Melhores jogadores por posição (2017-18) – Armador

O ranking dos melhores jogadores por posição para a temporada está de volta.

Antes de qualquer coisa, é um ranking pessoal. Não reflete o pensamento de todos os outros integrantes. Para isso, existe a previsão para a temporada, que será publicada em breve. Todo mundo do Jumper Brasil participa, opina e escreve. Mas não é o caso aqui.

Esta previsão dos melhores jogadores por posição leva em conta números, potencial, protagonismo, surpresas positivas ou negativas, contusões anteriores e seus riscos no futuro, e principalmente, opinião pessoal. Não quer dizer exatamente que um determinado jogador é melhor ou pior que o outro.

O histórico conta, mas se o jogador em questão veio de lesão ou ainda vai demorar a estrear, como por exemplo Tony Parker, ele cai ou sai do ranking.

Entre parênteses, o que subiu ou desceu em relação ao ano anterior.

Veja também:

Melhores armadores 2011-12
Melhores armadores 2013-14
Melhores armadores 2014-15
Melhores armadores 2015-16
Melhores armadores 2016-17

1- Russell Westbrook, Oklahoma City Thunder (+1)

Recorde de triplo duplo, média de triplo duplo, MVP. Faltavam apenas companheiros de grande calíbre ao lado de Russell Westbrook. Agora, não faltam mais. Mesmo assim, o armador do Oklahoma City Thunder vai para mais uma temporada em altíssimo nível. Se estamos falando de números, ninguém melhor que Westbrook para encabeçar a lista dos melhores de sua posição para 2017-18. Em 81 jogos, ele obteve médias de 31.6 pontos, 10.7 rebotes e 10.4 assistências, além de 34.3% de aproveitamento nos arremessos de longa distância, todas melhores marcas da carreira

2- Stephen Curry, Golden State Warriors (-1)

O que dizer de um jogador que jamais teve uma temporada na carreira com aproveitamento abaixo de 41% nos arremessos de três? O armador Stephen Curry acertou nada menos que 726 tiros de longa distância apenas nos últimos dois anos pelo Golden State Warriors. Mesmo com a presença de Kevin Durant no elenco da equipe californiana, Curry atingiu 25.3 pontos, sua segunda melhor marca da carreira e distribuiu ainda 6.6 assistências em 79 partidas disputadas.

3- Kyrie Irving, Boston Celtics (+3)

Mas por que Kyrie Irving subiu tanto assim? Ele é melhor que John Wall ou Chris Paul? Não sei. Não é o caso aqui. A questão, como cito no início, é o que tal jogador pode fazer de diferente. E Irving terá tudo para realmente ter um papel preponderante em 2017-18. Primeiro, que ele foi atrás de protagonismo e ele o terá no Boston Celtics. Seus números devem subir ainda mais na próxima campanha, até porque agora, ele não tem mais LeBron James ao seu lado. Além disso, a própria evolução do atleta mostra isso. Em 2015-16, o camisa 11 obteve 19.6 pontos e 4.7 assistências. Esses números pularam para 25.2 pontos e 5.8 passes decisivos em 2016-17. Sem LeBron, espera-se muito dele.

4- John Wall, Washington Wizards (+4)

Teria John Wall ultrapassado Chris Paul como o melhor organizador de jogadas da NBA? A resposta está sendo dada em quadra. Wall é hoje um dos armadores mais completos da liga. Falta apenas aprimorar o arremesso de três, que anda muito inconstante. Na dúvida, ele passa para o Bradley Beal. Wall conduziu o Washington Wizards aos playoffs na temporada passada e obteve médias de 23.1 pontos, 10.7 assistências e 2.0 roubadas.

5- Chris Paul, Houston Rockets (-1)

Um dos motivos pelo qual Chris Paul caiu para quinto neste ano é o fato de que sua saída para o Houston Rockets vai fazer com que ele divida não só os holofotes, mas também a condução das jogadas com James Harden. Além disso, Irving e Wall possuem todas as armas para fazerem um ano ESTATISTICAMENTE melhor. Mas não se iluda. Tudo bem que o último armador de ofício trazido pelo Rockets para dividir essa função com Harden era Ty Lawson, quando ainda prometia ser um bom jogador, mas Paul é muito melhor que isso. Agora, se alguém duvida se ele vai conseguir jogar sem a bola em diversas posses de bola, é bom lembrar que Blake Griffin tinha, no Los Angeles Clippers, cerca de cinco assistências por jogo nos últimos três anos. Em 2016-17, Paul obteve médias de 18.1 pontos, 9.2 passes decisivos, 5.0 rebotes e 2.0 roubadas.

6- Damian Lillard, Portland Trail Blazers (-1)

Em um Portland Trail Blazers engessado por questões contratuais (o time possui mais de US$121 milhões em salários), e com chances reais de ficar de fora dos playoffs, o armador Damian Lillard segue como o grande destaque. O recrutamento na tentativa de levar Carmelo Anthony ao time do Oregon não deu certo, mas Lillard ainda é o cara a ser seguido. Com médias de 27.0 pontos (a melhor da carreira), além de 5.9 assistências, 4.9 rebotes e um aproveitamento de 37% nos arremessos de três, o camisa 0 deverá manter o grande nível dos últimos anos, embora não seja convocado para o Jogo das Estrelas desde 2014-2015.

7- Kyle Lowry, Toronto Raptors (0)

Aos 31 anos e mostrando números cada vez mais consistentes, Kyle Lowry segue no Top 10 entre os armadores. O atleta do Toronto Raptors estendeu seu contrato com o time canadense pelos próximos três anos e vai receber nada menos que US$90 milhões pelo acordo. Lowry quebrou uma marca curiosa que durava quatro temporadas justamente no último jogo da temporada passada. Ao pegar um rebote no início do segundo quarto diante do Cleveland Cavaliers, o jogador foi para 4.8 rebotes em 2016-17. Durante quatro anos, ele fez 4.7. Fim da curiosidade sem importância. Na campanha passada, ele obteve 22.4 pontos e 7.0 assistências, melhores marcas da carreira.

