Mesmo desfalcado, Celtics consegue virada incrível sobre Hornets e alcança 11ª vitória seguida

(5-7) Charlotte Hornets 87 x 90 Boston Celtics (11-2)

O Boston Celtics segue em estado de graça na temporada. Mesmo sem poder contar com seus principais jogadores, a equipe treinada por Brad Stevens deu mais uma prova da força do conjunto e da capacidade de superar as adversidades. Nessa sexta-feira, jogando diante de sua torcida, o time de Boston tirou uma desvantagem de 18 pontos e bateu o Charlotte Hornets por 90 a 87, após uma virada espetacular alcançada nos minutos finais da partida.

Essa foi a 11ª vitória seguida do Celtics, o que mantém a equipe na liderança da conferência Leste e como detentora da melhor campanha de 2017/18. Já o Hornets sofreu o quarto revés consecutivo.

Desfalcado do ala Gordon Hayward (fora da temporada após fraturar a perna) e do pivô Al Horford (vetado por conta de uma concussão), o time da casa sofreu um baque logo no começo do jogo. A menos de dois minutos do primeiro quarto, o astro Kyrie Irving levou uma cotovela acidental do companheiro de time, o pivô Aron Baynes. O armador deixou a quadra com o nariz sangrando e não retornou à partida.

O Hornets aproveitou a ausência do principal jogador adversário para abrir vantagem. Sem Irving, o Celtics ficou órfão de um criador de jogadas e, na primeira metade de jogo, penou nos dois lados da quadra. Resultado: a equipe de Charlotte foi para o intervalo 16 pontos à frente no placar: 57 a 41.

O cenário de adversidade não abalou a equipe de Boston, que voltou do intervalo disposta a lutar em cada posse de bola. Os jovens do Celtics mostraram muita garra e disciplina tática no segundo tempo e conseguiram uma reação que poucos acreditavam.

O armador Shane Larkin, que costuma atuar pouco, foi um dos protagonistas da virada celta com 16 pontos anotados em 17 minutos em quadra. O novato Jayson Tatum, mais uma vez, jogou como se fosse um veterano e foi o cestinha do time junto com Larkin. O ala Marcus Morris foi decisivo ao converter um chute de média distância a 23 segundos do fim. Já o trio formado por Terry Rozier, Jaylen Brown e Marcus Smart teve uma atuação destacada no lado defensivo.

A melhor defesa da NBA limitou o Hornets a míseros 30 pontos no segundo tempo, sendo 19 no terceiro período e 11 no quarto final. A equipe visitante acertou apenas cinco dos 20 arremessos de quadra tentados no último período. O detalhe é que, em dez dos últimos 11 jogos, o Celtics não permitiu que os adversários chegassem à casa dos 100 pontos.

Destaques

Charlotte
Kemba Walker: 20 pontos, cinco rebotes e 11 assistências
Frank Kaminsky: 14 pontos

Boston
Jayson Tatum e Shane Larkin: 16 pontos cada
Terry Rozier: 15 pontos, sete rebotes e quatro assistências
Marcus Morris: 14 pontos e sete rebotes
Jaylen Brown: dez pontos e 13 rebotes


(2-10) Atlanta Hawks 104 x 111 Detroit Pistons (9-3)

Destaques

Atlanta
Kent Bazemore: 22 pontos, cinco rebotes, cinco assistências e três roubos de bola
Dennis Schroder: 17 pontos, quatro rebotes e 11 assistências
John Collins: 16 pontos, oito rebotes e dois tocos
Marco Belinelli: 14 pontos
Dewayne Dedmon: 13 pontos e nove rebotes
Luke Babbitt: 11 pontos e oito rebotes

Detroit
Reggie Jackson: 22 pontos e seis assistências
Avery Bradley: 20 pontos e quatro rebotes
Ish Smith: 17 pontos e cinco assistências
Andre Drummond: 16 pontos, 20 rebotes, sete assistências e dois tocos
Tobias Harris: 16 pontos, oito rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas


