MVP das finais, Kawhi Leonard celebra fim de polêmicas com título: “É para isso que jogo”

Kawhi Leonard está de volta ao topo da NBA. O astro conduziu o Toronto Raptors, depois de anos de críticas e decepções, ao inédito título da liga em sua primeira campanha na equipe canadense e ganhou o segundo anel de campeão da carreira. Foi a coroação de uma temporada de redenção pessoal, iniciada com a conturbada saída do San Antonio Spurs e recuperação de insistente lesão no quadríceps.

“Eu trabalhei. Continuei trabalhando duro, sem parar. Minha mente esteve focada no objetivo que conquistei aqui. Vim para outra conferência e, por sorte, encontrei um time com essa mesma mentalidade: levantar o troféu. É para isso que eu jogo basquete, que treino as férias inteiras e ao longo da temporada. Estou feliz por ver que tudo valeu a pena”, comemorou o MVP das finais, após a vitória decisiva.

pedido de troca ao Spurs veio cercada por críticas e suspeitas, em meio a uma guerra pública com médicos e dirigentes da franquia sobre a sua condição de jogo. A torcida chegou a acusar Leonard de simular a contusão para não ter que voltar a atuar em San Antonio. As alegações foram um golpe doloroso para o outrora ídolo local, mas fizeram com que se “blindasse” ainda mais da opinião de terceiros.

“Muitas pessoas duvidaram dos meus problemas. Pensaram que eu estava fingindo uma lesão ou que simplesmente não queria jogar. Isso foi bastante decepcionante para mim, pois amo basquete. Para superar essa situação, precisei confiar mais do que nunca em mim mesmo. Eu sei o jogador que sou e como sinto-me. Não podia preocupar-me com o que qualquer outra pessoa pensasse”, desabafou o craque.

Sua chegada ao Raptors, para piorar, também foi envolta por um relativo clima de dramaticidade. Leonard foi adquirido em uma polêmica troca que incluiu o maior atleta da história da franquia canadense, DeMar DeRozan, o que causou revolta por parte do jogador e parcela dos torcedores. Por sorte, ele encontrou ambiente muito mais centrado dentro de um plantel “faminto” por vitórias.

“Desde a primeira reunião com o elenco, o meu foco esteve no momento. Em fazer história aqui. Foi isso que fiz. Sabia que existia um grupo talentoso aqui, por conta de suas campanhas anteriores, e cheguei com a mentalidade certa. Olhei para Kyle [Lowry] e disse: sei que seu melhor amigo foi embora, mas faremos algo especial. Ele concordou. O resto é história: aqui estamos hoje”, resumiu o ala de 27 anos.

Mas o título não apaga todas as perguntas e polêmicas arrastadas por Leonard nos últimos dois anos. Uma questão ainda permanece: agente livre irrestrito dentro de alguns dias, o craque vai seguir em Toronto ou mudar-se para outro time? “Agora, eu vou celebrar essa conquista com meus companheiros e treinadores. Isso é algo para pensarmos depois”, despistou, mantendo uma última dúvida no ar.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Allan Lopes Soledade

    Além do talento inegável, Kawhi tem uma mentalidade vencedora altíssima. Já entrou para a história e merece muito isso.

    • VictorLakers

      famosa mamba mentality

    • Dan #Chicago trust the process

      claw mentality

  • LE-MELHORDAHISTÓRIA-BRON

    Chega terça no Lakers!

  • Temporada de redenção. Depois de duvidarem do interesse dele pelo jogo e ter sido acusado de corpo mole, provou que por mais esquisito que pareça, quem aparentemente estava errado na história era o Spurs.

  • Guilherme Petros

    O X da questão agora é: ele vai ou fica?

    • Maicon Gomes

      Espero muito que fique, ou que caso saia do Raptors, que ele continue na conferência Leste.

      • Francimarques Lakão

        Espero q venha ao Oeste pro Lakers e quebre os dentes dos otários do Spurs que não quiseram enviá-lo a LA.

        • Maicon Gomes

          Vocês já pegaram o Davis, tá bom já po kkk.

        • Andre Nascimento

          nenhum pacote dos lakers poderia ser melhor que DeRozan e Poeltl.

          • Francimarques Lakão

            Antes disso já haviam vetado.

        • Pablo Leite

          E o Lakers ofereceu o quê?

  • Wilker Pereira

    Será q vai se juntar a panela q o Lebron está montando lá no Lakao da massa?

  • Francimarques Lakão

    Gostei do título de Toronto muita festa, muita alegria, mas gostaria dele no Lakers ao lado de LeBron e AD, e danem-se os que não curtem uma boa panela em sua franquia, e que quebre a boca dos otários que não queriam ele nos Lakers, inclusive alguns de San Antônio, o barulho que Kawhi faria nessa FA seria impagável. 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

  • Alexandre Wagner

    Que venha pro Clipão, ele já provou o que tinha que provar em Toronto.

  • Pablo Leite

    Se tornou um grande jogador, mas considero a saída dele dos Spurs muito mal administrada. Toda a história envolvendo o staff dele, a intransigência…