Mike Woodson não é mais treinador do Knicks

Fim da linha para Mike Woodson. Como esperado, o New York Knicks anunciou a demissão do treinador de 56 anos e sua comissão técnica completa na manhã desta segunda-feira. Woodson, que estava no cargo há pouco mais de duas temporadas, não resistiu à decepcionante campanha da equipe neste ano e a não classificação aos playoffs.

“Mike, seus assistentes e os jogadores tiveram uma temporada extremamente difícil. A culpa pelos resultados não pode ser colocada em cima de uma única pessoa, mas é hora de uma mudança para começarmos a construção do elenco para o futuro. Nós estamos agradecidos pelo que Mike e sua comissão fizeram e desejamos o melhor”, declarou o presidente de operações da franquia, Phil Jackson, por meio de nota oficial.

Woodson havia assumido o comando do Knicks interinamente em março de 2012, depois da demissão de Mike D’Antoni, e foi efetivado meses mais tarde com um contrato de três anos. Na última temporada, ele criou altas expectativas em torno da franquia ao comandar os nova-iorquinos a 54 vitórias, o título da divisão do Atlântico e à primeira classificação em uma série de playoffs desde 2000. O sucesso, porém, tornou-se decepção rapidamente neste ano.

Uma das decepções da atual campanha, o Knicks conquistou apenas 37 triunfos e ficou de fora dos playoffs, na nona posição da conferência Leste. Em sua entrevista derradeira no cargo, o treinador chamou para si a responsabilidade pelo rendimento abaixo do esperado e defendeu o ala Carmelo Anthony das críticas que recebeu ao longo da temporada.

O ala-armador J.R. Smith lamentou a saída de Woodson, mas respeitou a decisão da direção de Nova Iorque. “Mike foi ótimo para mim e acho que fez um grande trabalho. Ele tratou-me como gostaria de ser tratado. Este é um dia triste para todos aqui. Não sei e nem devo julgar se foi uma decisão justa ou não. Phil Jackson venceu vários títulos, conhece basquete e nós confiamos em seu julgamento”, afirmou.

Espera-se que Jackson contrate um profissional mais alinhado com sua filosofia de trabalho para comandar o time na próxima temporada. Um dos nomes mais cogitados pela imprensa norte-americana para preencher a vaga é Steve Kerr, ex-atleta do Chicago Bulls e analista da ESPN que já manifestou a vontade de ser técnico recentemente.

[polldaddy poll=7984532]

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • O New York antes da temporada começar possuía um elenco em que todos acreditavam, no mínimo, em uma classificação nos Offs. Não foi o que aconteceu. O que vimos foi um time muito irregular, sem padrão de jogo, que muitas vezes contava com individualismo para resolver. Defesa pífia, facilmente o garrafão ficava à mercê do Ar.

  • Olavo

    Sinceramente , eu não acredito que Woodson foi o principal culpado pelo desempenho do Knicks ( como ele próprio disse ) .
    Houve muito corpo mole por parte dos jogadores , achando que poderiam fazer o mesmo que o Heat faz na temporada regular , pensando que a vaga já estava assegurada , esperando apenas os offs chegarem.
    Mas , Phil Jackson sabe o que faz….

  • oshiro

    JR Smith patético desde que levou o Sixth Man of the Year

  • Espero uma revolução no Knicks, uma franquia com este peso não pode deixar de ficar fora dos Offs, uma franquia com o nível de investimento que tem o Knicks não pode ser tão mal administrada como vem sendo o Knicks nos ultimos tempos, sou um torcedor fanático e espero não só boas campanhas a partir de afora como um título futuramente, pra isso é necessário uma reestruturação e por isso o Phil Jackson foi contratado, agora a culpa não é somente do técnico.

  • Jogador Estrela!

    A maior razão do insucesso dos Knicks é o time em si não o técnico. Woodson não era o melhor do mundo mas também não era o pior. Lembremos o excelente trabalho que fez em 11-12 quando tomou posse do time de 9 ou 10 ainda ergueu o time ao playoffs e jogando bonito. No ano passado o time era candidato ao título e jogava bonito, infelizmente lesões nos playoffs fizeram que com que o time fosse eliminado na segunda ronda.

    • ivanknicks

      Espero que as coisas realmente mudem no Knicks para as próximas temporadas, não é possível uma franquia ser tão mals administrada nos ultimos anos como o Knicks, a franquia mais valiosa da NBA

  • JPcortes

    cara nao acho ele tao horrivel, mas ele perdeu totalmente o controle do time, tinha que vazar mesmo

  • ivanknicks

    Sou torcedor fanático e a vinda do P-Jax me encheu de esperança que a mentalidade vencedora dele possa vir junto, realmente foi uma decepção a temporada do time da Big Apple, pelos jogadores, pelo investimento, pela torcida, não dá somente para entrar nos Offs para participar, tem que entrar como favorito para ganhar, assim como o Heat hoje o é, entra nos playoffs para ganhar e o Knicks tem que fazer igual, dinheiro não falta a franquia, agora tem um cara que tem tudo pra mudar o estado de coisas que prevalece desde meados dos anos 2000, com a era Isaiah Thomas / Stephon Marbury e afins.

  • L.Avila

    Também não acho ele tão ruim mas evidente que deveria haver mudança até para que o time seja atraente para os free agents especialmente Melo, uma coisa seria fundamental se livrar do contrato do stoudmare, será que phil consegue?

  • Michel Moral

    Não interessa se o cara é bom ou não. Foi feito o que tinha que ser feito.

