Na briga por playoffs, Gregg Popovich admite: “Spurs pode estar ficando sem gás”

A disputa por uma vaga nos playoffs da conferência Oeste está totalmente aberta a menos de seis semanas do fim da temporada, com apenas 2.5 jogos separando os terceiro e nono colocados na classificação. E, com tantas equipes em aparente viés de subida, o San Antonio Spurs parece cada vez mais em perigo: o time texano, que parecia tranquilo, perdeu oito das últimas dez partidas que disputou.

“O mundo dá voltas. Nós estávamos bem encaminhados para ficar com a terceira posição do Oeste até outro dia. Agora, estamos lutando para conseguir continuar na zona de playoffs”, resumiu o veterano Manu Ginobili, após a franquia sofrer sua quarta derrota consecutiva em casa. Os comandados de Gregg Popovich não acumulavam tantos reveses seguidos como mandantes desde janeiro de 2002.

O Spurs passou a maior parte da temporada na terceira colocação do Oeste, mas, com os últimos resultados, já caiu para o sexto lugar na conferência. Com isso, a fantástica sequência de 18 anos consecutivos com 50 ou mais vitórias dos texanos não deverá se estender. Para o treinador Gregg Popovich, os rumos recentes da campanha da franquia não deixam de ser bastante desapontadores.

“Esse momento é muito decepcionante para todos aqui porque queríamos retomar de onde paramos nos últimos playoffs: vencemos 61 jogos, chegamos à final do Oeste. Nós tínhamos altas expectativas e, mesmo sem Kawhi Leonard e Tony Parker, estávamos bem. As lesões não podem ser usadas como desculpa, mas sinto que meio que atingimos nosso teto”, avaliou o experiente técnico.

O drama promete seguir por muito tempo no Spurs: em termos de aproveitamento dos adversários, a equipe vai enfrentar o calendário mais difícil da liga até o fim da temporada regular. O veterano elenco está acostumado a encarar desafios e ainda possui pequena vantagem sobre alguns dos concorrentes na disputa. Mas, para Popovich, o maior inimigo do time pode estar além dos seus oponentes.

“Fomos uma das duas defesas mais eficientes da liga por boa parte da temporada, mas, nos últimos dez jogos, estamos na 22ª posição nesse quesito. Isso resume nossa situação atual. O elenco não mudou. Esses jogadores trabalham, importam-se com o que acontece. Não há nada de corpo mole. Então, nós podemos estar simplesmente ficando sem gás”, reconheceu o treinador.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Rodrigo SMC

    O time titular contra o Lakers foi doido de ver: Dejounte Murray, Patty Mills, Kyle Anderson, Davis Betrans e Pau Gasol.

    Mesmo assim, você vê a equipe nos playoffs a temporada inteira. Isso é Pop.

    • Pedro Cortez

      isso eh time pra first pick

  • Ramon

    Não adianta lamentar Popovich. A única coisa que vcs fizeram nos últimos anos foi trazer o aldridge pro lugar do Duncan e acharam que estava tudo resolvido. Fecharam os olhos para os verdadeiros problemas da equipe como Mills como armador principal, Parker que está curtindo a aposentadoria no banco do time, os vovôs Ginobili e Gasol, o Gren que só está enganando a muito tempo. Ficaram vivendo do passado e esqueceram do presente. Agora estão pagando o preço do comodismo. Já era playoffs kkkkk

    • Brinell Arcanjo

      Mesmo assim foi final de conferencia ano passado.

      • Vinícius Maia

        Mas isso não quer dizer que o elenco é bom e sim que pop é um gênio e que o Leonardo deixou de ser “mais um all star” e se tornou um verdadeiro franchise player capaz de conduzir uma equipe a um título. Spurs se acomodou com um elenco de apoio com pouco talento e pouco Atlético numa era onde o jogo parece exigir cada vez mais vigor físico de seus atletas. A diretoria sempre foi tímida em suas movimentações. Leonardo e aldridge foram boas contratações, mas e o resto? A diretoria apostou em Paul gasol, por exemplo, que já estava velho e nitidamente em declínio, quando poderia ter tentado contratar algum jogador mais jovem que poderia sair mais barato e entregar o que o gasol entrega hoje. Enfim, pelo menos os responsáveis estão acordando e vendo que precisam ser mais ativos no mercado, mas eles já deviam ter despertado para isso a uns três anos, pelo menos.

  • Carlos Eduardo

    Pois é, tirando o Kawi, n houve uma renovação no elenco, deu no q deu.

  • David Ribeiro

    Pra mim ainda duraram muito tempo no topo sem Leonard

  • Thiago / Coming up ASG

    O lado bom é que podemos ver um Spurs bem ativo no mercado.

    • Brinell Arcanjo

      Principalmente pra PG. Murray não dá e parker não é nem de perto o que ja foi um dia. C também mas acho a posição 1 mais crítica.

      • Rodrigo Oliveira

        Faltou combinar com Cap né, vai ter que trocar Gasol, Green para trazer outros.

        • Brinell Arcanjo

          Ultrapassa o CAP, todos os times estão fazendo isso mesmo, parker está no ultimo ano de contrato e acho q não renova, ou se renovar vai ser igual manu só 2 milhões por temporada e não os 15 q ele ganha hj.

