NBA Power Ranking – Dezembro

NBA Power Ranking está de volta nesta nova fase do Jumper Brasil e será publicado no primeiro fim de semana de cada mês subsequente ao ranqueamento. O critério para a lista é o atual momento das equipes na temporada.

 

No primeiro mês de NBA, Indiana Pacers e San Antonio Spurs foram os melhores times de cada conferência, enquanto Milwaukee Bucks e Utah Jazz foram os maiores sacos de pancada.

Em dezembro, algumas coisas mudaram. Tudo bem que Pacers e Bucks permaneceram nas mesmas posições do mês anterior, mas tivemos algumas mudanças consideráveis. Quem imaginaria antes da temporada começar que o Phoenix Suns seria o sexto colocado no ranking? E que Chicago Bulls e Los Angeles Lakers estariam descendo ladeira abaixo? Pois é, isso aconteceu em dezembro.

E um detalhe chama a atenção no ranking do último mês: dos 15 primeiros colocados, temos apenas cinco times do Leste. Isso mostra como está o nível de cada conferência.

1- Indiana Pacers (25-5)

Pelo segundo mês, o Pacers está no topo do ranking. Não poderia deixar de ser diferente, já que o time de Indiana segue com a melhor campanha da temporada e perdeu apenas três jogos, em 13 disputados, em dezembro. Paul George e Lance Stephenson continuam jogando o melhor basquete de suas carreira, e a defesa da equipe se mantém como a melhor da liga.

2- Oklahoma City Thunder (25-6)

O Thunder subiu três posições em relação ao primeiro ranking. Em dezembro, o time de Oklahoma City perdeu apenas três partidas, em 17 disputadas, e chegou ao topo da conferência Oeste. Kevin Durant definitivamente é um dos principais concorrentes ao prêmio de MVP da temporada. A notícia ruim ficou por conta do novo afastamento do armador Russell Westbrook em razão de uma nova cirurgia no joelho.

3- Portland Trail Blazers (25-7)

Uma das grandes surpresas da temporada, o Blazers subiu uma posição em relação a novembro. A equipe de Portland segue brigando pelo topo da conferência Oeste e está mostrando a todos que não é “fogo de palha”. O Blazers perdeu quatro jogos, em 16 disputados, em dezembro. Além disso, o time de Portland tem o melhor ataque da liga, com média de mais de 108 pontos por jogo. E claro, a dupla Damian Lillard e LaMarcus Aldridge está jogando demais.

4- Miami Heat (24-7)

O bicampeão da liga caiu uma posição no ranking, mas nada preocupante, já que perdeu apenas quatro jogos em 15 disputados, em dezembro. Mesmo poupando Dwyane Wade um jogo aqui e outro ali, o time de Miami segue brigando com o Pacers pelo topo do Leste. As duas equipes se enfrentaram duas vezes no mês, com uma vitória para cada lado. A briga promete ser boa até o fim da temporada regular.

5- San Antonio Spurs (25-7)

O Spurs caiu três posições no ranking, mas ainda assim tem a terceira melhor campanha do Oeste. O time texano perdeu cinco jogos, em 16 disputados, em dezembro. O técnico Gregg Popovich segue poupando os veteranos nos jogos consecutivos e utilizando praticamente todos os jogadores do elenco. Vai ser assim durante toda a temporada regular.

6- Phoenix Suns (19-11)

Quem diria… Cotado para ser um dos sacos de pancadas da temporada, o Suns é o sexto no ranking. A equipe de Phoenix perdeu apenas quatro jogos no mês, em 14 disputados, e subiu quatro posições em relação a novembro. O técnico Jeff Hornacek vem tirando leite de pedra com um elenco jovem e não muito qualificado e, desde já, se qualifica como um dos concorrentes ao prêmio de coach do ano. O Suns tem um ataque envolvente – os armadores Eric Bledsoe e Goran Dragic vêm mostrando que podem atuar juntos (e muito bem, por sinal) – e ainda melhorou a defesa em comparação com anos anteriores. Vamos ver até quando dura a boa fase do time do Arizona.

7- Golden State Warriors (20-13)

Depois de um começo de temporada sem muita inspiração, o Warriors parece que entrou nos eixos e que vai brigar “nas cabeças” na conferência Oeste. Desde a volta de Andre Iguodala, o time de Oakland perdeu apenas um dos últimos oito jogos disputados na segunda quinzena de dezembro. Isso não é mera coincidência. A boa fase do Warriors é tanta que o time subiu cinco posições no ranking em relação a novembro. 

