“Não podemos avançar temporada direto para os playoffs”, afirma LeBron

A temporada da NBA está suspensa desde 11 de março, quando Rudy Gobert foi confirmado como primeiro caso de coronavírus entre atletas da liga, e ainda não tem data para retornar. Por isso, o que não faltam são dirigentes e jogadores opinando sobre o futuro da competição. LeBron James também tem uma posição bastante definida sobre o retorno das partidas: ele rejeita a chance de “pularmos” o fim da campanha regular e retornar diretamente nos playoffs. 

“Não podemos avançar a temporada dessa forma. Acho que precisamos de uma semana e meia de treinamentos e, então, uns cinco a dez jogos para estarmos prontos para a pós-temporada. Estava quase lá, do ponto de vista físico. Sentia que estava muito perto de estar preparado para a disputa dos playoffs. O privilégio de descansar, em especial quando se está no auge do condicionamento, é exagerado”, avaliou o astro do Los Angeles Lakers

O dono do Dallas Mavericks, Mark Cuban, cogitou nessa semana que os jogos da NBA poderiam ser retomados, sem público, já em maio. Mas a previsão é extremamente otimista, pois os EUA acabam de ultrapassar a Itália como o país com mais casos registrados de coronavírus no planeta. Segundo Adrian Wojnarowski, da ESPN, a expectativa mais realista e otimista é que a volta das atividades da liga aconteça na segunda quinzena de junho. 

O Lakers é o líder da conferência Oeste e time de segundo melhor recorde da temporada, com 49 vitórias em 63 jogos disputados. A equipe teria 19 partidas a disputar antes do início dos playoffs. 

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.