(6-7) Indiana Pacers 105 x 87 Chicago Bulls (2-8)

Destaques

Indiana
Victor Oladipo: 25 pontos, seis rebotes e seis assistências
Bojan Bogdanovic: 22 pontos, sete rebotes e seis bolas de três pontos convertidas
Thaddeus Young: 13 pontos e oito rebotes
Myles Turner: 11 pontos, nove rebotes e três tocos

Chicago
Bobby Portis: 20 pontos e 11 rebotes
Kris Dunn: 16 pontos, quatro rebotes, cinco assistências e três roubos de bola
Justin Holiday: 14 pontos e quatro assistências
Lauri Markkanen: 12 pontos e dez rebotes


(5-6) Los Angeles Clippers 111 x 120 Oklahoma City Thunder (5-7)

Destaques

L.A. Clippers
Lou Williams: 35 pontos, sete rebotes e seis bolas de três pontos convertidas
Blake Griffin: 17 pontos, seis rebotes e cinco assistências
Austin Rivers: 17 pontos
Willie Reed: 15 pontos e oito rebotes
DeAndre Jordan: nove pontos e 12 rebotes

Oklahoma City
Paul George: 42 pontos, nove rebotes, sete assistências, três roubos de bola, quatro bolas de três pontos convertidas e 13-22 nos arremessos de quada
Russell Westbrook: 22 pontos, oito assistências e três roubos de bola
Carmelo Anthony: 14 pontos e seis rebotes
Alex Abrines: 14 pontos


(5-6) Milwaukee Bucks 94 x 87 San Antonio Spurs (7-5)

Destaques

Milwaukee
Giannis Antetokounmpo: 28 pontos, 12 rebotes, cinco assistências e quatro tocos
Khris Middleton: 13 pontos e oito rebotes
Eric Bledsoe: 13 pontos, quatro rebotes e sete assistências

San Antonio
LaMarcus Aldridge: 20 pontos, 12 rebotes, quatro assistências e dois tocos
Manu Ginobili: 18 pontos e 7-10 nos arremessos de quadra
Patty Mills: 14 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Kyle Anderson: dez pontos, dez rebotes e quatro assistências


(8-4) Orlando Magic 128 x 112 Phoenix Suns (4-9)

Destaques

Orlando
Aaron Gordon: 22 pontos, sete rebotes e 7-9 nos arremessos de quadra
Nikola Vucevic: 19 pontos e sete rebotes
Terrence Ross: 17 pontos, quatro rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas
Jonathon Simmons: 17 pontos
Evan Fournier: 14 pontos e quatro assistências
Jonathan Isaac: 11 pontos, seis rebotes e dois tocos

Phoenix
Alex Len: 21 pontos, 13 rebotes e dois tocos
T.J. Warren: 20 pontos
Josh Jackson e Mike James: 18 pontos e seis rebotes cada


(6-6) Miami Heat 84 x 74 Utah Jazz (5-7)

Destaques

Miami
Dion Waiters: 21 pontos
Goran Dragic: 18 pontos
Tyler Johnson: 11 pontos e quatro rebotes
Hassan Whiteside: oito pontos, 20 rebotes, três roubos de bola e três tocos

Utah
Rodney Hood: 19 pontos e quatro rebotes
Rudy Gobert: 12 pontos, 12 rebotes e dois tocos
Alec Burks: 12 pontos e cinco rebotes
Donovan Mitchell: 12 pontos


(5-7) Brooklyn Nets 101 x 97 Portland Trail Blazers (6-6)

Destaques

Brooklyn
D’Angelo Russell: 21 pontos, quatro rebotes e nove assistências
DeMarre Carroll: 16 pontos e oito rebotes
Allen Crabbe: 12 pontos e cinco rebotes
Rondae Hollis-Jefferson: 11 pontos, oito rebotes e três roubos de bola

Portland
Jusuf Nurkic: 21 pontos e cinco rebotes
Damian Lillard: 19 pontos, nove rebotes e seis assistências
C.J. McCollum: 17 pontos e quatro assistências
Evan Turner: 11 pontos e sete rebotes
Shabazz Napier: 11 pontos

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • JoaoCelta

    Ainda é o início da temporada, mas até aqui ninguém defende melhor que Marcus Smart. Tatum vai provando a cada jogo que não é só o futuro, é o presente. E Stevens é hoje o melhor técnico da NBA, capaz de tirar leite de pedra, não tem como não estar muito satisfeito com esse time.