8- Mike Conley, Memphis Grizzlies (+3)

Zach Randolph, Vince Carter e Tony Allen foram embora do Memphis Grizzlies e as peças de reposição ficaram aquém das expectativas. Então, nada mais justo que Mike Conley assumir ainda mais responsabilidades dos dois lados da quadra. Agora sétimo jogador mais bem pago da NBA (na offseason do ano passado, chegou a ser o primeiro durante algumas semanas), Conley ainda não foi para o Jogo das Estrelas, mesmo depois de ostentar 20.5 pontos, 6.3 assistências, 3.5 rebotes e um aproveitamento de 40.8% nos arremessos de três. Todas essas estatísticas, exceto nos passes decisivos, foram os melhores números da carreira.

9- Kemba Walker, Charlotte Hornets (+1)

Como um armador que vai para o Jogo das Estrelas no ano anterior fica atrás de um que jamais foi? Bom, primeiro porque a lista é minha (zoeira leve, vai). Mas o fato é que Kemba Walker joga no Leste, enquanto Conley leva o Grizzlies aos playoffs há sete anos, mesmo quando o time se transforma em Frankenstein, todo remendado. Apesar disso, Walker é um excelente jogador e tem tudo para seguir evoluindo no Charlotte Hornets. Ele ficou com 23.2 pontos, 5.5 assistências e acertou 39.9% nos tiros de três.

10- Eric Bledsoe, Phoenix Suns (+2)

Ah, as contusões. Eric Bledsoe poderia estar acima nessa lista. Mas o acúmulo de lesões e o baixo número de jogos realizados em três dos últimos quatro anos, colocam o armador do Phoenix Suns praticamente no mesmo patamar do ano passado. Talento, tem de sobra. Bledsoe ainda não tornou-se aquele jogador que muitos esperam, especialmente os torcedores do time de Arizona, porém seguimos aqui no aguardo. Será que esse ano vai? Em 2016-17, ele ficou com 21.1 pontos, 6.3 assistências, 4.8 rebotes e 1.4 roubada.

11- Goran Dragic, Miami Heat (+2)

O EuroBasket mostrou apenas o quanto Goran Dragic é subestimado. Talvez até seja nessa lista, mas os nomes acima são, em sua esmagadora maioria, incontestáveis. Porém, Dragic elevou o patamar do Miami Heat e o seu próprio em 2016-17. Para se ter uma ideia, no ano anterior, ainda com Dwyane Wade na equipe, ele fez 14.1 pontos e acertou 31.2% dos arremessos de longa distância. Na campanha passada, seus números pularam para 20.3 pontos e 40.5% de acertos.

12- Isaiah Thomas, Cleveland Cavaliers (-3)

Antes de qualquer coisa, deixa eu explicar: Isaiah Thomas só volta a jogar, com muito boa vontade, no fim de dezembro. Sua lesão no quadríceps é mais séria do que se imagina. Só nisso, ele já cairia no ranking. Para piorar sua situação (individual, claro), ele vai jogar ao lado de LeBron James, Kevin Love e Dwyane Wade. Ou seja, seu papel será bem menor em relação ao que teve no Boston Celtics. Então, o 12° lugar está de bom tamanho, por enquanto. Thomas ficou com incríveis 28.9 pontos, 5.9 assistências e um aproveitamento de 37.9% nos arremessos de três.

13- Dennis Schroder, Atlanta Hawks (+5)

Aqui vai uma das maiores apostas para o prêmio de MIP (Jogador que Mais Evoluiu), o armador Dennis Schroder. Sim, o alemão já havia feito uma grande temporada em 2016-17, mas agora o Atlanta Hawks é só dele. O que ele mostrou por sua seleção no EuroBasket dá sinais de que a próxima campanha terá similaridades. Ele vai olhar para os lados e não encontrará mais Paul Millsap ou Kyle Korver (que foi trocado durante a temporada passada) e certamente decidirá sozinho. Aos 24 anos, Schroder ficou com médias de 17.9 pontos, 6.3 assistências e acertou 34% dos arremessos de longa distância.

14- D’Angelo Russell, Brooklyn Nets (+3)

Falando em candidato ao MIP, D’Angelo Russell mostrou muita evolução na segunda metade da temporada passada pelo Los Angeles Lakers. Mas o projeto Lonzo Ball tirou dele qualquer chance de seguir no time californiano e foi trocado para o Brooklyn Nets, onde terá espaço e tempo de quadra para desenvolver-se como um grande jogador. Em 2016-17, o armador obteve médias de 15.6 pontos, 4.8 assistências e acertou 35.2% dos lances de três.

15- Dennis Smith Jr., Dallas Mavericks (NR)

Hoje, um dos principais candidatos ao prêmio de melhor calouro, o armador Dennis Smith Jr. será titular no Dallas Mavericks com a missão de fazer o time texano jogar no Run and Gun. Ou seja, seus números, ao menos no papel, deverão ser bem altos para um jogador tão jovem. Nona escolha do último draft, Smith Jr. fez 18.1 pontos e 6.2 assistências em seu único ano no basquete universitário.

16- Lonzo Ball, Los Angeles Lakers (NR)

O motivo pelo qual ranqueamos estreantes no fundo da lista é que não sabemos como eles vão lidar com a pressão do basquete da NBA. Particularmente, acho que Lonzo Ball será um astro em breve, porém, já vimos outros grandes prospectos demorarem a mostrar serviço na liga. Não acho que é o caso do jovem atleta, que terá todo tempo do mundo para se desenvolver como a principal opção ofensiva do Los Angeles Lakers. Ele ficou com 14.6 pontos, incríveis 7.6 assistências (em um jogo de estilo lento, como o basquete universitário) e 6.0 rebotes em 2016-17 por UCLA.

17- Jeff Teague, Minnesota Timberwolves (-3)

Jeff Teague fez uma grande temporada pelo Indiana Pacers em 2016-17. O problema é que, ao ir para o Minnesota Timberwolves, ele terá um papel bem menor em relação a Karl-Anthony Towns, Jimmy Butler e Andrew Wiggins. Ele não chega a ser um especialista no arremesso de longa distância (35.5% de aproveitamento na carreira), mas em um time em que ninguém é, vai ajudar bastante. Ele obteve 15.3 pontos, 7.8 assistências e 4.0 rebotes na campanha passada.

18- Markelle Fultz, Philadelphia 76ers (NR)

Primeira escolha do último draft, o armador Markelle Fultz chega ao Philadelphia 76ers como um futuro astro. Por saber jogar sem a bola, Fultz dividirá a organização das jogadas com o também calouro Ben Simmons. Se lembrarmos que o Sixers desse ano ainda terá Joel Embiid, Dario Saric e J.J. Redick, é bem provável que Fultz vai fazer mesmo é um ano de muito aprendizado para elevar o nível da equipe, que há tanto tempo não sabe o que é ter um ano respeitável.

