Os maiores steals no Draft da NBA nos últimos 20 anos

Os maiores steals no Draft da NBA nos últimos 20 anos

Nesse vídeo, você vai conhecer os maiores steals no Draft da NBA nos últimos 20 anos, em que os dirigentes das franquias tiveram boas sacadas para conseguir jogadores de elite, mesmo com picks baixas.

Confira este e outros vídeos no canal do Jumper Brasil.

  • Lobo

    Está mais que provado que times campeões precisam de muita sorte, começando pelo draft, o Spurs não teriam chegado onde chegaram sem Parker e Manu. Nem o Warriors sem a defesa de Draymond Green

    • Luis Fernando Teles Sousa

      Sorte?

    • João Víctor Matos

      Como assim cara? O spurs desde a década passada transforma jogadorea fora da loteria em bons jogadores. Está longe de ser sorte e sim competencia dos executivos para escolher jogadores comprometidos e da comissão tecnica quanto ao desenvolvimento deles.

    • Israel Pegado

      Sorte do Spurs a ser a primeira franquia da liga a realmente acreditar nos talentos internacionais????

    • Brockbell

      Não me surpreende da pessoa que fala que o Spurs de Popovic tem mentalidade pequena kkkkkk
      Mas pra compartilhar conhecimento, todos os times tem uma porcentagem de sorte em seus jogadores e precidam deles. Já pensou Jordan ou Kobe sofrerem lesões no auge em suas franquias e com isso una aposentadoria precoce? Uma primeira pick pode se lesionar e deixar de ser um grande jogador, ou se envolver com coisas ruins fora de quadra, ou nunca render…
      São inúmeras coisas.
      Spurs ta a 22 temporadas consecutivas em offs, fazendo jogadores de pick alta renderem. Pop e sua comissão é reconhecido pelo trabalho e desenvolvimento de jovens.
      Se n fosse isso, muitos times não contratariam os assistentes de Popovic.
      Mas deve ser, 5 títulos e 22 consecutivas temporadas em offs deve deve ser sorte kkkkkkk

      • Lobo

        Sim é sorte, porque você apostar em estrangeiros, sem antes nenhum time ter feito isso com sucesso. Sendo uma franquia pequena é com essa aposta no qual teve sorte pois tinha grandes probabilidades em falhar, se tornaram uma das maiores franquias da liga

        • Daniel Nogueira

          Chega de Jumper por hoje!
          Vou ali colher um trevo de 4 folhas pro Samanic ser uma estrela.

        • Robson

          É um conceito um tanto atípico de sorte. A mim parece mais uma estratégia muito bem planejada e executada.

        • Guilherme Mardegan

          Estão sentindo o cheirinho de ranço?
          Pq eu tô!

    • Rodrigo Wellerson

      Então não precisamos mais de mock draft… Coloquem todos os nomes inscritos num saquinho, e vá sorteando, já que a sorte é o fator determinante.
      É igual a base de time de futebol, tem safras boas e ruins, mas se a organização é boa, o melhor lado desse prospecto aparece (na maioria das vezes).
      Vide D’lo dos Nets, um exemplo maximo de que não foi sorte.

  • Rodrigo Morais

    O que é mais fácil, um especialista defensivo aprender a atacar, ou um especialista ofensivo aprender a defender ?

    • Michel Moral

      Pra mim, depende da filosofia do time (tática, técnica e organização). Tanto para se tornar um defensor melhor, quanto para aprender a atacar.

      Harden e Irving são defensores ruins, mas com o Rockets e Celtics organizados, os dois passaram a marcar razoavelmente. O Joakim Noah é grosso demais, mas com a mentalidade que tinha aquele Chicago Bulls, até candidato a MVP ele chegou a ser, metendo triplo duplo e tudo mais.

      Trazendo para o hoje, é muito difícil você tornar o Ayton um defensor minimamente aceitável, com a bagunça que é o Phoenix Suns. É muito mais fácil o Dejounte Murray aprender a ter mais volume de jogo e aumentar sua produtividade ofensiva em San Antonio.

      Enfim, pra mim, é isso.

      • Vinícius Maia

        Na verdade, eu acho o Irving mais preguiçoso do que ruim. Porque mesmo nos Cavs, nos playoffs ele melhorava a defesa. Quando marcava o Curry então, as vezes tinha até um lapsos de bom defensor. O problema é a preguiça.