    • Rogério Rodrigues

      Foda que o Smart é o pior jogador da NBA a jogar 10+ min em %FG. Ele ta tijolando DEMAIS

      • Baiano #CelticsHospital 🐳👴☘

        Se Smart deixasse de chutar tanto pra passar a bola…

        • Rogério Rodrigues

          Ele é o terceiro que mais chuta no celtics. Pra mim ele deveria ser o 5º pra trás.
          Irving, Brown, Tatum, Horfod os quatro primeiros.
          Morris/Baynes/Smart/Rozier

  • Will

    Em meio a circunstâncias bem adversas, Boston conseguiu uma vitória incrível e improvável, pelo contexto da partida. Olhando para esse início de temporada e para a forma como o time tem atuado, acredito que hoje os torcedores dos Celtics têm muitos motivos para estar animados e confiantes nas perspectivas da equipe!

    • Vitor Martins

      Achava que eles iam dominar o Leste na próxima temporada, mas já estão dominando nesse, e com Shane Larkin hahaha
      Ao final da carreira Stevens tem tudo para ser alçado ao posto de lenda, como Popovich, Phil Jackson… Faltam os títulos ao longo dos anos, a conferir.

  • MVP, seu dono chama-se Brad Stevens

  • ILUMINADO é a palavra que descreve esse Celtics.

    – Sem Hayward, Horford e Irving
    – Com Brown , Smart e Rozier em noite ofensiva lastimável
    – Com arbitragem pra lá de duvidosa

    E mesmo assim venceu graças a atuação brilhante de Larkin?
    E no jogo anterior passou pelos mesmos problemas e ganhou graças a atuação brilhante de Baynes?

    Hahahahahahahaha
    Ta loco…. como pode isso? kkkkk
    Brad Stevens é um gênio, mesmo. Tem nem o que questionar…hahahaha

  • PJ Dozier n°35 ☇

    Paulo Jorge é o pai da criança, trade nele pra Denver
    kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • SÍ SEÑOR

    PG finalmente chegou em OKC

  • Chimbinha

    Pelo jeito a pick do Cavs vai ser mais valiosa que a do Nets

  • Bruno Araujo

    Nunca um técnico ganhou o COY tão cedo na temporada.

    • COY e MVP. Hahahahaha

      • Bruno Araujo

        Kkkkkkkkkk Baby Pop já virou lenda. Kkk

  • PJ Dozier n°35 ☇

    PG To DENVER!!!!
    felipe fernando Oliveira
    um dia atrás
    O que OKC precisa fazer.
    1. Portland Trail Blazers tem interesse em Carmelo Anthony, trocar Carmelo por Caleb Swan + picks.
    2. Trocar PG acredito que tem equipes interessadas. Raptors pega Lucas bebê + OG Anunoby.
    Nuggets, Hernangomes + Malik Beasley. Orlando Magic, Terrence Ross + John Isaac.
    Wizard, Kelly Oubre + picks
    Bucks, DJ Wilson + picks
    Jazz, Mitchel + picks.

    • Rodrigo T. Aragão

      HAHAHAHAHAHA

      Esse post tem que ser eternizado no Jumper. Mostrei pro Paul George e o hómi respondeu na noite de ontem.

    • Vitor Martins

      Eita! Briga entre as torcidas organizadas do Thunder no Jumper?

      • SÍ SEÑOR

        Vc n viu nada kkk

      • PJ Dozier n°35 ☇

        nem é, é q ele é mt louco msm kkkkkk

    • Indian!