  • Damon

    também depois de 20 anos consecutivos disputando o titulo. Uma hora tinha que acabar kkk

  • Pablo Leite

    O problema dos Spurs são alguns: não está conseguindo achar aqueles jogadores abaixo do radar que em algum tempo se tornam importantes, já que por estar no topo do draft sempre pega as sobras, o envelhecimento de Parker e Ginobili e o excesso de lesões. Leonard, Aldridge, Parker, Gay, Ginobili e talvez outros já passaram pelo departamento médico ou estão por lá. Aí fica difícil. O time não tem ritmo. Hoje mesmo a partida com o Memphis foi horrível. Com a tabela difícil, o Jazz voando e os Nuggets contando com o Millsap novamente, tenho medo sinceramente de o time ficar de fora dos playoffs.

  • Brinell Arcanjo

    Torço Spurs e essa é a primeira vez que estou com receio deno time nao ir aos playoffs. Porém confio no POP acho q ele vai conseguir fazer milagre mais uma veZ.

  • Vinícius Maia

    Acho que o maior problema do Spurs foi acomodação. Parece que pop e a diretoria pensaram que enquanto tivesse remanescentes do trio Parker/ginobili/Duncan, eles conseguiram fazer milagres. Já era para a diretoria estar trabalhando numa renovação do elenco desde o último título e quando falo de renovação, não falo de rebuild completo, mas sim de adicionar um pouco de juventude nesse time. Com o histórico que o Spurs tem, se estivesse trabalhando nessa renovação desde que conquistou o último título, não seria difícil os caras estarem com um elenco de apoio similar ao que o cavs conseguiu nas últimas trocas. Não estou querendo dizer que o elenco do cavs é espetacular, mas é um bom elenco de apoio. Leonardo, aldridge, ginobili e Parker acompanhados por um elenco de apoio mais jovem como o do cavs, com pop no banco direcionando o time, seriam fortes candidatos ao título.

    Ps: citei o atual elenco de apoio do cavs como parâmetro pela juventude e por ter peças que contribuem bem, como Clarkson, Larry Nance Jr. e Rodney hood. Não estou dizendo que o Spurs deveria ter ido atrás desses caras exatamente, mas de jogadores jovens e que somam como eles.

    • Brockbell

      Talvez seja acomodação, mas entendo o que vc quer dizer, principalmente depois que passaram várias chances de trazer jogadores bons, principalmente para PG, e nada.
      Mas o Spurs vai aposentar 3 lendas lá, que não vão ser moedas de troca nunca (1 já foi, Duncan, falta Parker e Ginobili). Esses 2 vindo do banco rendem, mas e o time titular?
      Temos Leonard, e a volta do bom jogo de Lamarcus, além de que Gay e Gasol estavam entrando em ritmo, mas esses 4 estão sofrendo com lesões e ai acabou o time titular.
      Simmons quis sair e faz falta, e Mills e Bertans ambos não tem calibre para ser titular, e o trio Murray, Forbes e Anderson ainda tem muito o que desenvolver.
      Creio que existiu muita confiança no retorno de Parker, faltou uma busca mais forte para PG, e vemos que ele rendo muito mais vindo do banco.
      Ah e ano passado já estava visível a KawhiDepêndência, fato.
      É bom isso acontecer, ter esse susto, para a diretoria ver que não adianta trazer jogador meia boca para Pop fazer milagre, com o salário de veterano que Parker vai receber na próx temporada essa é a hora de trazer jogadores, ao menos 2 realidades, só não sei quem estará disponível e disposto.
      E no mais é aproveitar o esporte e ter paciência, todo time passa por esse momento.

  • Marcelo Desoxi

    Acho que estão exagerando um pouco… a situações do Spurs é complicada pelas lesões porque se estivessem todos saudáveis ainda seria um time top 3/4 seed.
    Parker – Kiwhi – Big Truck (qualquer um menos o Green) – Aldridge – Gasol, é um ótimo time titular.
    Ainda tem umas peças na rotação que o Pop faz mágica.

    A questão é que, se for pra pensar em montar um time pra vencer 4 jogos do Golden State, ai sim eu concordaria que falta muita coisa no Spurs.

    • Brockbell

      A lesões foram dominantes, é complicado falar da temporada, mas Parker não pode ser mais titular. Sou fã do francês, mas a idade chegou, ele e Ginobili vindo do banco ai sim.
      E essa confiança que tiveram no retorno de Parker não rendeu (e já era visível) e SA vem sentindo muito a falta de um PG.
      Se tivessem buscado um Lowry, Chris Paul, IThomas, Irving, ou até msm o Rubio, qualquer um desses jogadores que estavam no mercado, a ausência de Leonard seria menos sentida.

