A nove dias da estreia, Suns surpreende e demite o GM Ryan McDonough

A temporada nem começou e o Phoenix Suns já está em crise. A nove dias da estreia do time, a franquia decidiu, de forma surpreendente, demitir o gerente-geral Ryan McDonough. Contratado em maio de 2013 com a missão de reconstruir a equipe, o dirigente tinha vínculo com o Suns até 2020.

Depois de pensar muito e fazer uma longa avaliação de nossas operações de basquete, decidi liberar Ryan McDonough de suas funções como gerente-geral do Suns. O nosso foco, no curto prazo, é nos prepararmos para a próxima temporada e continuar buscando oportunidades para fortalecer o nosso elenco. Em nome de toda a organização, quero agradecer ao Ryan por seus esforços e contribuições durante seus mais de cinco anos com o Suns. Desejamos a ele tudo de melhor”, disse o dono do Suns, Robert Sarver, em um comunicado enviado à imprensa.

Segundo Adrian Wojnarowski, da ESPN, o vice-presidente de Operações de Basquete, James Jones, e o assistente de GM, Trevor Bukstein, dividirão o cargo de forma interina. Ainda de acordo com a publicação, Kevin McHale, ex-jogador, dirigente e treinador, é um dos nomes cotados para a função, além de Jones.

Elogiado pela capacidade de identificar jovens talentos no draft (Devin Booker, por exemplo) McDonough vinha sendo criticado já há algum tempo por conta de trocas questionáveis e por ter falhado nas relações com jogadores (Eric Bledsoe, Markieff Morris) e agentes.

Vale lembrar que, no último recrutamento, que ocorreu há pouco mais de três meses, o GM do Suns incluiu uma futura escolha de primeira rodada (2021) na troca fechada com o Philadelphia 76ers que culminou na vinda do novato Mikal Bridges. No mesmo draft, o pivô Deandre Ayton foi selecionado na primeira posição geral. Além disso, nessa offseason, McDonough trouxe os veteranos Trevor Ariza e Ryan Anderson, além, é claro, de ter contratado o técnico Igor Kokoskov.

Nas últimas semanas, o dirigente estava na busca por um armador, posição mais carente do time. Os nomes de Patrick Beverley (Los Angeles Clippers), Tyus Jones (Minnesota Timberwolves) e Spencer Dinwiddie (Brooklyn Nets) foram especulados, mas nenhum deles foi contratado.

Wojnarowski revelou que Sarver talvez seja o dono de franquia que mais se envolva no dia a dia de uma equipe, com voz forte nas recentes movimentações do time, como a chegada de Kokoskov. O sonho de Sarver é trazer a lenda do Suns, o ex-armador Steve Nash, para ser o principal dirigente da franquia.

A aparente bagunça no Suns é evidenciada por outros episódios recentes. Em 2017/18, o técnico Earl Watson foi demitido cinco dias após o começo da temporada, e o insatisfeito armador Eric Bledsoe usou a sua conta oficial no Twitter para escrever “não quero estar aqui” (pouco tempo depois, ele foi trocado).

A equipe do Arizona não chega aos playoffs desde 2010, quando perdeu a final da Conferência Oeste para o Los Angeles Lakers, em uma série de seis partidas.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Bagunça geral. A troca que ele fez cedendo o Marquesse Chris era pra ser justa causa.

  • Eder Bicalho

    Virou bagunça, mas a demissão veio antes tarde do que nunca.
    O cara tava perdido, não consegue nenhum armador decente (estamos se um desde de 2016), quando perdemos Dragic (que cagou no pau quando pediu pra ser trocado). De lá pra cá, achamos o Booker e o menino Ayton, ambos vao vingar.
    Falta um amador.

    • Não acompanho o Suns, mas então o GM era ruim e a demissão foi fora de época mesmo?

  • Jefferson Cavalcanti

    O Sarver é muito ruim. Um dos piores donos de time de toda a NBA.

    Que movimento horrível. Estamos próximos de começar a temporada e ele dá um jeito de causar instabilidade.

    Imaginava que isso pudesse acontecer no Magic ou no Kings, mas a verdade é que o Suns é um time tão mal gerido quanto esses dois.

  • MICHAEL JORDAN 23 #GOAT

    A-M-A-D-O-R-I-S-M-O.

  • xmaah

    Suns é uma zona mais agora o King James Jones vai botar ordem na casa.

    • Elias Ferreira

      OMG, KING James, KING James Jones!

  • Guilherme Petros

    Ue. Mas agora? Essa eu não entendi nada…

  • Gustavo

    Antes tarde do que mais tarde…

  • Guilherme

    Cara… o Suns é uma bagunça.

  • KlayMVP

    A franquia Phoenix Suns tem que acabar!

    • Daniel Tavares

      vai catar coquinho, rapaz… kkkkk. Ta louco?

      • KlayMVP

        Tô brincado carai. Suns é daora, só que ultimamente vive na draga, mas vão melhorar se os deuses do basquete permitirem.

    • Yan Alves #Suns

      vai catar coquinho, rapaz!

  • Wadson Pinheiro

    Já falei aqui em outro post que o problema do Suns é o seu dono. O cara renova com o GM quando podia deixá-lo ir no fim de seu contrato, pois ele já não vinha conseguindo fazer a reconstrução como deveria e tomando decisões erradas não so em trocas, mas no Draft também. Deixou passar Kway Leonard e Antetocoumpo para selecionar o mimado Markieff Morris. Foi mal ao lê dar com os três armadores. Trocou os dois que podiam dar mais retorno para ficar com Bledsoe, que depois viria pedir troca. Lamentável esse Robert Sarver.

  • Guilherme Rodrigues

    Essa pressa do Suns para playoffs vai minar o processo de rebuild da equipe que tava parecendo trilhar um bom caminho futuro.

  • Daniel Tavares

    Com raras exceções, desde o tempo pós-Nash, as decisões do time quanto ao elenco foram horríveis; e isso me cansou bastante como torcedor. Booker e agora Ayton são os possíveis nomes que demos sorte, mas meu sentimento é q se tivesse me colocado como GM eu não conseguiria fazer tanta cagada. Foi algo ruim terem feito isso de última hora, mas espero q seja para o melhor no futuro.

  • Yan Alves #Suns

    Decisão correta mas o timing é bem ruim.. poderiam ter feito isso há muito tempo já. No mais isso indica a pressa que o Sarver tem em vencer, a demora do McDonough em conseguir um armador foi mesmo o limite de tudo.. agora o James Jones vai ficar de interino e tem a missão de arrumar um PG.

    • KleineBosch

      O James Jones traz confiança. Já faz um bom tempo que o Jones tava mantendo a ordem na casa e dando conselhos até pro Sarver. Se ele for realmente competente e adequado o bastante pra ser GM, então deve ser ele.

      • Yan Alves #Suns

        Saiu agora que o Sarver está inclinado a deixar o James Jones de GM mesmo! É um cara muito bem visto na liga, tem contatos.. veremos, pode ser uma boa.

  • Poli Canassa

    Eeeeh Suns, provando que é o merdeiro de sempre.
    Tudo bem demitir o cara, mas olha a época, espera a temporada batendo na bunda pra demitir o cara. Tivesse demitido mais no começo da off Season que ainda dava pra fazer algumas mudancas.