      Que cara Debi mental

    • Bruno Macedo

      Fora que os jogadores que ele quer nessas troca ai nenhum é nem titular direito kkk, role players no máximo por dois all-stars ja consolidados.

  • Olavo #WeAreRipCity

    Não basta ter perdido em casa pro Nets (Sim, eu sei que o time do Nets é bem treinado e hoje tem mais talento do que nos outros anos, mas mesmo assim, não tem desculpa. Time que quer brigar por algo mais relevante esse ano tem que ganhar esses jogos), agora começa a ter problemas no vestiário por conta de rotação.

    https://twitter.com/BlazerFreeman/status/929222802288152576

    Sim, eu também sei que o Nurkic não está certo em fazer esse tipo de coisa e que ele deveria melhorar o comportamento a dele e a muito tempo (Seus anos em Denver já mostraram isso), mas eu sinceramente não sei o que deu na cabeça do Stotts em não colocar o cara pra jogar no último período.

    Se ele estivesse em uma partida ruim, algo que já aconteceu nesse ano, beleza, é compreensível. Mas o caso de ontem é quase inacreditável, porque o cara tava jogando bem (Mesmo tendo jogado menos de 1 minuto no último quarto, ele ainda terminou como cestinha do time na partida e com bom aproveitamento nos arremessos).

    Nets estava tendo problemas pra defender o Nurkic ontem, e o argumento dado pelo Stotts consegue ser ainda pior (Escolheu o Ed Davis pra jogar de C por conta do Small Ball do Nets).

    Sério, contra times assim é VOCÊ que deve dizer como o outro time vai jogar e não o contrário. Se o Nets quer jogar com um time baixo, problema é deles! Não tem porque dá prioridade pro lado defensivo nessas horas, quando seu C tá conseguindo produzir no ataque.

    Já vi muita gente pedindo a cabeça do Stotts alguma vezes nos últimos anos e sempre fui contra, e continuo sendo. Mas ontem foi um dos jogos aonde ele se perdeu e deixou o outro time ditar a forma de jogar, quando era o Blazers que deveria fazer isso. Essa L foi pra conta dele.

    • Rodrigo T. Aragão

      Derrotas assim que pode tirar os Blazers dos playoffs.

      Não pode vacilar no Oeste selvagem.

    • Nilton Junior

      Sumiu cara!!!

      • NEW BIG 3 #ZINGSFEARLESS

        Tbm ….perder pro nets deixa qualquer um surtado

    • Marcelo Desoxi

      Rapaz, se chutarem os Stotts, vai virar uma briga de foice no escuro entre uma pá de times da liga pra tentar contratar ele.

  • Doug

    Nao assisti à partida dos Bucks, mas quero acreditar q Bledsoe tenha impactado desde logo nesse time…o Puto precisava de alguém p ajudá-lo na armacao e no jogo de transição…terá menos a bola…acho q o time terá menos TOs agora…esperar p ver…e vitoria sobre Spurs sempre é relevante!

  • 76

    Qual a água desse pessoal de Boston? Sai todo mundo e os caras continuam ganhando

    • Vitor Medson

      Água Brad Stevens

    • Quem dera fosse algum misticismo, é pura qualidade do Stevens mesmo! #invejinha

  • RL23

    ☘️

  • 76

    D’Angelo Russell fazendo um temporada muito boa. Estava em uma franquia bagunçada, por isso n atingiu o nível que todos eperavam. Agora nesse novo Nets, vai deslanchar

  • Gustavo

    Brad Stevens é a personificação da expressão ‘Que homão da porra’

