Meyers Leonard diz que quer permanecer no Blazers: “Essa é a minha esperança”

Ainda não sabemos se o pivô Meyers Leonard irá estender seu contrato com o Portland Trail Blazers até a deadline, no dia 2 de Novembro, mas o jogador já deixou bem clara sua vontade:

“Eu realmente amo esta cidade”, disse Leonard. “Eu adoro a organização e agora que uma oportunidade maior está se apresentando, eu acredito que mais pessoas estão me abraçando. Eu adoraria ficar aqui, essa é a minha esperança, mas não sei se vou ganhar uma extensão. Eu não sei o que vai acontecer depois deste ano. Vamos ter que esperar e ver”.

Neste momento, os dois lados estão na fase final deste modo “esperar e ver”. O presidente de operações de basquete Neil Olshey disse que vai começar a negociar com o agente de Leonard, Aaron Mintz, no final deste mês de Outubro. As duas partes não conversaram sobre o assunto durante a fase de treinamentos.

Quando as conversas começarem de fato, vários fatores irão influenciar o desfecho da negociação. Para o Blazers, em tese, seria mais barato extender o contrato do jogador agora, uma vez que a folha salarial irá explodir ao final desta temporada. Por outro lado, o time teria que apostar no potencial de Leonard.

O pivô de 23 anos deu algumas mostras de seu talento durante a última temporada, principalmente contra o Memphis Grizzlies nos playoffs, com médias de 7.8 pontos e 6.6 rebotes por partida, além de um incrível aproveitamento de 77% nas bolas de três. Durante o jogo 4 da série, Leonard anotou 13 pontos e pegou 13 rebotes.

O próprio jogador admite que suas boas participações foram apenas algumas pinceladas de seu trabalho.

“Foi só uma pequena amostra”, garantiu Leonard. “Mas estou muito confiante. Agora, toda vez que eu piso na quadra, eu sei que eu posso ser um fator: ofensivamente, defensivamente, arremessando bolas de três, armando jogadas para meus companheiros. Durante os playoffs, isso funcionou. E, individualmente, vou continuar trabalhando todas as facetas do meu jogo”.

Leonard, que deve começar a temporada como titular, na próxima quarta-feira (28), contra o New Orleans Pelicans, está sendo preparado para assumir uma função maior depois de três anos de desenvolvimento.

“É a hora dele”, disse o técnico Terry Stotts. “A oportunidade está aí, ele trabalhou forte para chegar até aqui e agora é hora dele carregar um peso maior nos ombros”.

A realidade é que, mesmo as duas equipes não chegando a um consenso até 2 de Novembro, dificilmente isto significaria o final da passagem de Leonard em Portland. Ao final desta temporada, o Blazers irá encaminhar uma oferta qualificatória ao jogador, algo em torno de 4.2 e 4.4 milhões de dólares, o que tornaria o pivô um agente livre restrito. Ou seja, Portland poderia cobrir qualquer oferta que o jogador – eventualmente – venha a receber de outras equipes.

De qualquer forma, agora ou na próxima offseason, se Leonard continuar sua trajetória ascendente, ele será recompensado.

“É como eu disse no dia da imprensa e é a verdade, meu agente está cuidando disso”, completou Leonard. “Se eu for bem, se eu for uma boa pessoa e vier aqui e competir dando o meu máximo todos os dias, tudo irá se acertar. Nada está sob meu controle. A única coisa que eu posso controlar é ser uma boa pessoa, ser um bom companheiro e ajudar o meu time do jeito que eu conseguir. Então é isso que eu vou fazer”.