        • Michel Moral

          Quando o assunto é defesa, o fator VONTADE é quase que 100% da produtividade. Claro que para ser um exímio defensor, não adianta só ter vontade, mas acima de tudo INTELIGÊNCIA. Muito mais inteligência do que para atacar (que exige habilidade, talento nato e outras qualidades também muito importantes).

          Tem cara que só quer saber de atacar e não só no basquete. Esses dias vi uma entrevista com o Belletti, que é ídolo do Barcelona, dizendo que o R. Gaúcho não queria nem saber de voltar pra marcar lateral ou coisas assim. Todos tinham consciência da importância dele e por isso nomes como o próprio Belletti tinham que correr pelo time.

          Enfim, penso que Irving não é um bom defensor mesmo. Naquele momento ele teve um pouco mais de dedicação, assim como todo o time do Cavs. O Barba até voto para time ideal de defesa teve esse ano. Penso que estão muito mais no lugar certo, na hora certa, com um time certo. Na verdade são ruins mesmo.

          • Vinícius Maia

            Acho que me expressei mal. Bom, o Irving realmente não é, nem o Barba. Mas se eles quisessem, teriam condições para defenderem bem. Como você falou, vontade é essencial na defesa. Outra coisa que considero essencial, é o condicionamento físico. Um cara como Kevin Love por exemplo, mesmo que resolvesse se dedicar, nunca chegaria perto de ser um defensor de elite porque seu físico não é favorável a isso. Já com Irving e o Barba, a história é diferente. Condições físicas, eles tem. Falta é a vontade que você citou e a dedicação.

    • LeBeautiful

      todo mundo que joga ou jogou basquete mesmo que na pelada deve concordar que destruir é + fácil do que criar. Mesmo que tu se esforce muito no ataque se tu não tiver certo talento natural as coisas nunca vão fluir como tu quer. Agora na defesa se tu tem vontade de defender já é meio caminho andado.

    • Vinícius Maia

      Como alguem que já treinou, acho que defesa é algo que a maioria dos jogadores podem se tornar, ao menos, medianos. Digo a maioria porque a defesa está fortemente ligada ao condicionamento físico e atleticismo de um jogador. No ataque, um jogador pode não ter um grande atleticismo, mas ainda sim ser eficiente jogando com inteligência, vide Jokic. Mas na defesa, por mais QI que o cara tenha, a parte física conta muito também, mais do que no ataque.

    • Diego Costa

      É muito mais fácil defender do que atacar. Porque atacar é talento, defesa 80% das vezes é vontade e condicionamento atlético.

      Cansa muito mais ao meu ver também.

  • Michel Moral

    O desenvolvimento de um jogador de basquete no profissional é uma incógnita. Depende de uma reunião de fatores.

    Depois de tantos anos fica muito fácil criticar 14 franquias por terem deixado Kawhi passar (não que o post tenha esse conteúdo crítico, estou apenas comentando). Pior do que 14 franquias terem o “esnobado” é o time que o selecionou ainda trocá-lo rs rs rs.

    Falando sério e aproveitando esse gancho do Spurs, fica muito difícil a gente saber quão bom seria Tony Parker (e aqui estou falando de desenvolvimento de jogador e não só de qualidade) se não fosse em San Antonio. A franquia já tinha o Tim Duncan, já vinha de um título (1999) e começou uma dinastia com um dos maiores treinadores da história (senão o maior). Parem para pensar: sendo selecionado na 28ª pick, ele poderia ter caído em qualquer time da NBA. E se ele vai para o Sonics, que tinha o Payton, ou para o Suns, que tinha o Kidd?

    Óbvio que muitas franquias vacilam. Estava muito claro o vacilo quando deixaram Doncic passar nesse último draft, mesmo que JJJ, Trae Young ou Ayton possam se tornar incríveis também. Mas um “vacilo” que deu certo foi o do Porzingis, por exemplo.

    Então, loteria é loteria. Eu só queria ganhar na mega sena e mais nada.

    • Danilo Coelho

      Concordo 100%. Não acho que caiba criticar nenhuma franquia por suas escolhas.