  • Danilo Celtics #Banner18

    paul george enfim estreiou

  • Danilo Celtics #Banner18

    mito larkin nunca critiquei

  • Bruno Macedo

    Boa vitória de Miami não foi o melhor jogo tecnicamente mas o time conseguiu ganhar e fora de casa isso já basta.
    Primeiro tempo jogou mal no segundo melhorou e ganhou com grande atuação do waiters como sempre no último quarto.
    Um dos pontos positivos nesse jogo foi a defesa no garrafão que mesmo com o gobert e favors não conseguiram se impor, pelos rebotes ofensivos do time do jazz deu pra ver 4 apenas, pra um time igual o Miami que começou a rodada como o que mais sofria pontos de segunda chance e permitia muitos rebs ofensivos foram muito bem nos rebotes defensivos, destaque pro hassan que pegou 15 defensivo.
    Outro ponto é o aproveitamento razoável nas bolas de 3 Miami tá com muita dificuldade nessas jogadas, mesmo jogando contra o jazz, conseguiu 40% lógico que não é um grande número mais hoje na NBA só 3 times tem aproveitamento a cima de 40%.

  • Mattews HeatNation

    Miami Heat aos poucos vai pegando no Breu ! Não tenho assistido aos jogos mas dá p perceber q a equipe pontua pouco mas pelo menos tb sofre poucos pontos…. Analisando pelo Box Score estou um pouco preocupado com os números do Winslow e do Richardson (nesses últimos jogos) Algum torcedor do Heat q assiste aos jogos com mais tempo pode me informar sobre o desempenho dos 2 ??? Valeu galera !

    • Bruno Macedo

      Falar a verdade o Winslow começou a jogar melhor agora nesses últimos jogos, ele tem um arremesso fraco e isso faz o spo utilizar ele como PF e fora de posição não tem muito a bola na mão pra fazer jogadas por isso o baixo rendimento.
      Já o Josh começou um pouco preguiçoso no ataque pra se movimentar, tomando decisões precipitadas também deve ser o jogador com mais TOs no time mas o spo ama ele kkk e ele é sempre o que mais joga, marca o melhor jogador do perímetro do outro time e tudo kkk.
      Mas o time tá começando a melhorar e eles vão ajudar bastante, lembrando que eles começaram a serem titulares esse ano.

  • Rafael Vieira

    Spo tem muito merito nesse time do Heat, Time com muito jogador limitado tecnicamente, mas esta jogando bem. Waiters as vezes da a impressão que ele tem potencial pra ser um jogador muito melhor, de mais de 20ppg por jogo, falta gana nele, mais vontade, querer ser melhor, ser um lider. Gustavo Lima moderador do site, agora que eu li ali, sobre você. Eu tambem sou da cidade de Ipatinga. Legal. #LetsGoHeat.

    • Bruno Macedo

      Waiters só joga bem no último quarto kkk ontem entrou com o time perdendo por 3 e comandou uma run de 13 pts, 10 dele e uma assistência pro Josh no corner pra 3.

    • Waiters dá raiva e depois dá um orgulho que só kkkkkkkk
      Cara, o Heat defendeu muuuuito no segundo tempo, claro que somando com a falta de qualidade do Jazz, mas tomamos somente 25 pontos no segundo tempo inteiro, sendo apenas O I T O no terceiro quarto! Que absurdo!
      Mas é fato que o time precisa evoluir ofensivamente. Também há outro ponto: o Heat não tem muita qualidade ofensiva, mas se fizessem a bola rodar mais, facilitaria pra geral.

    • Eu lembro que nas transmissões da ESPN, quando LeBron jogava no Heat, Zé Boca dava só dava crédito ao Pat Riley, Spo era tratado como pau mandado.

  • Fernando Henrique

    Celtics da aula sobre organização e trabalho coletivo, vida longa a Brad Stevens!

    Sobre o Brown, não desgostei do jogo dele. Foi um pouco afobado mesmo, mas na defesa fez a diferença positivamente, além de não se esconder na hora de virar o jogo, achei a atuação dele nesse momento decisiva pra vitória Celta

    Já temos noticias do Irving?

    • Tiago

      Não consegui achar nenhuma informação ainda sobre o Irving.

    • Tiago

      Parece que não foi diagnosticada concussão mas ele vai continuar sendo monitorado.

  • Indian!