19- Ricky Rubio, Utah Jazz (+2)

Novo time, funções ampliadas. O espanhol Ricky Rubio, agora com seis anos de experiência na NBA, chega ao Utah Jazz para ser não só o principal armador, mas também evoluir como jogador. Agora trabalhando para ser um arremessador de três mais confiável (31.5% na carreira), o atleta já conseguiu apagar a imagem de ser pouco durável. Em um Jazz que perdeu seus dois principais cestinhas (Gordon Hayward e George Hill), Rubio deverá aparecer mais em 2017-18.

20- George Hill, Sacramento Kings (+2)

Ótimo jogador sem a necessidade de estar com a bola o tempo todo, George Hill será o titular do Sacramento Kings nesta temporada, no papel de tutor de De’Aaron Fox. Seu único porém fica por conta das constantes lesões sofridas em 2016-17. Nos últimos três anos, ele perdeu ao menos 23 jogos em duas campanhas. É muito. Mesmo assim, jogando pelo Utah Jazz, Hill obteve 16.9 pontos (melhor marca da carreira), 4.2 assistências e um aproveitamento de 40.3% nos arremessos de longa distância.

21- Elfrid Payton, Orlando Magic (+2)

Pode até parecer implicância, e é. Eu gostaria que Elfrid Payton desse um salto de qualidade em sua carreira, especialmente quando o assunto é arremesso. Evoluiu muito nos lances livres (saiu de 58.9% para 69.2% em 2016-17), mas ainda está longe, bem longe de ser respeitável. Tem ótima visão de quadra, apesar de ostentar aquele cabelo de gosto questionável e está tentando decidir mais as jogadas. Ficou com 12.8 pontos, 6.5 assistências e 4.7 rebotes na temporada passada.

22- Malcolm Brogdon, Milwaukee Bucks (NR)

Calouro do ano by default (pela falta de outro melhor), Malcolm Brogdom ganhou a posição de titular no Milwaukee Bucks durante a temporada e foi bem após receber a chance de Jason Kidd, com 12.5 pontos e 4.8 assistências quando no quinteto inicial. Como Giannis Antetokounmpo está ampliando ainda mais o seu jogo, é provável vê-lo mais sem a bola, esperando para definir no arremesso de longa distância (40.4% de aproveitamento) do que organizando as jogadas.

23- Jamal Murray, Denver Nuggets (NR)

Jamal Murray não é armador de ofício, mas a comissão técnica do Denver Nuggets optou por utilizá-lo na posição após ver que o projeto Emmanuel Mudiay não estava indo bem. Hoje, a direção está em sérias dúvidas se vai optar por mantê-lo. Portanto, para tirar tal dúvida, o técnico Mike Malone vai promover um rodízio entre os dois na pré-temporada. Murray mostrou algum serviço nos dez jogos que fez como titular da posição, com 13.6 pontos, 4.3 assistências e um aproveitamento de 32.8% nos tiros de três.

24- Milos Teodosic, Los Angeles Clippers (NR)

O sérvio Milos Teodosic finalmente vai jogar na NBA. O melhor jogador fora da liga há anos, é ótimo organizador de jogadas, mas precisa controlar mais a bola e também, defender melhor. No Los Angeles Clippers, acredita-se que será titular, o que lhe dá a chance de ser o calouro mais velho (30 anos) de todos os tempos a vencer o prêmio de melhor novato.

25- Darren Collison, Indiana Pacers (NR)

É isso. A temporada 2017-18 deverá ser a última chance de Darren Collison ser titular na NBA. O armador, de 30 anos, está em sua segunda passagem pelo Indiana Pacers e, por conta da saída de Paul George, poderá assumir algum papel de destaque. No Sacramento Kings em 2016-17, Collison fez 13.2 pontos, 4.6 assistências e acertou 41.7% dos tiros de três.

Outros considerados

26- Rajon Rondo, New Orleans Pelicans
27- Kris Dunn, Chicago Bulls
28- Patty Mills, San Antonio Spurs
29- Derrick Rose, Cleveland Cavaliers
30- Marcus Smart, Boston Celtics
31- De’Aaron Fox, Sacramento Kings
32- Reggie Jackson, Detroit Pistons
33- Tony Parker, San Antonio Spurs
34- T.J. McConnell, Philadelphia 76ers
35- Frank Ntilikina, New York Knicks
36- Emmanuel Mudiay, Denver Nuggets
37- Matthew Dellavedova, Milwaukee Bucks
38- Ish Smith, Detroit Pistons
39- Shaun Livingston, Golden State Warriors
40- Dejounte Murray, San Antonio Spurs

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Loyalty ☇

    Tretas a vista

  • Marcos Oliveira

    Discordo das posições do IT ( Tem que respeitar o Baixinho) Top 5 com certeza na Liga, e com a do Jeff Teague com um time mais qualificado tem tudo pra desponta na armação Lonzo na frente dele chega a ser piada…

    • Pedro Franco

      Ficou lá embaixo por causa da lesão, todo ano essa lista leva em conta a situação atual de como o jogador está

  • Fernando Henrique

    Lista bem coerente seguindo os critérios que foram propostos

    Prevejo um grande ano para Irving e Lillard. O primeiro vai chamar a responsabilidade na nova equipe do Celtics e se consolidar como melhor armador da conferência, enquanto o segundo vai manter o Blazers nos offs e só não vai pro ASG por jogar no Oeste

    Acho que o Rondo vai se destacar bastante jogando novamente com o Cousins, espero que consiga ser top 5 em assistências na Liga

    • Rogério Rodrigues

      Lillard no leste iria todos anos pro all stars.
      No oeste competir com West, Barba, Curry, CP3 é complicado.