    • KlayMVP#PrayforKDandKlay

      Eu queria saber como seria e qual seria o tamanho dos jogadores “formados” por essa cultura do SAS e Popovich, tipo Duncan, Parker, Manu, e Kawhi, eles seriam/são tão bons ou grandes como são?

      • Michel Moral

        Pra mim, o Duncan é inquestionável quanto talento raro. Em qualquer lugar que tivesse caído, certamente teria sucesso. Talvez não tanto como em San Antonio, multicapeão e tal, mas que seria vitorioso e teria a mesma expressão que teve quanto jogador de basquete, eu não tenho dúvida.

        Em outras palavras, Duncan é o tipo de jogador que chega com a hype e se afirma tranquilamente como lenda que é. Assim como Hakeem Olajuwon, Pat Ewing, LeBron James e outros mais.

        O Kawhi é um jogador que caminha a passos largos para ser uma lenda também, mas a participação da franquia e de Popovich no seu desenvolvimento tem um papel ainda mais marcante. Não sabemos se ele seria tudo que é hoje se não tivesse cruzado com o Spurs.

        Já Manu e Parker são jogadores que o Spurs certamente moldou. Foram apostas que não se comparam ao que Doncic representa hoje, por exemplo.

      • vsr.snake

        A era Popovich começou junto com o Tim Duncan, ele foi draftado ao fim do primeiro ano do Pops como HC (na carreira), e toda cultura se desenvolveu a partir do relacionamento dos dois. Ginobili também já era um jogador formado quando foi draftado, já tinha 25 anos e muita experiência no basquete, inclusive, fez o Team USA passar mal no mundial de 2002 (um dos momentos que o próprio Popovich disse que fez ele se impressionar com o argentino). Spurs basicamente se adaptou a presença do Manu, e não o contrário kkkkkk. Já o Parker pode-se dizer que foi mais trabalhado, foi draftado super jovem, apesar de ter tido toda uma formação européia antes disso.

    • Guilherme Mardegan

      Vale ressaltar também, que o SA draftou um argentino narigudo na posição 57.
      E hoje, nada mudou. White e Murray são finais de primeira rodada e olha como estão.
      Spurs é exemplo de organização!

  • Pedro Nery

    Já me lembraram que faltou Jokic. Lembro que coloquei ele na lista, mas por algum motivo quando fui passar pro texto ele ficou faltando hahaha. 41ª escolha 2014, também foi um grande steal.

  • Celtics pride

    Steal desse ano se chama Carsen Edwards

    • Tiago Almeida

      Acho que vai ser o Bol Bol

    • LeBeautiful

      Nasceu pequeno é o nome da fera…

    • JVC

      Chuma Okeke, Samanic ou Little

    • EmbiidDaMassa

      Okeke, Matisse thybulle, Bol Bol

    • KlayMVP#PrayforKDandKlay

      Jordan Poole, quem viver verá !

  • Tiago Almeida

    Tá de brincadeira deixar Jokic de fora o cara foi selecionado na pick 41 e é hj um dos melhores da liga. Se fosse dos lakers ou dos warriors com certeza tava na lista.

    • Pedro Nery

      Como falei ali em baixo no comentário, houve um erro na hora de passar a lista que montei pro texto. Eu coloquei ele na lista, por algum motivo quando fiz o roteiro, ele ficou pra trás.

  • samuel pereira

    pra mim será Chuma Okeke,Goga Bitadze e Kyle Gay.

  • Danilo Coelho

    Interessante a lista. O próprio Nery já ressaltou que faltou o Jokic, mas também tem outros nomes que poderiam estar na lista, como Rondo como escolha 21.
    Mas é aquela coisa: o Draft é uma escolha feita com base em tendências, não em certezas (claro, às vezes surgem Lebron James, Anthony Davis e por aí vai…). Muitas escolhas acontecem baseadas apenas em uma temporada de NCAA. Então tendências podem não se concretizar. Há também os bursts do draft nos quais muitos apostariam e não dão em nada. Acho que a graça do draft é justamente essa.

    • Walmir

      Nos últimos 5 anos, quem foram os maiores “bursts”?

      • Claudio R.

