O Dallas Mavericks contou com uma atuação espetacular do ala-pivô alemão Dirk Nowitzki para sair na frente na decisão da Conferência Oeste. Jogando diante de sua torcida, o time texano venceu o Oklahoma City Thunder por 121 a 112 e abriu 1 a 0 na série. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, dia 19, às 22 horas (horário de Brasília), novamente em Dallas.

No primeiro quarto da partida, o Thunder foi melhor e venceu por 27 a 20. O ala Kevin Durant marcou 13 pontos no período. Pelo Mavs, Nowitzki anotou dez pontos. No segundo período, o time da casa deitou e rolou. Mais uma vez, destaque para o jogador alemão, que marcou 11 dos 35 pontos da equipe. Na defesa, o Mavs conseguiu conter o armador Russell Westbrook e limitou Durant a anotar apenas quatro pontos. O time texano foi para o intervalo com uma vantagem de sete pontos: 55 a 48.

No terceiro quarto, o Mavs continuou melhor. Nowitzki, quando não acertava os arremessos, “carregava” os adversários em faltas. O alemão marcou 17 dos 35 pontos do time de Dallas no período, sendo que 11 deles foram em lances livres. Pelo Thunder, que estava perdido na defesa, Durant marcou dez pontos. Em determinado momento, ele chegou a marcar Nowitzki porque os jogadores de garrafão de sua equipe estavam pendurados em faltas. O Mavs foi para o último quarto com uma vantagem de 11 pontos: 90 a 79.

No período final da partida, o armador porto-riquenho J.J. Barea roubou a cena. Vindo do banco, o baixinho marcou 12 dos primeiros 14 pontos do time de Dallas. Isso em seis minutos. O Thunder não se deu por vencido e buscou a reação. Contando com uma boa produção ofensiva de Durant e do congolês Serge Ibaka, o time de Oklahoma chegou a diminuir a diferença para apenas cinco pontos. Só que Nowitzki marcou oito pontos nos últimos dois minutos e meio e levou o Mavs ao primeiro triunfo na série.

Como não poderia deixar de ser, o alemão Dirk Nowitzki foi o cestinha da partida, com 48 pontos. Ele acertou 12 arremessos em 15 tentativas e ainda deu quatro tocos. De quebra, o camisa 41 do Mavs conseguiu uma marca histórica. Ele converteu 24 lances livres e quebrou o recorde de lances livres consecutivos acertados em um jogo válido pelos playoffs. Os reservas Jason Terry e J.J. Barea entraram bem no ataque. O primeiro marcou 24 pontos, enquanto o porto-riquenho anotou 21.

Pelo Thunder, o destaque foi Kevin Durant, que marcou 40 pontos. Serge Ibaka acertou sete arremessos em 11 tentativas e marcou 17 pontos. Bem marcado, Russell Westbrook anotou 20 pontos, só que 14 deles foram em lances livres. O armador do time de Oklahoma converteu apenas três arremessos de quadra em 15 tentativas.

Confira os melhores momentos da partida.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=iRY2NzJpRmo&feature=feedu]

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.