    • Marcinho Mueller

      Esse ano Lillard pega ASG. Harden vai jogar de SG, vai sobrar uma vaga pra ele, mesmo eu achando ele mais jogador que o CP. E Rondo eu até torço pra ele, mas quero NOLA mal pro Davis e Cousins sair na FA hahahahahaha

  • Marcelo Desoxi

    Lillard está na mesma prateleira que Kyrie e Wall, e acima do CP3.
    Pra mim é : 1- Curry / 2 – West / 3 – Wall / 4 – Lillard e Kyrie

    • The King James

      De acordo! CP3 sempre foi overrated, em playoffs, mais decepcionou do que brilhou e agora já está na casa dos 30 e poucos. Lillard pontua muito mais, é mais jovem e clutch, na minha opinião também está acima dele. Na sua lista mudaria o West e Curry de lugar, prefiro o armador de OKC, e também Wall e Kyrie, pois Irving é um scorer melhor e deve desenvolver muito seu jogo sob a tutela de Brad Stevens

    • Marcinho Mueller

      Concordo em partes, acho muito mais o Wall e Kyrie disputando a 3 do que kyrie e Lillard Disputando a 4. Mesmo torcendo pro Celtics, acho o Wall um pouquinho acima do Wall, mas os dois estão 2 degraus a cima de Lillard. E pra mim, Lowry Melhor que CP também.

  • Maicon Gomes

    Excelente lista, discordo só de algumas coisas. Mas isso é normal rs

  • Cassio Lopes

    Dunn a frente de Fox, Rose, Parker e cia? oO

  • Não consigo levar tanta fé assim no Lonzo. Ele tem falhas imensas que provavelmente serão muito exploradas por outros jogadores. Ele é lento demais na posição que possui os jogadores mais rápidos, além de ser um alvo pelo pai que tem. Acho que irá sofrer no início.

    • Marcelo Desoxi

      A mecânica do arremesso do Lonzo me deixa com vergonha alheia

    • JOSE MARINHO

      Tbm tenho dúvidas, mas se a bola começar a cair, ja deixa de ser vergonhoso kkkkk

  • Gustavo – DefendTheLand

    Kyrie ficou muito feio com essa camisa do Celtics, credo.

    • Marcio

      Tive a mesma impressão! Também essa camisa do celtics e ridícula.

      • Rogério Rodrigues

        De bonita né?
        Amarelo com roxo combina muito ne? kkkkkkkkk
        Lakers é Lakers

        • JOSE MARINHO

          Eu tbm tenho dúvidas, mas se o arremesso começar a cair, ai já era, tem nada que corrigir kkkk

    • Walmir

      Bonito é o West com esse “oclinho” vermelho…kkkkk

    • Vitor Soares Pereira

      Ele tirou a barba e ficou mto estranho kkkk

  • “KOBE” -Thank You Kyrie.

    Kyrie em 3º. WOW, isto eu achei surpreendente.
    Eu baixaria mais o Kyle Lowry até a 9ª posição, e subiria uma posição do Mike Conley (7º) e do Kemba Walker (8º). Jamal Murray tbem eu colocaria mais a frente, acima do George Hill, tô bem otimista sobre esse Nuggets.
    E o Reggie Jackson eu colocaria no Ranking, e tiraria o Collison. Ano final de contrato, ele deve estar pressionado, e acho q vai colocar boas médias, melhores q o Collison.

    • Vitor Martins

      Concordo, se eu tivesse uma franquia preferia ter Conley ou Kemba ao invés do Lowry, principalmente se a gente fosse aos playoffs! rs

    • Lucas

      Irving em terceiro é piada de mau gosto kkkkk

      • JOSE MARINHO

        Nao acho, Irving é um armador muito mais sólido no ataque que o wall, por exemplo, cria seus próprios arremessos e pontua de qualquer lugar da quadra, é talvez o pg mais difícil se ser marcado, se melhorar um pouco a defesa vai ser embaçado, ele vem pra medias de mais de 25pts, não tenho dúvidas. Sem falar que sempre produz muitas ass tbm.

    • Marcelo Desoxi

      Cara… Kemba não é melhor que Lowry de forma alguma

      • “KOBE” -Thank You Kyrie.

        Talvez não seja. Mas, eu acho q ele terá uma temporada melhor q o Lowry. Lowry anda se lesionando bastante, e está do lado errado dos 30 anos. Kemba só evolui, e mesmo q o Howard seja um câncer nas equipes q passou… ele ainda sabe fazer um bom pick-and-roll, um dos pontos fortes do Walker.

    • Marcinho Mueller

      Lowry é o jogador mais subestimado na NBA! O cara joga muito. DeRozan é muito bom jogador, mas queria ver o Lowry jogando com alguém mais expressivo!

  • Elinho

    Armadores q não armam o jogo kkk NBA mudou mt. É só olhar o ranking de apg da última temporada e teremos os melhores ‘armadores da liga’. Esse ranking aqui são os melhores escalados da posição 1.

  • Jean Brazuna

    Dunn na frente de Smart é no mínimo curioso, quer dizer, eles dois tem a mesma idade mas creio que ninguém em sã consciência acha que o Dunn é hoje melhor do que ele, ou seria uma aposta mais segura.

    • Alex Alves

      Acho que Smart vai surpreender essa temporada, no quesito pontuação é aquilo mesmo 11, 12 pontos por jogo mas no resto acho que vai melhorar muito.

      • Jean Brazuna

        De acordo ele tá bem mais magro, e consequentemente mais explosivo, parece estar arremessando melhor, enfim acho que até em pontuação ele deve melhorar, acho que uns 14 pontos por jogo, é uma previsão totalmente plausível para ele.

        • Alex Alves

          Também vai depender do desenvolvimento de Brown e Tatum

    • Vitor Martins

      Acho que a posição se justifica pq o Dunn provavelmente será titular. Smart deve ser muito utilizado na 2, e eu acho que ele rende melhor quando tem um outro armador ao lado. Armando sozinho na quadra ele parece um jogador muito mais limitado do que realmente é.

      • Jean Brazuna

        Ah mas aí a um erro na classificação dele como posição do jogador, que ele fosse avaliado como ala armador então

      • Alex Alves

        Smart deve revesar com Brown a posição 2° cada um jogando 24 minutos, porem Smart assume também a reserva imediata do Irving nos 10 minutinhos de descanso por partida.

        * Se Rozier surpreender também pode roubar alguns minutinhos.

    • Gustavo Freitas

      Não acho que Dunn seja melhor. Em hipótese alguma. Só acho que seu papel no Bulls será maior (tempo de quadra, titularidade) em relação a Smart no Celtics.

      • Rogério Rodrigues

        Como ele terá papel maior no Bulls, sendo um time de tank. Ele poderá até ter numeros maiores (o que eu duvido) mas a importancia e valor do Smart é muito maior que a do Dunn.
        Dunn não é melhor nem que o Rozier, imagina do Smart.
        Alem disso, da uma comparada nos numeros do Dunn com o Rozier. A hype em cima do Dunn sempre foi grande demais…

        • Gustavo Freitas

          Papel maior = tempo de quadra, protagonismo, espaço para criar jogadas. Mas é aquela coisa. Eu sou muito fã do Smart. Acho ele melhor, porém, com Irving no time, ele terá muito espaço na 2, também.