        Anthony Bennett… ate hj não supero o fato do CAvs tere disperdiçado a primeira escolha de draft , podendo ter escolhido Nerlens Noel… Que ja teria ajudado na campanha de 2015 do cavs… O pivo do Cavs era o Mozgov, MOZGOV…. kct

        • Pedro Nery

          Greg Oden também é um belo bust, até porque logo abaixo dele na lista veio Kevin Durant.

          • Claudio R.

            Mas foi por lesões, talento tinha… o Bennett não tinha Talento nenhum

          • Danilo Coelho

            Oden tinha talento de sobra. Faltaram joelhos.
            O maior bust da história foi o Anthony Bennett mesmo. Escolha 1 e tá na GLeague hoje.

  • Marcos Oliveira

    No Draft se busca o talento natural, puro, mais de que qualquer outra coisa, pq o restante das coisas podem se desenvolver já o talento é algo bem natural… Logico que volta e meia aparece uns caras prontos, mas ai e mais difícil de acontecer, Docic é um cara pronto se cai numa franquia Contender iria alçar voos gigantes no seu primeiro ano…

  • Wagner Moreira

    Donovan Mitchell?

    • Marcos Oliveira

      Sim esse chegou pronto pra NBA, Baita Steal.

    • Michel Moral

      Na minha opinião, Mitchell não se encaixa (pelo menos por enquanto), por diversos motivos:

      Primeiro (e mais importante): ele foi escolha de loteria (estava entre os 14 times que efetivamente participam do sorteio), o que não o torna uma escolha tão remota assim (13ª).

      Tudo bem, Kawhi foi a 15ª e está na lista. Pois bem, Kawhi se tornou all-star, foi DPOY, duas vezes campeão da NBA e duas vezes MVP Finals. Isso tudo em oito anos, o que apesar de não ser tanto tempo assim, já é o suficiente para avaliá-lo como steal.

      Na minha visão, se Mitchell fosse uma escolha de final de rodada ou até mesmo de segunda rodada, já dava para enquadrar. Como não é bem isso, temos que aguardar mais um pouco, embora ele tenha potencial para entrar nessa lista.

  • suiciniV_Vascão

    klay thompson

  • Bruno Da Silva Francisco

    acho que o maior steal da história foi o Bulls ter pego um tal de M.J em 2º lugar no draft !! rs

    • KlayMVP#PrayforKDandKlay

      Pick 3 na vdd

      • Bruno Da Silva Francisco

        Mais steal ainda então hahahah

    • Marco Brasil

      Pick 3. Concordo, maior steal da história foi MJ!

    • Norrin Radd

      O Jordan foi no.3 atrás do Hakeem e do magnífico Sam Bowie.

  • João Gabriel

    desculpa, mas essa lista se tornou uma piada de mau gosto sem o Jokic

    • Pedro Nery

      Peço perdão pela falha, não foi maldade. Desculpas a todos e principalmente aos torcedores do Nuggets.

      • João Gabriel

        depois li os comentários vi a explicação, entendi a falha, ta tranquilo

  • Carlos Eduardo
  • Maykon Johny

    Manu Steal Ginobili.

    • Claudio R.

      Maior steal da história, além de ser um dos 20 maiores SG all time, foi campeã o olímpico vencendo uma seleção americana com Allen Iverson, Tim Duncan, Stephen marbury, Amare Stoudemire e lamar Odom nos auges da carreira

  • Eduardo Samponi

    Manu apenas 2x allstar? Merecia mais ein.

    • Brinell Arcanjo

      Dificil ser All Star vindo do banco.

  • RSMC

    2011 foi o Draft do Steal:

    Kemba Walker em 9º
    Klay Thompson em 11º
    Kawhi Leonard em 15º
    Nikola Vučević em 16º
    Jimmy Buttler em 30º
    Isaiah Thomas em 60º

  • RSMC

    Seria interessante uma matéria com os times mais sortudos e azarados da Loteria do Draft.

    • Norrin Radd

      O mais azarado foi o Portland, essa não tem dúvida.

  • Arthur Amaral

    Se for considerar 15ª escolha como steal, salve o clubismo, Steve Nash tinha que estar nessa lista.

    • Pedro Nery

      Pensei em Steve Nash, mas limitei a pegar os jogadores nos últimos 20 anos. Nash foi draftado em 1996.