NCAA – Jahlil Okafor volta a se destacar e Duke mantém invencibilidade

(11-0) Duke 86 x 69 Toledo (7-5)

O time de Duke segue invicto na NCAA. A vítima da vez foi a equipe de Toledo, que bem que tentou complicar o jogo no primeiro tempo, mas na segunda metade da partida o talento de Duke fez a diferença.

Mais uma vez, o pivô Jahlil Okafor foi o destaque do time treinado por Mike Krzyzewski. Dominante no garrafão, o pivô foi o cestinha do duelo, com 27 pontos (sua maior pontuação no ano).

Duke
Jahlil Okafor: 27 pontos, oito rebotes e 12-15 nos arremessos de quadra
Quinn Cook: 20 pontos e três assistências
Tyus Jones: 15 pontos, quatro rebotes e oito assistências
Justise Winslow: nove pontos, cinco rebotes e quatro assistências


(11-2) Texas 66 x 55 Rice (3-8)

Texas
Myles Turner: 16 pontos, cinco rebotes e 6-7 nos arremessos de quadra
Jonathan Holmes: 12 pontos e dez rebotes


(14-1) Gonzaga 60 x 48 San Diego (7-7)

Gonzaga
Kyle Wiltjer: 15 pontos e seis rebotes
Byron Wesley: 12 pontos e cinco rebotes
Kevin Pangos: dez pontos, seis rebotes e cinco assistências

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Guilherme Vieira

    Torcendo para o Knicks ter a first pick e Draftar o Okafor, nem que para isso tenha que trocar o Carmelo. Como diria meu avô: “Perdido por perdido, truca!”

    • Kleber

      Rapaz no Mock Draft da NBA, atualmente é o Mudiay. Que pra mim se encaixa perfeitamente na realidade de armadores atléticos da liga atualmente. Ontem assisti o jogo inteiro de Duke, tanto o masculino quanto o feminino que veio depois. Não quero ser corneta, mas o matchup do Okafor era um gordinho que tomou uma surra no corpo. Okafor ganhou mais pelo físico mesmo, e pareceu bater lance livre minimamente bem. Além de ter sido seu recorde de pontuação.

      • Guilherme Vieira

        Andei vendo alguns pedaços de jogos de Duke, e gostei do Okafor. Pessoal tem comparado ele com o Big Al, dizem que ele não é tudo isso na defesa, não posso dizer isso pois não acompanhei um jogo inteiro sequer de Duke. Mas como disse, cara, gostei desse moleque.

        Quanto ao Mudiay, Kleber, tenho um pé atrás com esse cara. Me faz lembrar do Brandon Jennings que foi jogar na Itália com panca de All-Star e virou o que virou, ou melhor não virou nada kkkkkkkk.

        Eu do Zen, tentaria trocar alguém na noite do draft, (Calderon ou JR) por mais uma pick de primeira rodada. Talvez tentar fazer um bem-bolado com esses dois e pegar uma pick top 10 quem sabe.

        • Kleber

          Eu trocaria o Smith fácil por uma de primeira rodada. E certamente o Shumpert estará em rumores, mas parece que o Jackson gosta dele. Então não deve sair. Li no NY Post que o Jackson não quer dar um contrato monstruoso pelo Gasol, já que não é novo e ainda tem dúvidas sobre o joelho dele. Neste cenário, o desejo da franquia é o Okafor mesmo.

          • Kleber

            Complementando, na matéria que vi no TBL, caso a franquia não consiga o Okafor, o plano é o Karl Towns. Ou seja, querem um Big Man mesmo.

    • Caio

      Trocar Carmelo Nunca.

  • Luiz Garcia

    Outro Plumlee? pqp, eles vao dominar a nba kkkkk