannis nesse momento.

      • Jaspion Dunkador

        Sobre ser lembrado na votação mesmo. Acho que ele deve aumentar os números em pontos e Ass. Pena o time do Bucks ser no máximo um time pra brigar por mando de quadra.

  • Bruno Macedo

    E ainda fala que a liga tá mais fraca de SG tudo bem que os craques são SF mas passando do wiggins já era só sobra jogador mediano.

  • Lucas

    Num confronto entre alas x armadores a posição 3 ia vencer com facilidade.

  • Lucas

    Se trocasse o Durant por Leonard na mão do Pop o SPurs seria campeão da NBA essa temporada.

  • LP

    Po essa lista ta sofrida depois do Wiggins e talvez por isso seja a lista que eu achei mais absurda até agora. CJ Milles, T. Prince, D.Mcdermott e Michael Beasley na frente do MKG, Winslow, Parsons e Tyreke Evans?!

  • Pundinzinho

    Durante a temporada regular o Cupcake vem sendo melhor que o Lebrão já faz um tempo.
    Mas nos últimos três 3 offs o Pai vem jogando em modo God. Enquanto o Durant só jogou no mesmo nível a última final.

  • Alex Alves

    Acho que Hayward vai virar o all-star que esperamos de vez, deve jogar nos 23, 24 pontos por jogo e melhorando a parte defensiva. Além disso com toda certeza vai precisar chamar mais os jogos.

  • Gustavo

    No meu time, pensando pra essa temporada, escolho Iggy na frente de qualquer um dos que estão de 7 pra cima, inclusive do Wiggins.

    • Gabriel S Monteiro

      Sem nenhuma dúvida!

  • Nilton Junior

    Gustavo vc tirou os Rookies da lista depois que nos comentários das Armadores deu muita polêmica ou realmente acha que nenhum Ala/Armador ou Ala entre os rookies podem entrar na lista por falta de qualidade?

    • Gustavo Freitas

      Vamos lá. Josh Jackson é muito bom, mas já tem um cara no time em sua posição, e que cresceu muito na última temporada. Então, segurei um pouco nele. Sobre os comentários, isso não muda em nada. Na lista dos alas-pivôs, tem lá um calouro no top 15.

      Sobre o Beasley, é aquele cara que vai fazer 25 pontos em um determinado jogo, e no seguinte, vai sair zerado. É meio do or die. Por isso, a foto dele com cara de doidão que não quer ser entrevistado pela Bandeirantes.

      • Nilton Junior

        Entendi cara.

  • 76

    Tudo bem que LeBron é o segundo melhor ala de todos os tempos, e está no meu top 10 ou 12, mas acho que Durant já começou a supera-lo. A passagem de bastão já começou

    • Vitor Medson

      2 melhor ala? Oo
      Não acho absurdo nenhum falar que Bird é melhor do que ele, mas acho que o Bron já o superou.

      • Nilton Junior

        Eu acho o LeBron o segundo melhor ala que já jogou. E acho tbm que o Bird é o segundo melhor Ala que já jogou. Não tem como eu escolher um dos dois. hahahahaha

        • Claudio R.

          Os dois são segundo melhor ala, o primeiro é o Kevin Durant brasileiro parceiro… kkkķkkk…. brincadeiras a parte… respeito sua opinião

          • Nilton Junior

            Não cara. O Kevin Durant Brasileiro é o terceiro. O primeiro se chama Anthony Bennet. Quem não concordar é macaco da amazônia!! kkkkkkkkk

      • 76

        N contesto quem acha LeBron melhor, mas Bird jogando era parelho ao 23 do Cavs, mas sua força mental era bem maior

        • Vitor Medson

          Pra mim tem uns certos jogadores que você pode escolher no papelzinho. Qualquer um é aceitável colocar como o melhor ex: Bird, Magic, Shaq, Dream, KAJ, Jordan, Bron, Kobe, Duncan…
          Eu prefiro o Bron em relação ao Bird pelo conjunto.

          • 76

            É bem por aí mesmo. Pra vc vê, eu acho Isiah Thomas tão quanto bom quanto Magic, até melhor.

    • Claudio R.
      • Rogério Rodrigues

        Numeros muito parecidos, vai do gosto de cada um.
        Não sou da epoca do Bird, infelizmente.
        Mas vi Lebron jogar.
        Sou celta então vou puxar sardinha pro branquelo

        • Claudio R.

          Se lembre q nem ta atualizado, vide que lebron vai pra 15 temporada, com 14 covocaçoes pro allstar e 9 convocações SEGUIDAS pro All NBA first team

          • Alex Alves

            Mas o Bird já tinha aposentado após 13 temporadas acho que por isso compararam, devemos lembrar também que Bird jogou 4 anos no universitário (algo normal na época) logo entrou mais velho na NBA e teve uma carreira mais curta.

      • ¯_(ツ)_/¯

        Bird foi melhor

      • 76

        Analisei e achei bem parelho. Vc não? Ainda acho que Bird foi melhor.