          • Jean Brazuna

            Isso estou totalmente de acordo, talvez essa temporada seja a definitiva na migração do Smart da posição 1 para a 2…aliás parabéns pela lista, afinal depois das listas da Sports Ilustrade e a da ESPN, precisava de alguma que fazia sentido, e essa concordando ou discordando com alguns nomes, pelo menos é bem coerente, e basicamente é o que esse tipo de lista tem que ser!

      • Marcinho Mueller

        Smart tinha que vim de SG né? e Rozier na PG.

  • FSilva

    Nao entendo como colocar um novato na frente de quem joga na NBA ha tempos. Se o cara NUNCA DISPUTOU UMA TEMPORADA como pode ser melhor???

    Como Lonzo pode ser melhor que Rose? Como? Baseado em que?

    Vou morrer sem entender esse tipo de “critério”…hehehehe

    • Vitor Martins

      Essas lista são dos “melhores” mas levando em conta projeções da temporada. Por isso, segundo a análise do Jumper, o Isaiah Thomas cai na lista. Mesmo melhor que outros acima dele, tem uma lesão séria e vai pra um time novo que já conta com um “armador” (LeBron). Não é uma análise dura e nenhuma verdade universal, mas simplesmente um artigo apontando, em ordem, quem provavelmente terá mais impacto na posição.

    • JOSE MARINHO

      Pq a lista é uma projeção de quem será melhor e não de quem foi melhor.

    • Marcinho Mueller

      Hoje em dia Nelinho é melhor que Rose! Vai ser o maior tiro no pé dessa temporada. Acha que o cara aceitou o mínimo pra veterano, e ser “sexto” homem a toa? (acho que o sexto homem vai ser o JR Smith)

  • Vitor Martins

    Três dos vinte melhores segundo o Jumper são calouros. Interessante. Não concordo com a lista toda, mas muito bom trabalho! Parabéns!

  • Alex Alves

    Rajon Rondo e Derrick Rose merecem posições bem melhores na minha opinião, calouros acho muito difícil analisar.

    • Rogério Rodrigues

      Colocar Dennis, Lonzo e Fultz no top 20 que nunca jogaram NBA atras de Rondo, Rose, Teague e complicado.
      Alem disso, Thomas em 13º? Mesmo com a lesão e indo pro Cavs, onde vai dividir mais a bola ele merecia, no minimo, o Top10.

  • King Cuban #MFFL

    Dennis Smith Jr. Pode tornar-se no melhor jogador escolhido pelos Mavs desde Jason Kidd…. acho que os Lakers cometeram um erro ao trocar o D. Russell, pois ele mostrou evolução ao longo da temporada e sinceramente tirando a visão ele não perde em nada para o Ball.

    • Alex Alves

      A questão é eles conseguiram pegar um bom pivo na trade, e mandou talvez o pior contrato da NBA.

      • ADL

        Talvez não, com certeza o pior contrato da nba

        • JOSE MARINHO

          O pior contrato da NBA é DISPARADO do Parsons kkkkkkk ele ta fora da mídia, mas 22kk de Trumps nesse cidadão é pior queum homicídio.

    • Bruno Macedo

      O foda que o Lakers tinha opção de SF e PG então fico difícil pra eles escolherem.

    • Michel Moral

      Favoritíssimo ao prêmio de ROY, na minha opinião.

      A concorrência é uma das mais fortes dos últimos tempos, com Bogdanovic (SAC), Fultz e Simmons (PHI), Lonzo (LAL)… Mas Smith Jr deve voar.

  • Ênio Samir

    Não entendo o Junker fazer um artigo dizendo que a liga subestima o Jrue Holiday, se o prorpio site faz isso… Dureza pra qualquer jogador ficar atrás do Dunn

    • Arthur B.

      O mais provável é que ele esteja na lista de ala-armador, visto que o Rajon vai ser o armador da equipe.

      • Gustavo Freitas

        Isso.

    • Marcelo Desoxi

      O PG será o Ruim Rondo

  • Gustavo Rocha

    Trabalho dificil este de eleger os melhores por posições da temporada. Não foram poucas as vezes que discordei fortemente, mas, depois de pensar um pouco melhor, acabei por concordar. Na real, penso que no Top 5 de jogadores escolhidos, qualquer ordem de “melhor” ficaria no mínimo aceitável. Só não achei um pouco injusto a colocação do I. Thomas. Jogar com LBJ costuma deixar, pelo menos na aparência, os jogadores melhores do que eles realmente são. Vamos ver..

  • Danilo

    1- Curry(bem pouco a frente)
    2- Westbrook
    3- Wall
    4-CP3
    5-Irving
    6-Lillard

  • augusto

    Cara em minha opinião para listar os melhores armadores um dos fatores e o principal é o rendimento dele no último ano, dito isso é uma puta sacanagem essa posição do Thomas e eu nem sou celta… Lowry, Conley, Walker, Bledsoe, dragic, são bem abaixo do que o Thomas pode fazer e sem contar que olhando para os fatos, o Thomas quando voltar a atuar e vai voltar em alto nível pq ele é fora de série, ele é a segunda opção do ataque dos Cavs pela sua qualidade e pq o Lue não sabe ultilizar o Love, Kevin Love nos Cavs só serve para espaçar quadra e chutar de 3

    • tiago

      puta sacanagem e a avaliação que fazem do conley….defensivamento IT parece criança perto do conley…e se for usar a temporada passada conley foi melhor q thomas em 3pt %, roubadas de bola, toco, rebotes, assistencias, cometeu menos turn overs…teve FG% igual….unica coisa que thomas foi superior em numeros foi em pontos…e conley ainda foi bem…fazendo mais de 20 PTS de media…ai voce junta que tao fazendo expectativa para essa temporada a qual o thomas vai perder metade pelo menos….qual absurdo conley estar na frente?

      • augusto

        Sim cara entendo e acho o Conley ótimo, n estou para criar polêmica ou tumultuar, só acho q dps da temporada história que o Thomas fez , repito histórica , o que mais ele tem que fazer pra ser valorizado como deve, entende?
        Eu n acho q ele é um jogador qualquer, amigo um cara de 1,75 jogando contra jogadores de 2, 2,13 conseguindo fazer quase 29 pontos, é meio que difícil vc falar que ele é o 12 segundo melhor armador da temporada….