    Esse time do Bulls e muito Ruim , acho que foi a vitória mais fácil que já vi do Pacers

    • João Vitor

      projeto doncic

  • Bruno Hornets🐝

    Se existe time mais pipoqueiro que o Hornets Deus guardou só pra ele…

    • Marcos Gordinho

      Castigo de Jordan por massacrar tantas equipes e jogadores top.

      • Daniel Nogueira

        Kkkkk

    • Marcelo Desoxi

      Quando disse que vocês não tinham nenhum jogador pra matar jogos, você discordou.
      E o outro pombinho disse que eu nem assistia os jogos para falar alguma coisa.

  • matheus

    E eu pensando que o meu querido Lakers vinha pra ter a pior campanha da liga mas tem uns times ai se superando né não ? Esse times do Bulls e Atlanta são pra lá de horríveis , e olha que meu Lakers ta longe de ser pelo menos ruim hahaha

    • Cara, o elenco do Bulls me dá arrepio e pesadelo de madrugada! Ahahahaha

    • Fernando Henrique

      O Mavs nesse inicio de temporada também, teve jogo que foi de sangrar os olhos

    • Vitor Martins

      Lakers também não tem incentivo pra perder, né? Bulls e Atlanta tão em modo tank, ai eles fedem mesmo.

      • matheus

        Concordo que o Lakers não tem incentivo pra perder, mas o time é RUIM e não condições de ganhar…Tenho esperanças com o Lakers para daqui a alguns anos, acho bem promissora a base jovem do time mas hoje é um pra lá de fraco, mas esses outros ai estão se superando haha

  • DNT

    Que jogão da porra esse Spurs x Bucks. Pelo lado do Bucks mais uma excelente partida do Antetokoumpo, o cara destruiu o jogo mais uma vez, apesar da duríssima marcação. Esse time tem um potencial gigante, do jeito que o Grego está jogando e com a adição do Bledsoe, eles tem grandes possibilidades de chegar nas seminais de conferência e fazer jogo duro, mas acho que difícil conseguirem chegar às finais, pois falta muita maturidade no jogo deles. Pelo lado do San Antonio o Pop está deixando o Lamarcus bem a vontade e o cara tá jogando bem….só não ganharam ontem pois erraram muito no final do jogo, mas teve momentos que o Bucks ficou entregue, devido principalmente a imaturidade de Milwaukee e a experiência do time do Popovich.

    • Joabe#GoSpurs

      Realmente mesmo com uma boa Atuação da defesa dos Spurs , o grego ainda se sobressaiu e fez a diferença, o Spurs esteve perdendo por 14, conseguiu reduzir para 2 pontos e teve a posse de bola para empatar, eis q surge Mills e mete uma tentativa de 3 com pouco tempo de posse de bola, pqp!! É nessas horas que o Parker faz a diferença, logo depois vem o bucks e sobe a diferença para 4 pontos e eis q me vem o 2 louco( Danny Green) no ataque, e tenta outra bola de 3 pontos e erra, aí acabou com as chances dos Spurs e o Bucks saiu vencedor.

      • DNT

        A bola era no LMA, o cara tava muito bem, perto do fim o jogo estava a dois pontos e os caras mandando tijolos de 3…..Pop deve ter ficado louco.

  • Vitor S.M.

    Qual o treinador merece o prêmio Brad Stevens, ops, COY, nessa temporada? Alguém ainda tem dúvidas?

    • Marcelo Desoxi

      O cara é gênio, mas ainda tem 69 JOGOS pela frente.

  • Daniel Nogueira

    Incrível como o roster do Spurs é limitado e mesmo assim conseguem manter uma campanha positiva. Patty Mills mal; Green monstro defensivamente, porém, inconstante no ataque, já me conformei com isso; K. Anderson, B. Paul, D. Murray, Bertans, um senhor de 40 anos, B. Forbes, sem falar que temos o garrafão mais soft da NBA com Lamarcão e Pau Gasol velho e cansado e sem peças de reposição pra rotação no garrafão, isso mesmo, nenhum reserva pra participar na rotação no garrafão do Spurs, 0, NADA, NOTHING; e, de quebra, nossos melhores jogadores estão contundindos.
    Esse time só tá com campanha positiva porque enfim, é o Spurs. Se fosse outro time com esse mesmo roster estariam 2-10.