    • Sr. Specter

      LeBron e Jordan são os únicos jogadores de basquete a ser pelo menos duas vezes Atleta do Ano pela AP dos EUA, são os dois únicos a estar na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo e os 2 únicos a ter pelo menos 4 MVP de Regular e 3 de Finais (curiosamente, são os dois maiores cestinhas dos playoffs). Não gosto de julgar por “melhor”, mas se tratando de “maiores”, pra mim ambos ficam acima dos demais, por esses fatores e vários outros… Minha opinião!

  • Vitor Martins

    Li a lista 3 vezes a ainda não achei o nome do Caboclo. Estranho, muito estranho!

  • Gabriel S Monteiro

    Ingram e um monte que nunca provou absolutamente nada na NBA na frente deI Iguodala?????????????????? HAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Ai é esculachar um cara com a carreira dele e como vem jogando e sendo importante em GSW!

    • Vitor Martins

      Ingram tem 20 anos recém completados. Impressionante como o cobram o cara ter resultados nessa idade.

      • Gabriel S Monteiro

        Sim, acho inacreditável, e isso não está longe de acontecer com Ball, se esse mlk não chegar na NBA sendo no mínimo regular pode ter certeza que vão cair em cima do mlk!

        • Vitor Martins

          Acho que o hype tá muito grande, ainda mais com franquias com muitos torcedores. Vi gente chiando com o Tatum no primeiro jogo de pré-temporada, sendo que ele também é super novo! Os caras tão entrando cada vez mais cedo na NBA.

      • Rogério Rodrigues

        Colocando ele a frente do Iggy só podem estar cobrando ou esperando algo do cara. Não acha? O proprio editor da matéria ta achando isso dele…

        • Vitor Martins

          Sim. Não concordo com a colocação.

    • Marcio

      os caras viajaram legal.. Ingram ainda e muito novo, não mostrou nada numa posição dificil e cheia de grandes nomes… Pessoal do jumper deu uma forçada!

      • Gustavo Freitas

        Bem, não acho que dei uma forçada. Não foi o Jumper, mas sim, eu escrevi. Não tem participação de ninguém mais da equipe nisso.

        Mas vamos lá:

        Ingram é muito, mas muito talentoso. O problema é que ainda é cru demais. Vai aparecer bem mais nessa temporada e, sem toda a pressão, vai conseguir fazer seu jogo fluir.

        Sobre o Iguodala, seu problema é preponderância no Warriors. Ele hoje, é um cara que organiza o time quando no ataque e, na defesa, ele coloca o time em outro patamar. Porém, um dos motivos desse ranking aqui é em cima de números. Isso, ele não produz mais.

  • Rodrigo SMC

    Top 10 desde 2011-2012, retirado das listas do próprio site:

    2011-2012: Lebron James, Kevin Durant, Carmelo Anthony, Rudy Gay, Paul Pierce, Lual Deng, Andre Iguodala, Danny Granger, Shawn Marion e Nicolas Batum

    2013-2014: Lebron James, Kevin Durant, Carmelo Anthony, Kawhi Leonard, Nicolas Batum, Lual Deng, Josh Smith, Paul Pierce, Rudy Gay, Danny Granger

    2014-2015: Lebron James, Kevin Durant, Carmelo Anthony, Kawhi Leonard, Nicolas Batum, Chandler Parsons, Rudy Gay, Luol Deng, Trevor Ariza, Andrew Wiggins

    2015-2016: Lebron James, Kevin Durant, Paul George, Carmelo Anthony, Kawhi Leonard, Gordon Hayward, Andrew Wiggins, Chandler Parsons, Rudy Gay, Nicolas Batum

  • Michel Moral

    A chance de o MVP da temporada sair dessa lista de SF é muito grande.

    LeBron é o melhor, indiscutivelmente. Mas acredito que KD deve ser o MVP da temporada regular. Se jogar o que jogou na última tem grandes chances de ser. Lembrando que só não concorreu ao prêmio porque se lesionou.

    KD jogou muito mais que James, inclusive. O ponto de desequilíbrio para saber quem foi melhor é objetivo: a defesa. Durant marcou e atacou na mesma intensidade, ou seja, muito bem dos dois lados da quadra. Já LeBron não dá nem para falar que marcou de forma regular. A defesa foi o principal motivo (na minha opinião) de o Cavs ter perdido a primeira colocação na conferência e não ter feito nem “cosquinha” no GSW.

    Agora, claro que se LeBron quiser ser MVP, ele será. Basta ele deixar de se poupar como costuma fazer nos últimos anos. Apesar de que mesmo se poupando ele tem números idôneos para concorrer o prêmio, mas enfim.

    • Rogério Rodrigues

      Ou sai dessa lista ou sai dos PG + Barba.
      Curry, West, Irving, Barba (pra mim é PG).
      Lebron, Durant e Kawhi
      O MVP deve sair desses 7 citados

      • Claudio R.

