NBA e Associação de Jogadores aprovam parecer sobre aposentadoria de Bosh

Chris Bosh deverá ter sua carreira realmente encerrada como jogador de basquete profissional. De acordo com Ira Winderman, do jornal South Florida Sun Sentinel, a NBA e a Associação dos Jogadores da liga aprovaram um parecer médico atestando que o ala-pivô sofre de uma doença que oferece-lhe risco de vida em quadra. Ele não atua desde fevereiro de 2016 por conta de coágulos sanguíneos.

O relatório é a última etapa burocrática de que o Miami Heat dependia para fechar o acordo recentemente apalavrado que permitirá a dispensa do astro removendo seu contrato da folha salarial da franquia. O jogador de 33 anos ainda vai receber os US$52 milhões garantidos a que teria direito até junho de 2019, mas a maior parte do valor vai ser coberto pela seguradora do vínculo.

A oficialização da dispensa, que deve acontecer nos próximos dias, colocará ponto final a uma “novela” que arrasta-se desde a pré-temporada. Bosh foi reprovado em testes médicos e o Heat descartou sua volta ao time em outubro, mas decidiu não o dispensar para comprovação da condição de risco à saúde do veterano e remover seu contrato da folha salarial definitivamente.

No entanto, a carreira do ala-pivô não está encerrada oficialmente. Ele precisaria reverter a situação ao apresentar o relatório de um médico que ateste sua plena condição de jogar, o que faria a mesma junta médica que acaba de aprovar esse parecer reunir-se novamente para votar a reconsideração da posição inicial. O cenário é possível, mas considerado muito improvável.

Bosh conquistou dois títulos da NBA e foi convocado para 11 Jogos das Estrelas em 13 temporadas disputadas como profissional. Em quase 900 jogos na liga, o astro acumulou médias de 19.2 pontos e 8.5 rebotes. A partir do momento que ele for liberado, o Heat terá cerca de US$37 milhões para investir em contratações na offseason que está para começar.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.