Olajuwon faz campanha por eleição de Rudy Tomjanovich para Hall da Fama

A lista de finalistas do Hall da Fama deste ano inclui, entre vários ex-jogadores notáveis, apenas um técnico da NBA indicado: Rudy Tomjanovich. O comandante do Houston Rockets na conquista de dois títulos da liga (1994 e 95) já fez parte da relação final antes e, contestavelmente, ainda não foi escolhido. Uma injustiça histórica que Hakeem Olajuwon espera ver finalmente reparada neste ano.

“Rudy deveria ser eleito, sem dúvidas. Seria o cenário ideal e algo maravilhoso. Eu sou o maior fã que existe do treinador e ficaria extremamente feliz de vê-lo entrar no Hall da Fama. É uma honra bem merecida, que já passou da hora de acontecer. Realmente espero que consiga dessa vez”, afirmou o lendário ex-pivô, membro do Hall e um dos melhores atletas comandados por Tomjanovich na carreira.

Além de ser bicampeão da NBA, Tomjanovich está na história como o técnico com maior número de vitórias pelo Rockets (503) e ainda comandou a seleção dos EUA na conquista da medalha de ouro nas Olimpíadas de Sidney-2000. Ele também foi um jogador icônico da equipe texana, sendo eleito para cinco Jogos das Estrelas e dono de camisa aposentada pelo time (#45).

“É uma honra estar sendo considerado, algo para realmente ficar orgulhoso. Seria muito bom ser eleito e, posso imaginar, emocionante para mim. Mas apenas ouvir várias pessoas que respeito dizendo que eu deveria estar lá me deixa com ótima sensação sobre tudo isso”, disse o treinador, que também passou pelo comando do Los Angeles Lakers na carreira.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Ele se aposentou?

    • Maicon Gomes

      Aposentou em 2005 amigo, depois que treinou o Lakers.