    • Michel Moral

      Não. É uma projeção para a próxima temporada. Portanto, leva-se em conta o status atual do jogador.

      O que foi feito na última temporada é importante, mas o fator lesão é muito complicado. Thomas terá muito menos tempo para se adaptar a um universo novo. Não é só a questão de potencial. O sistema de jogo do Cavs é completamente diferente da que Brad Stevens utilizava.

      Todos esperam e torcem para a recuperação de Thomas e que ele consiga jogar no mesmo nível que ele jogava no Celtics, mas a questão não é o que eu espero e torço para que aconteça. Lesão é foda.

      A projeção lógica não é a de que ele volte como se nunca tivesse machucado e nem tivesse trocado de time.

  • Albert Medeiros

    Até o Rank 6 concordo sem reclamar, mas foi injusto com o IT….

    • Gustavo Freitas

      Injusto? Não, não. Ele fazia tudo aquilo no Celtics antes da lesão e era a primeira opção de ataque por lá. No Cavs, tem LeBron, Love, Wade, Rose… todos esses pra ele dividir a carga ofensiva. Isso sem contar que vai voltar com a temporada correndo. Injusto, não.

      • Albert Medeiros

        Na minha opinião sim, foi um jogador que participou da corrida do MVP e levou o time ao primeiro lugar do leste, mesmo sendo um “falso” líder de conferência, entendo os argumentos que você levantou no artigo mas achei incompleto porque foi destacado mais os contra do que os prós, gosto do Walker mas não vejo á frente do IT, eu colocaria ele em oitavo….

        • Gustavo Freitas

          Incompleto? hahahahaha

          Cara, eu levantei mais contra porque tem mais contra mesmo. Pergunte ao torcedor do Cavs o que ele achou da troca. Pergunte qual a preponderância de Thomas no time.

          Ele participou da corrida para o MVP, mas no Celtics. No Cavs, não vai. Além disso, tem uma lesão complicada e ainda não se sabe como ele vai voltar.

          • Albert Medeiros

            Sou torcedor do Cavs, não comparei o Irving e o IT aqui em nenhum momento, não vamos a lugar nenhum se você continuar levantando os contra e eu os prós, simples assim, entendi o seu ponto de vista, apenas divergi um pouco dele por realmente não achar os contra que você levantou satisfatórios.

          • Gustavo Freitas

            Tudo bem. A temporada vai responder isso. Eu quero o melhor para Thomas. Acho ele ótimo. Só que vem de lesão, pelamordedeus. Não é uma lesão qualquer. Li relatos que ele sequer conseguia andar há algumas semanas, vão querer enfiar ele num top 10? Não dá. Eu sou pessimista quando o assunto é contusão. Mas tranquilo. Seu argumento não é ruim, passa longe disso. Apenas digo que esse ranking é baseado em vários fatores, que felizmente ou não, fazem com que determinados jogadores subam ou caiam nele.

          • Albert Medeiros

            Sim, entendi, é sempre bom levantar essas questões, dá uma clareada do que esperar para a próxima temporada…

          • LETS GO CAVS #WINNER2018

            Thomas vai ser muito importante, você está viajando ou o que amigão ? O cara pode ser o dono do time quando LeBron não tiver bem. Você quer o que parceiro ? Quando o baixinho voltar com tudo, espero que você refaça essa publicação que deixou Derrick Rose atrás de jogadores como collison msm ele fazendo 18 ppg e tendo lampejos de um desempenho dos Bulls.

          • Gustavo Freitas

            1- não estou viajando
            2- não sou seu amigão
            3- não sou seu parceiro
            4- preste a atenção nos critérios
            5- respeita aí, vai

          • Michel Moral

            Cara, veja que ele deixou explícitos os critérios para o ranking. Tudo bem não concordar. Faz parte.

            O IT vai ter uma temporada complicadíssima. Talvez a mais difícil da carreira dele.

            Primeiro, óbvio, por conta da lesão. Ele ficou puto por achar que as pessoas estavam duvidando do seu potencial. Não dá para generalizar, mas não é só isso. O cara vai perder parte significativa da temporada (isso se conseguir voltar no prazo). A lesão é séria. Ou vc acha que a polêmica de melar o negócio era só um charme?

            Depois, vai ter que se adaptar ao sistema de jogo do Cavs. Também não vai ser fácil. Aqui, de novo, não tem nada a ver com potencial. Em Boston, ele produzia com a bola nas mãos. Fazia coisas memoráveis, mas o time jogava ofensivamente em torno dele. É uma questão tática e ele vai ter que se adequar a um sistema de jogo onde ele não vai ter a bola nas mãos como tinha. E com uma temporada em andamento, ainda.

            Por isso, a previsão, pelo menos a princípio, está correta. Tem que se levar em conta todas as circunstâncias e não o otimismo torcedor.

          • Marcinho Mueller

            Esse tal de Clubismo é complicado. Defender o IT até entendo, também concordo que ele merecia uma posição maior, mas acho JUSTIFICÁVEL a posição dele.
            Agora defender o Rose? kkkkkkkkkkkkk você viu os jogos do knicks temporada passada? ele NÃO CHEGOU NEM PERTO de lampejos do que foi no Bulls. Pegou um time desorganizado, com Melo e Porzings desanimados, os 18ppg mais falsos que já vi.

      • Victor Chittolina

        Mastô, acho que o termo mais correto seria surpresa. Mesmo pisado, ele vem da temporada da vida dele e, entre os armadores desse ano, só ficou abaixo do Westbrook na corrida pro MVP (levando em consideração o Harden como ala-armador). A gente não imagina que o quinto melhor jogador da temporada passada fique fora dos 10 melhores armadores agora, mas eu entendo o teu ponto. Ele saiu do time que era “dele” e chegou no time que quem manda é o LeBron. A lesão dele é complicada e ele vai ter muito menos espaço agora é, inclusive, quem tem a prioridade nas infiltrações é o LeBron.

        Apesar disso, vem pra um time que tem tudo pra vencer o leste e, se conseguir ficar saudável, pode dar uma contribuição muito grande. Por isso, não acho INJUSTO, mas eu classificaria ele um pouco acima.