        Acho q esse ano o Harden não tem chance…. KD vai jogar livre da pressão, Lebron vai jogar 60% da temporada só com Love de all star, Kawhi vai jogar sozinho, West tem companheiros de nível… acho q fica entre os 4 com antetokounmpo correndo por fora

      • Pedro Bronks

        Prevejo antetokounmpo MVP, essa temporada ele vai adotar a bola de 3 e ira converter 45%+

        • Danilo

          Se um dia o grego chutar 45% em 3PT ai ele fica imparável kkkkkkk, imagina um cara daquele tamanho, força e velocidade chutando desse jeito, seria uma aberração

  • Marcelo Desoxi

    O máximo do LeBron é duas prateleiras acima do máximo de Durant, porém KD hoje joga no máximo todo jogo, James não consegue isso mais.
    Inclusive a temporada passado do Kevin foi acima pra mim, apesar dos números incríveis do LBJ.
    Levando em conta que Russ, atual MVP, terá números reduzidos pelos novos parceiros All-Stars, que Davis não fará barulho com NO, Harden dividirá bola com CP3, e que Golden State vai reinar na liga, Durant está com uma mão e dois dedos no MVP, o que é muito merecido. Kiwhi pode chegar fazendo calor também, não descartaria.

    Obs : Continuo achando que Curry é mais importante para o time, e analisando todo o impacto no jogo, o segundo melhor da liga.

    • Rogério Rodrigues

      Tambem acho Durant favorito. Irving pra mim vem logo em seguida, caso Celtics seja primeiro do leste, pois ele vai querer mostrar serviço na nova casa.

    • KAJ

      comeu mosca fácil. lebron fez provavelmente a melhor temporada de sua carreira, se nao fosse o apagão dos companheiros, seria atual bi campeao da nba. até minha vó sabe que ele é o melhor jogador da nba nao só agora, mas nos ultimos 10 anos. curry nao é a estrela do gsw desde o primeiro dia q durant jogou. voce deveria ter percebido isso. durant foi explorado nos rebotes, ficou muitas vezes improvisado de PF e mesmo assim deu conta do recado, deu tocos, pegou rebas e continuou pontuando e sendo o mais dominante do time. é incontestável que é lebron numero 1 e durant o 2. já nao é questao de opiniao falar diferente disso, é nao entender o esporte.

      • Sr. Specter

        Melhor temporada do LeBron foi em 2013… Torço pro Cavs, LeBron é o melhor jogador que já vi jogar, e olha que acompanho há um tempo… Mas em uma projeção pra 2017-18, não vejo absurdo nenhum colocar KD à frente do James, são opiniões, você precisa respeitar para ser respeitado. Nada é unanimidade, nem no esporte, se fosse seria uma chatice da por**!

  • Rogério Rodrigues

    Sem Crowder na lista? Tudo bem que será reserva, mas ele é melhor que muitos desse top 8 ao 15!

    • Pedro Franco

      Certeza que ele vai estar na de PF. Acho que o esquema vai ser ele lá e o Love de C

    • KAJ

      concordo. crowder tem o mesmo nivel do carroll

  • Abel M

    Historicamente : LBJ > KD > KL
    Atualmente : KL > KD* > LBJ
    *discutivel tendo em conta k mudou para a melhor equipe

  • Rogério Rodrigues

    Agora eu buguei, não esquecerem do Ben Simmons em alguma das listas?
    Pra mim ele é SF, mas o treinador disse que ele jogará como armador nessa temporada.
    Mas ele não está em nenhuma lista até agora.
    Estará na de PF? Pois muitos la nos EUA acham que ele é PF.

    • Claudio R.

      Vai jogar de ala pivô no quinteto inicial e Armando as jogadas da msm forma q o green faz em GSW

      • Rogério Rodrigues

        Era a duvida que tinha, vlw
        Fultz, Redick, Convigton, Simmons, Embiid
        Esse deve ser o time titular então?

        • Pedro Franco

          Sim

        • Claudio R.

          Isso ai

    • Gustavo Freitas

      Sai na de PF.

  • Jean Brazuna

    O melhor claramente é o Michael Beasley seguido por Bruno Caboclo…ai vem abismo e o resto!!

  • Alan Cleber Knickerbockers
  • Leo R.

    Melo e Simmons na lista dos PFs então?! Com a ausência dos 2, não tem nem o que discutir esse top8… E que baita decadência daí pra baixo. E que queda gigante do C Parsons, que já figurou entre os 10…

  • Thiago26-NBA

    Na minha opinião é um tanto quanto besteira essa coisa de em tal arremesso o cara não é tão bom, não mostrar evolução. Se ele não tee um artificio, ganha em outros. O cara não é obrigado a saber chutar de perímetro x. Evoluções são boas para a carreira, ainda mais em uma NBA onde o espaçamento é cada vez mais comum, mas esse lance de “só ter x % de arremesso em um quesito porque não mostrou evolução” é um pouco de frescura. DeRozan, por exemplo, não é um chutador de três, mas chegou no espaço de dois pontos, ele marca de tudo quanto é lugar, tem vários arsenais.