8- Los Angeles Clippers (21-12)

O Clippers sentiu a ausência de J.J. Redick (afastado por lesão) e caiu duas posições no ranking. A equipe angelina perdeu sete dos 16 jogos disputados em dezembro e se afastou um pouco dos líderes do Oeste. 

9- Houston Rockets (21-13)

O time de Houston caiu duas posições em relação ao primeiro ranking graças ao seu desempenho irregular e às subidas de Suns e Warriors. Em dezembro, o Rockets conseguiu apenas nove vitórias, em 17 jogos. De quebra, a equipe texana ainda perdeu o armador Patrick Beverley por lesão.

10- Atlanta Hawks (18-14)

O Hawks é um dos três times do Leste com mais vitórias do que derrotas. Graças ao bom desempenho em dezembro (nove vitórias em 15 jogos), o time de Atlanta subiu quatro posições no ranking. O ponto negativo no mês foi a grave lesão sofrida pelo pivô Al Horford, principal jogador da equipe. Isso deve alterar a posição do Hawks no próximo ranking.

11- Dallas Mavericks (18-13)

O time de Dallas segue na briga por uma vaga nos playoffs da concorrida conferência Oeste. No último mês, o Mavs ganhou oito jogos, em 14 disputados. Mesmo assim, a equipe texana caiu duas posições no ranking, o que foi motivado pelo ótimo desempenho de Suns e Warriors no mês. 

12- Washington Wizards  (14-14)

A lesão de Bradley Beal não passou de um susto e o Wizards segue subindo de produção na conferência Leste. A equipe da capital americana conquistou sete vitórias, em 12 jogos disputados, e deixou para trás a campanha negativa. Com isso, o Wizards subiu sete posições no ranking. Se mantiver seus principais jogadores saudáveis, a tendência é que o time de Washington se consolide entre os quatro, cinco primeiros do Leste.

13- Toronto Raptors (14-15)

O time canadense trocou o seu cestinha, o ala Rudy Gay, e melhorou de produção. Em dezembro, o Raptors angariou oito triunfos, em 14 partidas disputadas. De quebra, a equipe de Toronto subiu sete posições no ranking. O armador Kyle Lowry, que poderá ser o próximo a ser trocado, vem jogando demais desde a saída de Gay. Que tanking é esse em Toronto?

14- Minnesota Timberwolves (15-16)

O time de Minneapolis está “no bolo” por uma vaga aos playoffs da conferência Oeste. Em dezembro, o Wolves ganhou sete dos 14 jogos que disputou. Em razão da queda brusca de Bulls e Lakers, a equipe de Minnesota subiu duas posições no ranking.

15- New Orleans Pelicans (14-15)

O ala-pivô Anthony Davis desfalcou o Pelicans em metade dos 14 jogos disputados pela equipe em dezembro. Resultado, o time de New Orleans teve 50% de aproveitamento no mês. No entanto, a equipe subiu três posições no ranking. Saudável, o Pelicans é um dos concorrentes a uma vaga nos playoffs do Oeste.

16- Detroit Pistons (14-19)

O Pistons conseguiu oito vitórias, em 17 jogos, no último mês, incluindo dois triunfos contra Pacers e Heat, fora de casa. Com isso, a equipe de Detroit subiu seis posições no ranking. A campanha, que começou decepcionante, hoje é irregular. Será que melhora?

17- Boston Celtics (13-18)

O Celtics foi outro time que melhorou sua posição no ranking. Em dezembro, o time de Boston venceu seis dos 13 jogos disputados e subiu quatro posições. Como o nível da conferência Leste está tenebroso, o Celtics corre o risco até de chegar aos playoffs. E olha que Rajon Rondo ainda nem estreou na temporada. Mas a questão mais importante ainda permanece: tankar ou não tankar?

18-  Charlotte Bobcats (14-18)

O dono da terceira melhor defesa e do segundo pior ataque da liga caiu uma posição no ranking em relação a novembro. O time de Charlotte venceu seis dos 15 jogos disputados em dezembro, mas fechou o mês com três derrotas seguidas. De positivo tivemos a volta de Al Jefferson, que se recuperou da lesão no tornozelo e disputou as últimas nove partidas de dezembro.

19- Denver Nuggets (14-16)

O time de Denver fechou dezembro com oito derrotas seguidas e o clima entre o treinador Brian Shaw e os jogadores parece não ser dos melhores. Com apenas cinco vitórias, em 15 jogos disputados no mês, o Nuggets caiu 11 posições no ranking. O negócio está feio em Denver!

20- Memphis Grizzlies (13-17)

O que uma lesão de um jogador importante não faz com uma equipe. Bastou perder o pivô Marc Gasol que o Grizzlies desceu ladeira abaixo. O time de Memphis perdeu dez dos 15 jogos que disputou em dezembro e caiu nove posições no ranking.