    • Joabe#GoSpurs

      Concordo

      • Daniel Nogueira

        O que me assusta é o Spurs não ter big men pra dividir os minutos com ele e o Lamarcão. Lauvergne lesionado. Pop vai improvisando com o Gay de pivô. Não gosto disso.

        • Joabe#GoSpurs

          Tbem não gosto disso, mas o Tio Pop sabe o que tá fazendo. Agora isso de colocar o Gay numa posição 4, deve ser a influência do Small Ball q tá imperando na Nba

    • “Spurs é Spurs”. Não é atoa que Pop é o melhor técnico da NBA, um time limitado mas bem treinado, e vão se mantendo com recorde positivo a espera do Kawhi.

    • Ita

      Não acho que seja tão limitado assim, o problema é que perder o Kawhi, o time perde em todos os aspectos, ontem por exemplo, um fator decisivo foi não ter um jogador capaz de limitar o Gianis, sem contar a perca no setor ofensivo, fazendo com que no momento decisivo tenha q se apelar ao possante Andersom daí não da mesmo.

      Resumindo: Sem Kawhi o elenco aparenta ser ruim, com Kawhi os Spurs estariam provavelmente com uma campanha 10-2 e estaríamos dizendo “nossa como os Spurs faz esses jogadores jogarem tão bem”.

  • Albert Medeiros

    Clippers é uma bosta….

  • Leo

    Não consegui ver os jogos. Dormi no meio do jogo do Celtics hahaha. Mas é impressionante o trabalho do Brad com esse time. Os jovens estão evoluindo e mesmo com jogadores limitados vem apresentando uma grande campanha.

    Fiquei impressionado com os 43pts do Paul George e também com a campanha do Brooklyn

    • Alex Vilela

      O C’s tem muito o que o Thunder tem pouco, padrão de jogo muito bem definido, um time extremamente bem treinado.

      • Marcos Gordinho

        O chato é perceber que não precisaria chegar a um Brad Stevens para o OKC azeitar. Bastaria um técnico que definisse o papel de cada um dos all stars.

  • Leo #GoCeltics ☘🏆

    Na falta dos principais jogadores,o ataque do Celtics tem sofrido, 35% de aproveitamento mas ainda ganhamos.

    Isso graças a defesa,que atualmente é a melhor da liga, tem carregado o Celtics nessas vitórias,além é claro de um time bem treinado e muita raça dos jogadores.

  • Brad

    Antetokoumnpo é o cara mais divertido de se assistir na liga, sabe usar os atributos físico-atléticos na liga como poucos.

    • Marcos Gordinho

      Consegue esconder/minimizar deficiências técnicas impondo sua condição fisico-atlética. Semelhante a Lebron ( que tecnicamente é superior). Pelo que me lembro de Brandon Roy que abusava do nível técnico e sofria com lesões… melhor apostar em atletas sobrehumanos.

      • Guilherme Petros

        Sempre que leio Brandon Roy, escorre uma lágrima: que tristeza a carreira dele 🙁

  • PabloPierce34

    Parece que George destruiu contra o Clippers ontem né?

  • Renato

    Esse time do Celtics é MUITO FORTE defensivamente. A maior parte dos jogadores defende 3 posições diferentes, Stevens hoje é TOP 3 da NBA sem dúvida, e esse menino Tatum é perfil All Star, parece um veterano em quadra fora o seu talento que já era conhecido, Pierce foi muito feliz ao dizer que Tatum lembra ele com 6 anos de experiência na NBA. Essa equipe completa com Hayward de volta, tem chances reais de confrontar o GSW.

    • seldon

      precisa evoluir o ataque, mas essas contusões atrapalham.

    • Pedro Cortez

      Cara eu acho que os Celtics tem reais condições de vencer o GSW. Mesmo sem o Hayward