        Assim como entendo o West na ponta, mas classificaria o Curry em primeiro. Até por motivos parecidos com o IT, já que agora o Thunder tem um plantel muito mais qualificado e tanto Melo quanto PG gostam de ficar com a bola. Steph consegue ser efetivo sem precisar do monopólio da redonda, diferente do Russ.

      • augusto

        O ponto para mim mastô (respeitando todas as opiniões) é que ele vem de uma temporada espetacular, ele é muito mais clutch do que o Lowry por exemplo, aí vc pega e coloca ele em 12°, ok concordo em partes com seu argumento, porém vamos ver a lista do ano passado ele tbm não tava no topo, porém esse ano ele tinha q ta entre os 10 nessa lista, se depois de tudo o que ele fez ele não é melhor que o Lowry, então ele realmente tem razão em falar q é injustiçado, por esse fato que citei aqui q falei abaixo q era uma puta sacanagem o Conley Walker Bledsoe dragic Lowry estar a sua frente.

  • Rodrigo Soares

    Posição 1… ta ai uma posição que o Spurs vai sofrer essa temporada.

  • Enzo Soares

    Gostei do ranking, mas colocaria Schroder na frente do IT, apenas.

  • danielzera

    O único que eu senti que deveria estar listado é o Patrick Beverley, acho que ele vem para um bom ano junto ao LAC… talvez eu também trocaria o Tony Parker na posição 33 pelo Jrue Holiday, ou já estão considerando ele como SG?

    • Pierry Silva

      Holiday vem na lista dos SG mesmo

  • AlexS.F.

    Entre Curry e Westbrook, prefiro o primeiro mas é aceitável o armador do Thunder na frente

    • JOSE MARINHO

      Questão de gosto, um tem o melhor arremesso, talvez, da história da nba, o outro é um dos atletas mais explosivos que já pisaram numa quadra. West até evoluiu o QI de basquete kkkkk

  • Lucas

    Irving de conseguir tem média de 3ast nessa temporada é lucro kkkkk, já q todos sabemos q ele é um Sg fora do normal

  • Marcelo Desoxi

    Vi nada nesse Dunn ainda. Tirei uns jogos do Wolves pra assistir, e ele mostrava pouca intimidade com a laranja, sonso na defesa , monstruoso atleticamente mas incrivelmente ineficaz atacando o aro, parecia meio ‘estabanado’.

  • Fernando Luiz Sartori

    Até concordo em partes com essa lista. Só que as coisas mudaram na liga, muitos PGs que nem armam o jogo mais, jogam demais, defendem, pontuam e tals , mas não armam! Eu ainda sou da opinião que a posição 1 se mede por média de Assistências e ponto final. Harden, West, Wall e CP3..foram os melhores e devem continuar no topo

    • Tássio Marcel Hoffmann Coelho

      harden volta pra 2 neh? Ou nao teriam contratado CP3.

      • Fernando Luiz Sartori

        vai

    • Gustavo Freitas

      Ah, mas eu também acho que os melhores armadores (questão de opinião mesmo), prefiro os que coordenam seus ataques, como os citados. Só que a lista é mais abrangente que isso.

      • Fernando Luiz Sartori

        sim, isso mesmo, foi oq eu tentei falar pelo menos kkkkk…que hoje em dia o contexto geral mudou o sistema de analise.

  • Thiago Pinto

    Certeza que o coração pesou na hora de botar o Irving em 3º. Hahaha!
    Acho um pouco de exagero colocar os calouros tão acima de jogadores que são, no mínimo, sólidos.

    • Gustavo Freitas

      Nem a pau, Juvenal. Irving em terceiro veio por vários fatores. Nunca seria por eu torcer pelo Celtics.

  • Gabriel Pereira Barbosa

    achei muito pro Dennis Smith.
    Vamos aguardar.

    • JOSE MARINHO

      É o hype, mas ele é o melhor dessa classe pra mim, era fã demais dele no college, acho que não vai ,e decepcionar, será o lillard da nova geração kkkkk

      • Gabriel Pereira Barbosa

        Agradeço as palavras de apoio.
        Meu Dallas precisa pra largar de ser essa mini franquia dos últimos anos..

    • Marcinho Mueller

      Ele ficou um ano machucado quase, e ficou na Universidade que tratou ele, não quis ir pra uma Universidade mais expressiva, jogou praticamente sozinho, e não conseguiu chegar nas finais. Não sei como ele só foi escolhido em nono. Acho ele mais preparado pra NBA do que Fultz e Ball, não que vá ser melhor jogador que os dois. Então até justificável os 76ers e os Lakers com suas escolhas, Celtics e Suns não precisavam de PG. Mas Kings, Knicks, Bulls, Magic todos precisando de PG e deixaram passar? Não entendo mesmo. Kings até da pra discutir, por que o Fox é muito bom jogador, mas os outros perderam um excelente jogador. Vem pra ser calouro do ano, brigando com o Teodosic.

      • Gabriel Pereira Barbosa

        Agradeço as palavras de apoio.
        Meu Dallas precisa pra largar de ser essa mini franquia dos últimos anos…

  • Gabriel Pereira Barbosa

    Quanto ao 1° colocado.
    Piada…
    pra não perder o costume

    • JOSE MARINHO

      Pq seria piada o Atual MVP ser considerado o melhor de sua posição? Westlouco é um animal!

    • NEW BIG 3 #ZINGSFEARLESS

      203 comentários…provavelmente, 200 só bosta

  • marcelo pinaffo

    Antes de criticarem uma lista, leiam os criterios q ela foi baseada, o IT, vai perder metade da temporada, vai jogar em um time q o esquema nao e pra ele, nao tera o mesmo impacto q teve no Celtics. A nao ser q qdo ele voltar, o lebron se machuque.

  • Victor Chittolina

    Não entendi Ball fora do Top 1.

    • Brinell Arcanjo

      Tu é o que do Lavar? Kkkkkkk

    • Rodrigo Richter

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Thiago Pinto

      hahahahahahahah

  • Andre Messetti Christofoletti

    Nenhum novato é top 20. Pode rever essa lista!

  • carlos

    Klay Thompson diz que consideraria tomar um desconto em seu próximo contrato para manter os Warriors juntos BleacherReport
    FUDEU

  • chateadi

    Bem pessoal mesmo… prefiro qd a análise é mais objetiva

  • JOSE MARINHO

    Acho que o mils poderia ser pelo menos considerado tbm!

  • Bruno Macedo

    Boa lista só colocaria o lonzo na frente do dennis Smith e o dragic na frente do bledsoe.

