Novela Chris Paul ganha mais um capítulo; Lakers e Celtics emergem como favoritos

Nada como um dia após o outro. Se ontem, o Los Angeles Clippers e o Golden State Warriors  apareciam como favoritos na corrida pelo armador Chris Paul, do New Orleans Hornets, nesta quinta-feira a situação mudou. Agora, alguns executivos da NBA consideram que Los Angeles Lakers e Boston Celtics estão à frente dos concorrentes para contratar o jogador.

De acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, do Yahoo! Sports, Clippers e Warriors praticamente desistiram de incluir peças-chave na negociação com o Hornets. O time angelino não pretende se desfazer do ala-armador Eric Gordon, enquanto o time de Oakland não abre mão do armador Stephen Curry.

A explicação para essa quase desistência de Clippers e Warriors é que Paul não deu a garantia de que vai assinar um vínculo de longo prazo com alguma dessas equipes. As duas franquias não querem correr o risco de, ao final da temporada (quando Paul será agente livre), vê-lo sair de graça para outro time.

Por outro lado, Paul estaria propenso a assinar uma extensão contratual com Lakers e Celtics. O time de Kobe Bryant deve incluir o ala-pivô espanhol Pau Gasol na negociação, enquanto o Celtics está disposto a abrir mão do armador Rajon Rondo e do ala Jeff Green. Como o Hornets não está disposto a receber Rondo, faz-se necessária a inclusão de uma terceira equipe para que a negociação possa ser concretizada.

O fato é que muito coisa ainda pode mudar na novela “Qual será o novo time de Chris Paul”? O destino preferido do jogador é o New York Knicks, mas o time novaiorquino não tem moedas de troca que podem atrair o interesse do Hornets, que deseja receber jogadores jovens e escolha de draft.

Segundo os jornalistas Marc Stein e Chris Broussard, da ESPN americana, dificilmente Paul será negociado já nesta sexta-feira, quando irão começar os campos de treinamentos. O time de New Orleans vai esperar ao máximo uma oferta que seja a mais vantajosa para a franquia.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.