  • Diego Costa

    Mais 2 temporadas de Gasol ganhando 16 milhões, +3 de Mills ganhando 12. Green deve exercer a player option de 10m. Aqui vemos que até uma franquia organizada historicamente, entrou na onda de cometer um monte de loucuras. Fora que o LA deve passar seus últimos anos de alto nível lá. Spurs entrou numa situação bastante complicada, vai ter que se virar com o que tem nessa e na próxima temporada. Não vejo lebron indo pra lá. Vai ter que agir direito na FA, se desistissem da loucura. Eu tentaria um IT e um Noel, na mão do pop, poderiam render muito bem.

    • marcelo pinaffo

      Da onde vc tirou 16 milhas pro gasol?

    • Caseh

      Os contratos do Mills e Green não são nada absurdos. Se os caras hoje decaíram bastante são outros 500

  • marcelo pinaffo

    Rebuild geral, fora pop, tecnico de merda, diretoria incompetente.
    Pqp, era so o q me faltava, crise nos spurs. Rs
    A galera pensa q isso e futebol, q tem q trocar toda hora,
    Ai ganha quatro seguidas, volta tudo ao normal. Galera, menos vai.

  • Nada é pra sempre, muito menos uma hegemonia. O time do Spurs HOJE é absolutamente horroroso. Ainda está onde está por ter um gênio no comando.

    • Rodrigo Oliveira

      Falou tudo, ele mesmo nem cobra os caras pois já sabe que não tem mais como tirar talento dali.Ta na hora do manager dar uma renovada na equipe trazer caras mais novos, e deixar Gasol e Gay partirem .

  • Rafael Victor

    Resumiu a porra toda: Atingiram o teto e tão ficando sem gás!

    Até tavam se virando muito bem sem o Kawhi, mas agora a briga é pra não ficar de fora dos Playoffs! É isso aí!

  • O momento é complicado sim, mas ficar fazendo experiências no quinteto titular também não ajuda, claro que tem q haver mais comprometimento dos jogadores, porém o elenco sem Kawhi tá cheio de apostas, e jogadores que não fazem realmente a diferença, mas são inseridos no sistema da equipe porque o Popovich é um puta técnico, acho que mesmo se classificar é a tendência que os playoffs sejam um fiasco…

  • Guilherme

    O time de San Antonio sem Kawhi é BEM comum. A sorte é que tem, possivelmente, o maior treinador da história da NBA no banco. Não tem muito mistério, vão penar pra segurar essa classificação e provavelmente, serão eliminados na primeira rodada dos playoffs.

  • Don

    Como a moda da liga é tank, não ficaria surpreso brotarem sugestões que o ideal pro Spurs era trocar todo mundo por pick e expirantes e esperar boa escolha de draft pra “não ficar nesse caga e nem sai da moita”.

    Spurs não chegou em uma situação “incômoda” por comodismo, de certa forma eles pagam pela filosofia da franquia de valorizar muito seus atletas, seja manutenção de jogadores em fase descendente por idade/questões físicas, seja das peças que foram apoio em momentos de glória, mas que obviamente são incapazes de guiarem o time a esses períodos sendo protagonistas.

    • Ramon

      Se não foi comodismo então foi incompetência. Desde a saída do Duncan já poderiam planejar a formação da equipe para as próximas temporadas, visto que era evidente que aquela formação vitoriosa estava na decadência. Exceto a vinda do aldridge, nada foi feito. Admiro respeitar o jogador que elevou o nome da franquia, inclusive com títulos e tudo mais, mas infelizmente nem todos tem a mesma consciência em não atrapalhar o time como Duncan teve. O nível é muito alto na liga, principalmente no Oeste, e não da pra cochilar, se não o bonde passa por cima. É exatamente o que está acontecendo com o Spurs, está sendo atropelado.

      • Don

        “É exatamente o que está acontecendo com o Spurs, está sendo atropelado.” – isso ignorando que o elenco está sendo mutilado por lesões, que ainda se mantém em classificação aos playoffs e que fez grande campanha temporada passada – atrapalhada exatamente por… lesões.

        Mesmo sem esses problemas o time brigaria pelo título? Provavelmente não (já que em toda liga somente uns três times condições disso), porém estariam em situação muito mais confortável, amenizando questionamentos quando as posturas recentes do time, especialmente as que parecem tratar a franquia como terra arrasada e que demoraria anos para voltar a ser relevante, o que não é o caso.

  • Gustavo – DefendTheLand

    Com esse time horroroso e o Kawhi de fora, eu teria partido pro tank. Lembrando que isso ja aconteceu com o Spurs uma vez, quando o almirante lesionou e eles tiveram sorte na loteria e acabaram draftando o TIM DUNCAN, formando as torres gêmeas. Sei que esse papo de tank n agrada muita gente mais quando se tem um cara igual o pop e tanto talento assim no draft, talvez ficar de fora 1 ano dos offs n seja má ideia, ja que o Kawhi só tem 26 anos. Dois anos com o pop e um talento desse draft poderia montar uma nova dupla vencedora em SA.

    • KleineBosch

      Por que não partiram pro tank nesse ano, né? A história da franquia tá aí pra mostrar que um tank de uma temporada só depois da lesão do principal jogador dá certo.

    • Diego Costa

      Mais fácil o TY LUE virar um grande técnico do que o Spurs tankar. Com pop isso jamais aconteceria. E eles não contavam que o Kawhi ia demorar tanto tempo assim