NBA Awards 2018 – James Harden é eleito MVP da temporada

A NBA premiou, nessa segunda-feira, os destaques da temporada 2017/18. A segunda edição do NBA Awards foi realizada em um hangar do aeroporto de Santa Monica, na Califórnia. O prêmio mais cobiçado da noite, o de Jogador Mais Valioso (MVP) foi entregue ao ala-armador James Harden, do Houston Rockets.

Harden é segundo jogador na história da liga a ser eleito MVP e sexto homem (prêmio que ele conquistou em 2012, quando ainda atuava pelo Oklahoma City Thunder). O primeiro havia sido Bill Walton, escolhido jogador mais valioso em 1978 (pelo Portland Trail Blazers) e reserva do ano em 1986 (pelo Boston Celtics).

Vale dizer que Harden havia batido na trave duas vezes, quando foi o segundo mais votado para MVP, em 2015 e 2017. Para receber o troféu, o astro da equipe de Houston subiu ao palco junto com sua mãe e agente, Monja Willis.

Sob a liderança de Harden, o Rockets fez a melhor campanha de sua história, com 65 vitórias e 17 derrotas. O time de melhor campanha da temporada regular foi batido na decisão da conferência Oeste pelo Golden State Warriors, em uma eletrizante série de sete jogos.

O detalhe é que, de 2014 para cá, três atletas que foram draftados pelo Thunder conquistaram o MVP da liga: Kevin Durant em 2014, Russell Westbrook em 2017 e Harden neste ano. Eles atuaram juntos por três temporadas e ajudaram o time de Oklahoma City a chegar às finais da NBA em 2012. Na ocasião, o Thunder foi batido pelo Miami Heat liderado pelo trio LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh, em uma série de cinco partidas.

Assim como na edição do ano passado, o evento teve sua plateia composta por atletas e seus familiares, dirigentes e ex-jogadores, sem a presença de torcedores. O comediante Anthony Anderson, que atualmente faz sucesso com a série Black-ish, foi o mestre de cerimônias, e o rapper Travis Scott fez uma apresentação musical.

Aniversariante do dia, o ex-pivô Dikembe Mutombo foi agraciado com o prêmio Sager Strong, em alusão ao repórter Craig Sager, da TNT, que faleceu em dezembro de 2016 vítima de uma leucemia. Além de ter brilhado na NBA, Mutombo é conhecido por fazer diversos trabalhos humanitários na África, especialmente na República Democrática do Congo, onde nasceu. Entre algumas de suas realizações estão a construção de um hospital infantil que leva o nome de sua mãe e a Fundação Dikembe Mutombo, que também ajuda crianças órfãs.

Outro homenageado na cerimônia foi a lenda Oscar Robertson, que recebeu o prêmio pelo conjunto da obra (Lifetime Achievement). Eleito MVP de 1964 quando atuava pelo Cincinnati Royals (hoje Sacramento Kings), campeão da NBA em 1971 pelo Milwaukee Bucks e recordista de triplos-duplos na liga (181), o ex-armador, de 79 anos, recebeu o troféu das mãos de seu ex-companheiro Kareem Abdul-Jabbar e do ex-jogador e atual comentarista da TNT, Charles Barkley.

Durante a homenagem a Robertson, o lendário Bill Russell, um dos maiores jogadores de todos os tempos e 11 vezes campeão pelo Boston Celtics, e vencedor do Lifetime Achievement de 2017, foi flagrado pelas câmeras mostrando o dedo do meio para Barkley, no momento mais impagável da cerimônia.

 

Confira os vencedores das categorias tradicionais (em negrito, os ganhadores):

Jogador mais valioso (MVP)
James Harden (Houston Rockets)
– LeBron James (Cleveland Cavaliers)
– Anthony Davis (New Orleans Pelicans)

Novato do ano
Ben Simmons (Philadelphia 76ers)
– Donovan Mitchell (Utah Jazz)
– Jayson Tatum (Boston Celtics)

Defensor do ano
Rudy Gobert (Utah Jazz)
– Joel Embiid (Philadelphia 76ers)
– Anthony Davis (New Orleans Pelicans)

Jogador que mais evoluiu (MIP)
Victor Oladipo (Indiana Pacers)
– Clint Capela (Houston Rockets)
– Spencer Dinwiddie (Brooklyn Nets)

Reserva do ano
Lou Williams (Los Angeles Clippers)
– Eric Gordon (Houston Rockets)
– Fred VanVleet (Toronto Raptors)

Técnico do ano
Dwane Casey (Toronto Raptors)
– Brad Stevens (Boston Celtics)
– Quin Snyder (Utah Jazz)

Executivo do ano
Daryl Morey (Houston Rockets)

Espírito Esportivo
Kemba Walker (Charlotte Hornets)

NBA Cares
Kevin Durant (Golden State Warriors)

Melhor companheiro de time
Jamal Crawford (Minnesota Timberwolves)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.