21- Chicago Bulls (12-18)

O mês de dezembro foi muito complicado para o Bulls. O negócio é que a equipe simplesmente não consegue se manter saudável. Com Derrick Rose fora da temporada, e Luol Deng e Jimmy Butler sofrendo seguidas lesões, o time de Chicago venceu apenas cinco dos 16 jogos que disputou no mês. Resultado: o Bulls caiu seis posições no ranking. De que adianta ter a segunda melhor defesa se o ataque é o pior da liga?

22- Utah Jazz (10-24)

Último colocado no primeiro ranking, o Jazz subiu oito posições em dezembro. Com a estreia de Trey Burke na NBA, o time de Salt Lake City melhorou sensivelmente seu desempenho, tanto que venceu oito dos 17 jogos que disputou no mês. Mesmo assim, o Jazz ainda é o lanterninha do Oeste. Claro, o time venceu apenas dois jogos em novembro. Mas é inegável a subida de produção da equipe de Utah.

23- Brooklyn Nets (10-21)

O Nets até esboçou uma reação em dezembro, tanto que venceu três jogos seguidos entre os dias 7 e 12. Mas parou por aí. A grande decepção da temporada perdeu nove das 15 partidas disputadas no mês. O clima nos vestiários não é nada bom e, de quebra, o pivô Brook Lopez está fora da temporada por causa de uma grave lesão no pé. Mesmo com tudo isso, o Nets melhorou um pouco sua campanha e subiu quatro posições no ranking. A conferência Leste está mesmo tenebrosa…

24- New York Knicks (9-21)

O Knicks apesar de ter a terceira pior campanha do Leste, subiu quatro posições no ranking. É que Magic, Cavs, Lakers e Sixers conseguiram a façanha de serem piores que o time novaiorquino em dezembro. O Knicks venceu seis dos 15 jogos disputados, mas fechou o mês com três derrotas seguidas e Carmelo Anthony lesionado. Até quando a equipe vai ficar nessa draga?

25- Sacramento Kings (10-20)

6-10 em dezembro. Nem mesmo a troca com o Toronto Raptors, que culminou na chegada do ala Rudy Gay a Sacramento, fez com o que o Kings tivesse um desempenho positivo no mês. Foram apenas seis vitórias em 16 partidas disputadas em dezembro. Parece que o técnico Mike Malone já não sabe mais o que fazer para que o time entre no caminho dos triunfos. Então, podem esperar: vem mais troca por aí em Sacramento.

26- Cleveland Cavaliers (10-21)

O time de Cleveland fechou o mês de dezembro com seis derrotas seguidas e o afastamento do pivô Andrew Bynum por problemas comportamentais. Foram apenas seis triunfos em 15 jogos disputados. De quebra, vai começar 2014 com o armador Kyrie Irving machucado. Realmente, a fase do Cavs é terrível. Será que ainda dá para pensar em playoffs?

27- Orlando Magic (10-21)

O Magic caiu quatro posições no ranking e segue “tankando” na temporada. O time de Orlando perdeu 11 dos 15 jogos disputados no mês e tem a terceira pior campanha do Leste. Apesar da temporada ruim, há de destacar o desempenho estelar do ala Arron Afflalo.

28- Los Angeles Lakers (13-19)

Que fase a do Lakers! Terceiro pior time do Oeste! A equipe de Los Angeles, que caiu incríveis 13 posições no ranking, venceu apenas quatro dos 15 jogos disputados em dezembro e fechou o mês com seis derrotas consecutivas. Com a nova lesão de Kobe Bryant e com três armadores também afastados por contusões (Steve Nash, Steve Blake e Jordan Farmar), a temporada do time angelino foi para o vinagre. 

29- Milwaukee Bucks (7-24)

O Bucks tem a pior campanha da temporada, mas não está em último no ranking pelo simples motivo de que o Sixers foi o pior do mês de dezembro. Devastado por incontáveis lesões, o time de Milwaukee venceu cinco jogos, em 16 disputados, e se manteve em penúltimo no ranking. De positivo, somente as recentes atuações dos jovens Brandon Knight e Giannis Antetokounmpo.

30- Philadelphia 76ers (9-21)

Agora sim, O Sixers voltou à posição que todos esperavam antes do começo da temporada. Depois de um começo surpreendente, o time da Philadelphia sentiu o peso de não ter um banco de reservas decente e ganhou apenas três dos 13 jogos disputados no último mês. Bastou que um titular – Michael Carter-Williams – desfalcasse a equipe em algumas partidas para a maionese do Sixers desandar. O time caiu seis posições no ranking e continua tendo a pior defesa disparada da temporada (leva, em média, mais de 111 pontos por jogo)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Tá errado esse Power Ranking, colocaram o Lakers com o terceiro pior, mas ele está com campanha bem melhores que os outros de cima ali! Lakers hoje teria a 9° pick.

