Pacers vence jogo 4 e respira na série contra o Bulls

O Indiana Pacers derrotou o Chicago Bulls por 89 a 84, neste sábado à tarde, em Indianápolis, e evitou sua eliminação dos playoffs. O time de Chicago vence a série por 3 a 1 e só precisa de mais um triunfo para chegar à semifinal da Conferência Leste. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, dia 26, em Chicago.

O jogo parecia definido para o Pacers quando restavam dois minutos para o final da partida. A equipe da casa vencia por 84 a 71, mas o Bulls esboçou uma reação e chegou a ficar apenas um ponto atrás (85 a 84) a 15 segundos do fim. O ala Danny Granger converteu dois lances livres e a vantagem subiu para três pontos. Em seguida, o Bulls tinha uma posse de bola e a possibilidade de levar o jogo à prorrogação. Entretanto, o ala-pivô Carlos Boozer errou um arremesso de três pontos a dois segundos do final. Posteriormente, Granger pegou o rebote defensivo e sofreu falta. Ele converteu os dois lances livres e deu números finais ao jogo.

Granger foi o cestinha do Pacers, com 24 pontos. Ele ainda pegou dez rebotes e alcançou o duplo-dígito. O pivô Roy Hibbert também conseguiu o double-double, ao marcar 16 pontos e pegar dez rebotes. Pelo Bulls, três jogadores alcançaram o duplo-dígito. O pivô Joakim Noah marcou 21 pontos e pegou 14 rebotes, Carlos Boozer anotou 15 pontos e pegou 13 rebotes, e o armador Derrick Rose marcou 15 pontos e distribuiu dez assistências. Rose deu um susto na torcida do time de Chicago ao deixar a quadra no fim do primeiro quarto por causa de uma lesão no tornozelo esquerdo. Porém, o jogador se recuperou no segundo período e voltou à partida.

Confira, no vídeo abaixo, os melhores momentos da partida.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=AX8yqdu2DFM&feature=channel_video_title]

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.