Negociações avançam e partes mantém sequência de reuniões em busca de acordo

Para quem vinha de uma sessão de 15 horas de duração, ficou a impressão de que o encontro entre proprietários de franquias e jogadores da NBA teria sido “pouco produtivo” nesta noite de quinta-feira. Foram pouco mais de sete horas de reunião, mas com os dois lados finalmente apontando para algum tipo de solução para o locaute da NBA.

Após dois dias de discussões sobre o sistema de teto salarial, os lados voltam as atenções hoje para a divisão de receitas (BRI), tópico que encerrou as negociações na semana passada. A ausência do economista Kevin Murphy parece ser o grande motivo para que o BRI não tenha sido discutido na reunião de ontem, uma vez que os jogadores não abrem mão da presença dele.

Desta vez, o Comissário David Stern disse que as negociações haviam produzido o suficiente “para permitir-nos olhar com otimismo para amanhã, onde prevemos que haverá algum progresso importante e adicional”.

O diretor-executivo da união, Billy Hunter, disse que os lados estão “a pouca distância de fazer negócio”, mas ainda não há indicação de que qualquer um dos lados está pronto para fazer a grande jogada necessária para resolver a divisão de BRI.

Mais notícias em breve.

Fonte: Fox Sports