Orgulhoso, Towns recusa possibilidade de poupar-se no fim da temporada

O Minnesota Timberwolves considerou a possibilidade de afastar Karl-Anthony Towns pelo restante da temporada, como uma medida de preservação física. Mas a história “travou” quando chegou aos ouvidos do protagonista. O jovem pivô, que foi desfalque em uma partida recente por incômodos no joelho direito, descartou “abandonar” a temporada por conta de um inchaço local.

“Eu não posso simplesmente parar de jogar. Tenho muito orgulho de ser jogador de basquete para aceitar isso e pretendo estar com os meus companheiros de time em quadra. Esse sentimento é bem maior do que a preocupação com uma dorzinha. Eu estava muito mais dolorido, realmente lesionado, no ano passado e não parei. Isso não é nada”, sentenciou o astro, sem concessões.

Na última temporada, Towns tinha um bom motivo para atuar mesmo contundido: o Twolves precisava “segurar” uma das vagas finais aos playoffs do Leste para dar fim a um jejum de mais de uma década sem classificação. A chance de conseguir, na atual campanha, ficar entre os oito melhores da conferência são meramente matemáticas.

O pivô de 23 anos só não participou de três dos 68 jogos disputados pela franquia de Minnesota nesta temporada, registrando médias de 24.6 pontos (impulsionados por 40.3% de conversão nos arremessos de longa distância), 12.2 rebotes, 3.2 assistências e 1.7 tocos.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.