Desconhecido John Lucas foi o destaque do time de Chicago

No duelo entre os dois primeiros colocados da conferência Leste, melhor para o Chicago Bulls. Mesmo sem poder contar com o armador Derrick Rose (lesionado), o time de melhor campanha na temporada venceu o Miami Heat por 106 a 102. Com o resultado, o time de Chicago alcançou a 36ª vitória, a terceira seguida, em 45 jogos. Já o Heat perdeu a 11ª partida, em 42 disputadas.

O desconhecido armador John Lucas roubou a cena na partida. Vindo do banco, ele anotou 24 pontos e foi o cestinha do Bulls. Pelo lado do time da Flórida, a dupla Dwyane Wade e LeBron James anotou 71 pontos. Uma estatística que chamou a atenção foi o número de rebotes coletados por cada equipe. Enquanto o Bulls pegou 50 rebotes (14 ofensivos), o Heat conseguiu 34.

Destaques

Miami

Dwyane Wade: 36 pontos e sete rebotes

LeBron James: 35 pontos, cinco rebotes e quatro roubos de bola

Chris Bosh: 12 pontos

Chicago

John Lucas: 24 pontos

Joakim Noah: 14 pontos, seis rebotes e quatro tocos

Ronnie Brewer: 12 pontos e seis rebotes

Kyle Korver: 12 pontos

Luol Deng: 11 pontos e cinco rebotes

C.J. Watson: 11 pontos

 

Orlando Magic 111 x 122 San Antonio Spurs 

Na possível despedida do pivô Dwight Howard com a camisa do Orlando Magic, o San Antonio Spurs levou a melhor. Jogando em casa, o time texano venceu por 122 a 111. O destaque do Spurs foi o armador francês Tony Parker, que anotou 31 pontos e distribuiu 12 assistências. Com o resultado, a equipe de San Antonio chegou à 28ª vitória, em 44 jogos. Já o Magic perdeu a 16ª partida, em 44 disputadas.

Destaques

Orlando

Jameer Nelson: 25 pontos, cinco rebotes e sete assistências

Dwight Howard: 22 pontos, 12 rebotes e três tocos

Ryan Anderson: 19 pontos e oito rebotes

Hedo Turkoglu: 17 pontos

 

San Antonio

Tony Parker: 31 pontos e 12 assistências

Tim Duncan: 21 pontos e 13 rebotes

Manu Ginobili: 14 pontos

Tiago Splitter: 12 pontos, seis rebotes e dois tocos (18 minutos em quadra)

Kawhi Leonard: 12 pontos e seis rebotes

Richard Jefferson: 11 pontos e cinco rebotes

 

Cleveland Cavaliers 105 x 115 Milwaukee Bucks 

O Milwaukee Bucks segue em boa fase na temporada. Jogando diante de sua torcida, o Bucks venceu o Cleveland Cavaliers por 115 a 105 e se manteve na oitava colocação da conferência Leste. Com o resultado, o time de Milwaukee chegou à 19ª vitória, em 43 jogos. Já o Cavs perdeu a 25ª partida, em 41 disputadas. O pivô Drew Gooden foi o destaque da partida. Pela segunda vez na carreira ele alcançou o triplo-duplo: 15 pontos, dez rebotes e 13 assistências.

Destaques

Cleveland

Kyrie Iving: 28 pontos cinco assistências e oito erros

Alonzo Gee: 19 pontos, cinco rebotes e quatro roubos de bola

Daniel Gibson: 18 pontos

Antawn Jamison: 13 pontos e cinco rebotes

Milwaukee

Ersan Ilyasova: 22 pontos e oito rebotes

Mike Dunleavy: 21 pontos e cinco assistências

Brandon Jennings: 17 pontos, sete assistências e quatro roubos de bola

Carlos Delfino: 17 pontos e sete rebotes

Drew Gooden: 15 pontos, dez rebotes e 13 assistência

Luc Richard Mbah a Moute: 12 pontos e 13 rebotes

 

Charlotte Bobcats 87 x 107 Houston Rockets

Jogando em casa, o Houston Rockets não encontrou dificuldades para superar o Charlotte Bobcats, pior time da temporada, por 107 a 87. Com o resultado, o time texano alcançou a 24ª vitória, em 44 jogos. Já o Bobcats amargou a 35ª derrota, em 41 partidas. O ala-pivô argentino Luis Scola foi o cestinha do confronto, com 23 pontos.

Destaques

Charlotte

Derrick Brown: 15 pontos e quatro roubos de bola

Corey Maggette, Gerald Henderson, Reggie Williams e Byron Mullens: dez pontos cada

Houston

Luis Scola: 23 pontos

Goran Dragic: 14 pontos e dez assistências

Jordan Hill: 14 pontos e oito rebotes

Samuel Dalembert: 12 pontos e dez rebotes

Chase Budinger: dez pontos e nove rebotes

 

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • tay

    esse miami heat é muito irregular.