    Não tem essa de ficar achando culpados. O projeto falhou e a franquia precisa de mudanças. Começou com a chegada de Phill Jackson e agora é a demissão de Woodson. Creio que alguns jogadores devem ser negociados e o time vai recomeçar do zero.

    Acho que o pessoal está dando muito ibope para a chegada de Odom. De início, será igual Rasheed, se der deu, se não der, vaza. Não acredito que o time fez isso pensando em uma solução, mas sim uma alternativa ou mera possibilidade. Aliás, com exceção do Prigioni nenhum veterano tem tanto tempo de quadra. E os caras ficam malhando eles…

    O problema é o time principal jogar o que jogou.

    Miami tem um monte de velhos no banco, que não valem mais nada, diga-se de passagem, com raras exceções, e o pessoal não fala nada. Os veteranos que o NY contrata são peças para composição de elenco, terceira ou quarta opção no banco.

    O que não dá pra aguentar é o JR Smith passar metade da temporada desamarrando tênis de adversários, pagando multa, etc.. Diferente do que o pessoal fala, eu acho ele um bom jogador. Garanto que se fosse colocado a disposição, teria UM MONTE de time atrás.

    • “Miami tem um monte de velhos no banco”. Bob McAdoo e o Ron Rothstein não contam irmão hahahahha. Brincadeiras a parte, sim, o time esta envelhecendo.
      E ps: nunca mais defendo o Woodson.

  • caio_l

    Eu ainda penso que maior problema do NY são esses contratos amarrados e caros por jogadores de qualidade duvidosa, são quase 80 Milhões U$ e você não vê um time decente, tendo só um jogador que vale a pena ter no time que é o melo, o maior trabalho o P-Jax será fazer bons negócios e se livrando de certos jogadores.

  • Luiz Henrique Santos

    O Knicks estava precisando desta mudança e como comentou o Michel aí em cima, “Não tem essa de ficar achando culpados”, o técnico é uma das partes de um quebra-cabeças que parecia não se encaixar, o Knicks fez o certo e ainda deu tempo a ele para ver se ele conseguiria mudar o panorama e apesar da evolução do time no fim da temporada regular ele (Mike Woodson) não conseguiu levar a equipe nem aos Playoffs, algo que uma franquia deste tamanho e com estes investimentos não pode suportar, nem aceitar, por isso foi a demissão em si nem tanto pelo técnico (a discussão de ser ou não um bom técnico), mas sim pelo futuro da franquia (em que também faz parte o Head Coach), contudo não é apenas o Head Coach.

  • Melhor noticia para os torcedores do Knicks no ano,rsrs

  • LFC

    Algumas considerações sobre os Knicks:

    – Já estava na hora de demitir o Woodson, que não é mau treinador e não parece ser má pessoa, mas o desgaste (falta de entrosamento, falta de defesa, ataque, jogadas…enfim) fez com que esta situação (sua saída) se tornasse inevitável. O primeiro passo já foi dado, falta contratar um técnico competente. Se bem que improvisar o Phil jackson não seria ruim. Uma boa opção seria promover o Raymond Felton ao cargo, já que em quadra…né.

    -Vai pra loteria sem picks…sensacional rs

    -Ah, a questão dos contratos: Talvez seja o maior problema. Contratos extensos a jogadores problemáticos (oi JR Smith), sem alma, sem garra, sem vontade de vencer, com um EGO do tamanho do mundo mesmo sem ter ganho nada e pior, para jogadores que, nem em seus melhores momentos, mereceriam estes valores.

    -Carmelo Anthony. Sou fã dele, grande scorer, meio crazy-sooter é verdade, mas Top 3 da NBA atualmente, No entanto, seu salário é muito alto (ganha mais que LBJ e KD). E mais: não acho Melo o tipo de jogador para montar um time tendo-o como referência, já que, NA MINHA OPINIÃO, não é um cara que conduza uma equipe ao título. É o mesmo caso de Rondo (quem sabe juntos eles não possam né? rs).

    -Trazer um PG Top. Um nome cotado é o de Kyrie Irving.

    -Mandar Smith, Felton, Bargani, Stoudemire, Martin embora o quanto antes

    • M Dias

      Boa análise colega!

  • Alysson

    Steve Kerr cotado. Conhece muito de basquete, mas nunca treinou. Com o Phil lá pode ser uma boa combinação …
    Acho q o Phil não quer trazer técnicos medalhões, pois iria limitar a atuação dele. Se for nesse perfil, o Kerr pode ser uma boa aposta.
    Falando em Knicks, com o possível aumento de 5 milhões do CAP pra ano q vem, as chances do Melo ficar vão diminuindo. Bulls de olho.

  • acertou ao mandar o woodson embora mais vai errar se trazer o steve kerr nunca treinou ninguem tem que tentar o doc revers. um armador top tipo: rondo ou kyrie irving felton não dá. e um ala-pivo tipo kevin love. ai sim quanto a barca pode levar: chandler,felton,martin,shumpert,barguinani,prigioni,tayler,brown ja daria uma boa aliviada na folha salarial para pivô eu apostaria no amare alem de um baita jogador e ja que não é facil repassa-lo pelo alto salario.

  • Anônimo

    Vai tarde, Woodson. E o J.R. Smith deve estar triste mesmo, afinal fazia o que queria e o técnico passava a mão na cabeça. Podia ir na mesma barca com o Woodson, Felton, Bargnani e por ai vai… Woodson até aparenta ser uma boa pessoa, mas estava no lugar errado. Espero que seja feita uma limpa neste elenco acomodado também.

  • Vai tarde