Melhores jogadores por posição (2019-20) – Armadores

O ranking dos melhores jogadores por posição está de volta. A edição deste ano é um pouco diferente. Ricardo Stabolito, Gustavo Lima, Pedro Nery, Eduardo Ribeiro, Michel Moral e Gustavo Freitas votaram e escolheram os 100 melhores jogadores da liga para a temporada 2019-20. Entretanto, como a NBA mudou muito nos últimos anos, optamos por uma seleção dividia por armadores (armadores e alas-armadores), alas (alas e alas-pivôs) e pivôs.

É muito importante ressaltar alguns detalhes importantes:

1- Astros lesionados por boa parte da temporada caem nas listas, como Victor Oladipo, do Indiana Pacers. Em forma, o atleta estaria entre os melhores. Aqueles que não vão jogar em 2019-20 não entram na lista, como Kevin Durant e John Wall.
2- São levados em consideração fatores como tempo de quadra, espaço que o jogador possui na rotação, qual a importância dele para o elenco, impacto sem ele no time e, por fim, números. Atletas que se lesionam com alguma facilidade também podem cair. Calouros ficam abaixo propositalmente.
3- Buscamos fazer um ranking o mais democrático possível. Portanto, é natural discordar de uma posição ou outra.

Armadores

1- Stephen Curry – Golden State Warriors
2- James Harden – Houston Rockets
3- Damian Lillard – Portland Trail Blazers
4- Kyrie Irving – Brooklyn Nets
5- Russell Westbrook – Houston Rockets
6- Ben Simmons – Philadelphia 76ers
7- Kemba Walker – Boston Celtics
8- Luka Doncic – Dallas Mavericks
9- Bradley Beal – Washington Wizards
10- Donovan Mitchell – Utah Jazz
11- Devin Booker – Phoenix Suns
12- Jrue Holiday – New Orleans Pelicans
13- CJ McCollum – Portland Trail Blazers
14- Jimmy Butler – Miami Heat
15- Chris Paul – Oklahoma City Thunder
16- De’Aaron Fox – Sacramento Kings
17- D’Angelo Russell – Golden State Warriors
18- Mike Conley – Utah Jazz
19- Trae Young – Atlanta Hawks
20- Jamal Murray – Denver Nuggets
21- Kyle Lowry – Toronto Raptors
22- Eric Bledsoe – Milwaukee Bucks
23- Ricky Rubio – Phoenix Suns
24- Zach LaVine – Chicago Bulls
25- Buddy Hield – Sacramento Kings
26- Malcolm Brogdon – Indiana Pacers
27- Lou Williams – Los Angeles Clippers
28- Dejounte Murray – San Antonio Spurs
29- Goran Dragic – Miami Heat
30- Victor Oladipo – Indiana Pacers
31- Lonzo Ball – New Orleans Pelicans
32- Josh Richardson – Philadelphia 76ers
33- Caris LeVert – Brooklyn Nets
34- Terry Rozier – Charlotte Hornets
35- Tomas Satoransky – Chicago Bulls
36- Shai Gilgeous-Alexander – Oklahoma City Thunder
37- Collin Sexton – Cleveland Cavaliers
38- Reggie Jackson – Detroit Pistons
39- Derrick White – San Antonio Spurs
40- Ja Morant – Memphis Grizzlies

Destaques

– Stephen Curry terá uma temporada fantástica no Golden State Warriors. Além do fato de ser duas vezes MVP, Curry também será peça fundamental na tentativa de manter o Warriors entre os primeiros do Oeste, agora sem Kevin Durant, que foi para o Brooklyn Nets e Klay Thompson, lesionado.

– Russell Westbrook deixou o Oklahoma City Thunder rumo ao Houston Rockets. Por mais que ele tenha obtido números surreais nos últimos três anos, ele vai voltar a jogar ao lado de James Harden, teoricamente, diminuindo seu espaço.

– Bradley Beal, pela ausência de John Wall em toda a temporada, será o grande nome do Washington Wizards. Ele, que foi aos dois últimos Jogos das Estrelas, deverá ter os melhores números da carreira.

– Jimmy Butler é ala ou ala-armador? Provavelmente, nem ele sabe a resposta. Nas projeções dos titulares do Miami Heat, o atleta aparece na maioria delas como ala-armador.

– Chris Paul é um dos melhores armadores de todos os tempos na NBA. Mudou muito seu estilo de jogo após uma lesão no joelho, ainda no início de carreira, mas conseguiu se readaptar e produzir para os seus times. Agora, ele está no Oklahoma City Thunder, mas qual é sua motivação, aos 34 anos? Pode ser negociado até fevereiro, embora tenha contrato absurdo a ser cumprido (US$124 milhões por três anos).

– Nem parece, mas Goran Dragic foi ao Jogo das Estrelas em 2017-18. Só que o armador se lesionou na temporada passada e praticamente não jogou. Para piorar, Justise Winslow assumiu o papel de coordenador de jogadas em 2018-19 e deve seguir com volume de jogo, além do fato de o time ter agora Jimmy Butler em seu elenco.

– Existem algumas apostas, como Tomas Satoransky, Terry Rozier, Shai Gilgeous-Alexander e Ja Morant, mas todas no fundo do ranking.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.