P.J. Washington lidera e Kentucky vence clássico contra Kansas

SEC x BIG 12

(16-4) Kansas 63 x 71 Kentucky (16-3)

Kansas
Dedric Lawson: 20 pontos e 15 rebotes
Quentin Grimes: 13 pontos

Kentucky
P.J. Washington: 20 pontos, 13 rebotes e dois tocos
Reid Travis: 18 pontos e 12 rebotes
Keldon Johnson: 15 pontos e dez rebotes
Ashton Hagans: 12 pontos, sete assistências e três roubos de bola

 

(9-11) West Virginia 66 x 83 Tennessee (18-1)

West Virginia
Esa Ahmad: 16 pontos, sete rebotes e dois tocos
Derek Culver: 15 pontos e seis rebotes

Tennessee
Lamonte Turner: 23 pontos e cinco assistências
Grant Williams: 19 pontos, quatro assistências e três roubos de bola
Jordan Bowden: 15 pontos
Admiral Schofield: 14 pontos e dez rebotes

 

(11-8) Arkansas 64 x 67 Texas Tech (16-4)

Arkansas
Daniel Gafford: 14 pontos e cinco rebotes

Texas Tech
Davide Moretti: 21 pontos
Jarrett Culver: 15 pontos, quatro assistências, três roubos de bola e quatro bolas de três pontos convertidas
Matt Mooney: 12 pontos


ACC

(11-9) Georgia Tech 53 x 66 Duke (17-2)

Duke
R.J. Barrett: 24 pontos, 11 rebotes, seis desperdícios de bola e 8-16 nos arremessos de quadra
Zion Williamson: 22 pontos, sete rebotes, três tocos e 9-12 nos arremessos de quadra

 

(18-1) Virginia 82 x 55 Notre Dame (11-9)

Virginia
De’Andre Hunter: 19 pontos e sete rebotes
Kyle Guy: 15 pontos e cinco rebotes
Ty Jerome: 13 pontos, nove rebotes e seis assistências
Kihei Clark: 12 pontos

 

(14-6) Syracuse 56 x 78 Virginia Tech (16-3)

Syracuse
Oshae Brissett: 16 pontos e sete rebotes
Frank Howard: 13 pontos e quatro roubos de bola

Virginia Tech
Justin Robinson: 35 pontos, oito assistências, nove bolas de três pontos convertidas e 9-13 nos arremessos de quadra
Ahmed Hill: 16 pontos e seis rebotes


BIG TEN

(6-14) Illinois 78 x 67 Maryland (16-5)

Illinois
Ayo Dosunmu: 20 pontos e seis assistências
Tevian Jones: 18 pontos, quatro rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas
Andres Feliz: 15 pontos, seis rebotes e três roubos de bola

Maryland
Bruno Fernando: 19 pontos e dez rebotes
Anthony Cowan: 18 pontos, quatro rebotes e cinco assistências
Jalen Smith: 11 pontos e sete rebotes


Ohio Valley

(5-15) Tennessee State 62 x 100 Murray State (16-3)

Murray State
Ja Morant: 24 pontos, nove assistências, quatro roubos de bola, 11-14 nos lances livres e 6-15 nos arremessos de quadra
Darnell Cowart: 18 pontos, nove rebotes e dois tocos
Shaq Buchanan: 18 pontos
Jaiveon Eaves: 13 pontos

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • felipe fernando Oliveira

    Morant subiu tanto que em alguns Mock já é cotado como escolha 01. Continuo gostando demais desse time do Tennesse principalmente de AdMiral Schofield.

    • Lucas Henrique

      Acho difícil Morant sair no top3, deve ser 4º ou 5º escolha

  • LeBrOSMAN⚔️O Draft é logo ali

    Morant tá jogando mt bola. Mas esses adversários.. PLMDDS! Ajudam a inflar essas médias dele. A Ohio Valley Conference tem adversários bem fracos para ele mostrar seu potencial.
    Ele enfrentou apenas 2 equipes consideradas de nível melhor q a conferência de Murray State (Alabama e Auburn, este é um time rankeado), e Murray State perdeu os dois jogos. Q ele jogou bem inclusive.
    Eu quero ver ele mais no March Madness, como ele se sai. Pq em Murray State seus adversários são mt fracos, e a equipe dele parece ser fraca. Deve ter sido um dos motivos para impulsionar o Cameron Payne naquele Draft, a ponto de virar uma escolha de loteria. E quando chegou na NBA, ele ñ estava pronto, e acho q a competição q ele enfrentava pode ter influenciado.
    Não digo q o Morant vai ser o novo Cameron Payne, para deixar claro. Só uma constatação, de q o nível de adversários q ele enfrenta, é baixo. Isto pode ser perigoso.
    Eu me empolgo com o Zion, e um pouco menos com o Barrett, pq eles estão jogando mt bem, enfrentando a elite do College Basketball, defesas zonas mt bem feitas, e treinadores de calibre na NCAA q podem futuramente estar na NBA, ou q trabalharam com jogadores da NBA. Isto ajudará a diminuir o impacto entre os profissionais.
    Quero ver mais do Morant no March Madness, e acho q é uma dúvida q os Scouts podem ter. O quanto q a competição q ele enfrenta, pode influenciar em sua projeção para o Draft.

    • Tulio Machado

      Qualquer Universidade que tebr Cameron Payne como melhor jogador da conferencia não se deve levar a sério… Eu sinto cheiro de burst

    • felipe fernando Oliveira

      Por isso a algum tempo atrás eu disse que ele é o mesmo caso do Cameron Payne. Payne também doutrinava em Murray e quando foi pra NBA deu no que não deu…

  • Eder bicalho

    Esse armador do suns vai render? Rsrs