  • THE BULLS23

    As pessoas não andam botando fé no Lonzo Ball.

    • Jean Brazuna

      Como não?? A ESPN rankeou ele a frente do Carmelo, aqui ele já aparece no top 20…e cara ele nem entrou em quadra na NBA…!!!! acho que a Hype nele tá bem razoável…

  • NEW BIG 3 #ZINGSFEARLESS

    Derrick Rose peste do cacete deveria estar em último essa praga ambulante.Cavs acreditando nele, assisti ao 82 jogos do knicks e falo pra vcs que essa ameba deixava a defesa com 4 e no ataque era a maquina de TOs , cheio de decisões estupidas…18 ppg mais ilusório da historia…fora injury prone , vai explodir no racha de final de carreira com o Iverson

  • Lakers Westside

    Lonzo Ball em 3 anos será o 1° ou ate antes disso !!

    • Thiago Pinto

      aham, vai sim

      • Lakers Westside

        Faustão , que prazer

  • Claudio R.

    Me desculpem, mas o retrospecto da carreira tem q valer algo, não gosto do curry, mais um cara 2x mvp, 2x champs, sendo um excelente chutador no auge da carreira produzindo os números q produz cm Kevin Durant, klay Thompson, iguodala e dratmond green do lado, merece ser o número 1… eu ainda acho o melhor armador da liga.

  • Leo R.

    Com todo respeito, achei meio sem nexo a lista. Kemba em nono, I Thomas em décimo segundo… Fulltz e Ball atrás do Dennis Smith Jr é meio duvidoso, mas tratando de primeiro ano, até compreensível.

    West, Curry, Paul, Wall, Irving, Lillard, Kemba, I Thomas. Pra mim os 8 melhores, talvez não nessa ordem…

  • Gabriel De Oliveira Meira

    Irving a frente de Wall e Paul? Se o critério é o que deve acontecer na temporada atual, em hipóteses há também o fato que ele tinha muito o apoio do LeBron… Em fim!

  • Junior Henrique

    Que piada alguém que se diz jornalista colocar o Irving em terceiro, impossível ser levado a sério! Se fosse um leigo sem acesso a informação que só ve crossover no globoesporte da cidade ainda ia..

    • Jean Brazuna

      Olha amigo…o Irving é na pior das hipóteses o 5 melhor…e não acho absurdo que ele com 25 com um viés de alta e com um time dele, esteja acima de CP3, que será o segundo em comando no time e já com 32 anos, e que nunca conseguiu levar seu time a nem uma final…o Irving com 25 já meteu bola de título e fez 41 pontos em uma partida final…esse negócio de que ele não consegue liderar não cola tanto…antes do LeBron ele era novo…e com o LeBron ele era o segundo em comando…e se saiu muito bem…resumindo acho que preferir ele ou o Wall é questão de gosto…mas não acho absurdo quem escolher o Irving.

      • Junior Henrique

        Wall é bem melhor! E outra coisa Irving sem lbj ano passado teve 0 vitórias e 8 derrotas aproveitamento pífio, jogador sem defesa, fraco Armando.. superestimado toda vida

        • Jean Brazuna

          Olha a temporada está por começar se o Wall é tão melhor que o Irving assim, creio que não seria supresa se o Wizards terminasse a frente do Celtics pelo menos…obs ja que o Irving é tão superestimado assim, deduzo que o LeBron ganhou aquele titulo contra o GSW quase que sozinho…afinal o segundo melhor do time foi o Irving…enfim

  • Paulo Henrique

    Irving não é nem o melhor armador do Leste, muito menos top 3 da liga

  • Marcinho Mueller

    Lista muito coerente! Sempre vai ter algumas divergências. Eu mesmo torço pros C’s e acho que o Wall merecia a terceira colocação. E CP muito superestimado, hoje em dia, jogando em Houston, vai ter um papel muito menor que Lillard e Lowry que são dois jogadores subestimados, por onde jogam e não ter a mídia a favor. Acho que IT merece pelo menos a oitava posição (mesmo machucado), por tudo que fez temporada passada. Dragic > Bledsoe. Teague e Brogdon com certeza mereciam estar na frente dos calouros. E quanto a ordem dos calouros, Teodosic vem pra brigar pelo melhor calouro do ano, disputando com o Dennis Smith Jr, e não se esqueçam do FOX, que vem pra assumir a titularidade do Sacramento e quem sabe calouro do ano. Fultz muito mais jogador que Ball, muito mais pronto pra jogar na NBA. Não da pra negar que o Ball tem um jeito diferenciado e vai dar certo na NBA, mas ele ainda ta muito “cru”, jogador pra daqui 2-3 temporadas.
    1- West
    2- Curry
    3- Wall
    4- Irving
    5- Lillard
    6- Lowry
    7- CP (superestimado)
    8- IT
    9- Conley
    10- Kemba
    11- Dragic
    12- Bledsoe
    13- Schroder
    14- D’Angelo
    15- Teague
    16- Brogdon (ninguém lembra dele por causa do grego)
    17- Dennis Smith Jr
    18- Teodosic (se o Doc não colocar só o filhinho pra jogar)
    19- Fultz
    20- Ball

  • nico

    A maioria SÃO ARMADORES QUE NÃO ARMAM !

  • Gustavo

    Sou mais o Cory Joseph que o Collison

  • Daniel Azevedo

    Li duas vezes pra não ser injusto, mas o pessoal esqueceu do Jrue Holiday. Saudável, ele pega esse top 25 sem fazer força.

  • Rodrigo Souza

    Jrue Holiday saudável é melhor que metade dos armadores da lista e não foi nem considerado.

    • Marcinho Mueller

      Ele ta no ranking de SG e não PG. Com o Rondo ele vai jogar na 2 acho.

  • Marcos Gordinho

    Putz!!!! Não concordo em posicionar elementos que sequer estrearam na liga na frente de jogadores experimentados que já mostraram o que têm a oferecer. Basta um prospecto desses se mostrar um mimado que já estraga tudo. No top5 tiraria CP3, e no top10 não dá para deixar Dragic de fora, ele não só colabora com números como também arquiteta o ataque do Heat e quase coloca a equipe nos offs, esse ano vai colocar em posição 4,5 ou 6. Concordei com a colocação sobre IT uma vez que a análise é sobre o papel do mesmo na temporada futura e não na passada, pois era o jogador que merecia estar no top5 no lugar de CP3 se a avaliação destacasse a última temporada.