    • Bruno#L.A.Lakers

      Tb achei isso estranho ….. !!

    • Gustavo Lima

      Ué, é pra copiar o ranking que está no site da NBA?

      • joaospurs

        Galera é o ranking do mês que passou.

      • rafael freitas

        nona pick , serio ? achei que o draft era por loteria e não por campanha , alias , e o ranking do MÊS , não da TEMPORADA

    • Raphael Mascarenhas

      Na verdade teríamos o 10º pick, ou seja, estaríamos entre os 20 melhores. E Knicks ta com a campanha pior do que todos abaixo dele ai no ranking, tirando o Bucks.

    • Jogador Estrela!

      Caso não saiba Power Rankings é feito semana a semana ou mês a mês não sei ao certo. E cada time é avalidade durante esse tempo semana a semana ou mês a mês não por toda a temporada em si.

      • Jogador Estrela!

        avaliado*

      • Bruno#L.A.Lakers

        Que dá pitaco e nem sabe se e semanal ou mensal ?? bom mto bom !

      • Fernando #3for#3

        Vai banir ele? huaehuahuehuahueahuehuahueahuehuaehuahu

      • Esse Power Rankings é de dezembro, não tem nada haver com a classificação geral da nba. Por isso que o Lakers está entre os piores, sua campanha em dezembro foi horrível!

      • Raphael Mascarenhas

        Quer dizer que em janeiro, se o Lakers ganhar umas 12 e perder 2, mesmo com campanha muito pior do que os outros times, vai ficar em primeiro? Aham, “tá serto”.

        • Gustavo Lima

          Haja mimimi, hein. Tem alguns “torcedores” do Lakers que dão azia em Sonrisal.

  • Renato Lgb

    Lê direito rapaziada, antes de falarem besteira!!!

  • Fernando #3for#3

    Pacers tem a schedule mais fácil da liga até então (pros críticos e afins, o próprio site da NBA ressaltou o calendário fácil deles), difícil eles perderem. Time ta montadinho e mandando bala. Stephenson MIP.

    • Jogador Estrela!

      Discordo. Os Pacers tiveram uma road trip muito complicada 6 jogos salvo eu e nessa road trip incluía Blazers, Thunder, Clippers, Spurs e Jazz e chegou a ganhar um em casa dos Clippers e Spurs, fez a vida negra aos Blazers e foram esmagados no Thunder depois desta dificílima road trip defrontaram o Miami em casa e ganharam dificilmente.

      Parece fácil mas quando vem a fase difícil vem durante 4 ou 5 jogos.

      • Fernando #3for#3

        Contando com o jogo de hoje contra o Cavs, eles tiveram 26 embates contra times denominados fracos ou no “modo tank”. Coincidentemente o mesmo número de vitórias do time, não que tenham ganho somente deles, pois perdeu pra alguns desses times e ganharam de uns bons. Não estou desmerecendo o Pacers. Só um comentário mesmo.

      • Fernando #3for#3

        Mas isso tbm se da a má fase dos times de NY, pois o Pacers jogou umas 4 vezes contra os 2 e umas 2 contra o Bulls que não sabe se tanka ou se joga.

  • Jogador Estrela!

    Eu colocaria mesmo o Lakers em último. De todas foi a que tomou surra do Bucks em casa, perdeu para Sixers em casa. Também o que leva a dizer isto, o Lakers foi a equipe que PIOR jogou durante estes últimos tempos.

    Nada a apontar uma grande análise apenas colocaria os Raptors mais acima até porque durante estes últimos tempos tiveram boas vitórias em casa dos Thunder e Bulls e jogaram muito bem. De resto muito bom mesmo.

  • Olavo
  • aluyson

    galera, não sei se alguém viu, mas my boy Michael Carter-Williams vem tendo médias de 17.8 PTS, 5.7 REBS & 7.5 ASTS. O último calouro a ter essas médias foi ninguém menos que o Magic Johnson!!!

    Eu lembro que na hora que esse cara foi selecionado eu comentei no blog que ele ia ser o calouro da temporada, e caso seja quero os créditos por mãe diná hahaha’

    Se o 76ers consegue uma escolha top 5 no draft, e o Noel realmente jogar o que esperam dele, eles tem tudo pra virar um senhor time pra 2014-2015

  • Só corrigindo o 76ers ganhou apenas 3 de 13 jogos e nao perdeu 3 jogos